Publicado por Sara de Paula em Geral | 17/06/2016 às 09:14:15


CIEMAL emite manifesto de solidariedade às vítimas de Orlando, Flórida



"Oramos para que impere o respeito à vida. Oramos pelo fortalecimento e consolo dessas famílias, Oramos pela restauração e saúde das vítimas" 



O Conselho de Igrejas Evangélicas Metodistas da América Latina e Caribe (CIEMAL), emitiu na última quarta-feira um manifesto em solidariedade às vítimas do atentado que aconteceu domingo em Orlando, na Flórida (EUA). Leia mais sobre o atentado no site do Expositor Cristão.

 

Na ocasião, a Igreja Metodista brasileira também emitiu uma nota em apoio ao Bispo Kenneth Carter Jr., da Igreja Metodista na Flórida. Leia aqui.

 

O manifesto é assinado pela Rev. Lizzette Gabriel-Montalvo, de Porto Rico. Você lê abaixo o manifesto na íntegra, traduzido em português. Acesse o conteúdo original no site da CIEMEAL.

 

 

Manifesto de Solidariedade com as famílias e vítimas do massacre em Orlando, Flórida, e chamado a afirmação da vida, e da convivência em paz, e erradicação de todo ato de violência em nossa sociedade. 

 

No último domingo recebemos imagens e notícias de um novo massacre nos Estados Unidos da América. Dezenas de jovens, estadunidenses e latino-americanos haviam sido assassinados em um “atentado terrorista” ou um “massivo crime de ódio” na cidade de Orlando, Flórida. Uma vez mais, prevaleceu o ódio e o fundamentalismo extremo, seja por razões políticas, sociais, religiosas ou pessoais. Mais de cem famílias são latino-americanas e 50% delas são porto-riquenhas. 

 

Certamente, o tema da homossexualidade sempre trará diversidade de opiniões e expressões dentro do povo cristão, e da Igreja Metodista no mundo. Parafraseando o pensamento do Ver. John Wesley, afirmo que, “Não pensar da mesma maneira, não nos impede de amar o próximo”. A vida é uma dádiva de Deus. É Deus, e só Deus, quem dá a vida e a tira. O fundamento dessa dádiva, foi, é, e será o amor do Criador. 

 

Hoje mais do que nunca devemos afirmamos a vida, e que um mundo melhor é possível. Nenhuma expressão que atente contra este fundamento deve gozar de acepção alguma. Martin Niemöller, pastor, poeta e teólogo, ao sair de um campo de concentração na Alemanha nazista, intitulou seu sermão da Semana Santa (1946) “O que teria dito Jesus? ”, e um trecho desse sermão diz: 

 

Quando os nazistas vieram para levar os comunistas, 

fiquei em silencio, porque eu não era comunista, 

 

Quando encarceraram os socialdemocratas, 

fiquei em silencio, porque eu não era socialdemocrata,

 

Quando vieram buscas os sindicalista, 

Não protestei, porque eu não era sindicalista, 

 

Quando vieram levar os judeus, 

Não protestei, porque eu não era judeu, 

 

Quando vieram pelos católicos, 

Fiquei em silencio, porque eu era protestante. 

 

Quando vieram por mim,

Não havia mais ninguém que poderia falar por mim. 

 

O Comitê Executivo do Conselho de Igrejas Evangélicas Metodistas da América Latina e do Caribe (CIEMAL), queremos manifestar nossa profunda solidariedade e acompanhamento com todas as famílias que passam por esse vale das sombras e da morte; e com as vítimas sobreviventes desse atentado. Assim mesmo, manifestamos nosso mais profundo repúdio a todo tipo de atentado contra a vida, desumanização e a violência que geram o caos que atenta contra a sociedade. Estão são atos que lastimamos profundamente e que desviam todo sentido de uma cultura de paz e esperança. 

 

Esta experiência de profunda dor, nos segue colocando ante o grande desafio de seguir trabalhando em um mundo onde todas as raças, os povos e as religiões possam conviver em colaboração, harmonia, esperança e paz. 

 

Oramos para que impere o respeito pela vida, oramos pelo fortalecimento e consolo dessas famílias. Oramos pela reestruturação e saúde das vítimas. Oramos para sejamos uma comunidade comprometida com a paz, apesar das nossas diferenças. Oramos para que possamos viver e testemunhar o consolo de Deus por meio do salmista: “Aparta-te do mal, e faze o bem; procura a paz, e segue-a.” – Salmo 34:14

 

Que assim Deus nos ajude. Assim seja, amém! 

 

Reverenda Lizzete Gabriel-Montalvo, 

Presidenta

Caguas, Puerto Rico.

15 de junho de 2016


Tags: Internacional, Ciemal,