Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 18/04/2011

Arkansas Aprova Ensino da Bíblia nas Escolas

A Câmara de Arkansas (EUA) aprovou dia 25 de março uma proposta de lei que permite às escolas oferecer um curso da Bíblia.

A proposta, patrocinada pelo Rep. Denny Altes (R), foi aprovada em votação de 71-16.

De acordo com a legislação, escolas públicas não seriam obrigadas a ensinar a Bíblia, mas teriam a opção de oferecer um curso eletivo no que Altes chamou de “o livro mais popular da história.”

A proposta tem encontrado oposição de live-pensadores e ateus. Kirk Dixon da Sociedade Freethinkers de Arkansas questionou a intenção da proposta de lei.

“Há uma coisa como a separação da Igreja e o estado, e eles continuam empurrando isso e empurrando e empurrando,” disse Dixon anteriormente, de acordo com o Arkansas News. “Nós não precisamos de religião nas escolas públicas. Nós empurramos isso goela abaixo todos os lugares em que vamos, e tudo o que eles estão fazendo é lavagem cerebral das crianças com suas religiões.”

Altes, um batista, introduziu a legislação em dezembro e enfatizou que isso seria ensinado como um curso de história.

O curso consiste de um “estudo acadêmico não religioso, não sectário da Bíblia e sua influência na literatura, arte, música, cultura, e políticas.” O currículo para o curso iria também cumprir com padrões acadêmicos aprovados pelo conselho estadual e os requerimentos da Constituição do Arkansas e a Constituição dos EUA.

Além disso, o curso não seria baseado em qualquer profissão de fé ou a falta dela ou de qualquer opinião particular sobre a Bíblia.

"Um estudo acadêmico do curso bíblico oferecido por uma escola pública do distrito deve: ser ensinado de uma forma objetiva e sem tentativa devocional de doutrinar os estudantes como para qualquer verdade ou falsidade das matérias bíblicas ou textos de outras tradições religiosas ou culturais; ... não desvalorizar ou encorajar um compromisso com um conjunto de crenças religiosas," afirma a nota.

O Departamento de Educação do Estado já aprovou um currículo que ensina a Bíblia como literatura nos distritos escolares de Little Rock e Cabot.

No entanto, Altes direcionou o Departamento de Educação ao currículo já desenvolvido pelo Conselho Nacional de Currículo da Bíblia nas escolas públicas como ponto de partida para o curso que ele propôs.

O currículo do Conselho já foi votado em 563 distritos escolares em 38 estados. Mais de 360 ​​mil estudantes frequentaram o curso de âmbito nacional.

O projeto enfrenta agora o Senado estadual.

Por Nathan Black|Repórter do Christian Post


Posts relacionados

Geral, por Sara de Paula

1ª Capacitação Nacional de Secretários Distritais das Federações de Homens

No dia 25 de setembro de 2021 com início às 15 horas, vai acontecer a 1ª Capacitação Nacional de Secretários Distritais (SDs) das Federações Metodistas de Homens (CMH) de todo Brasil. Tema: Impactando Gerações. Saiba mais sobre o evento.

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães