Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral | 12/04/2013 às 20:00:00


Conselheiros Nacionais dos Juvenis são empossados pelo Colégio Episcopal


Os novos Conselheiros Nacionais dos Juvenis da Igreja Metodista, pastor Djalma Barbosa de Lima Filho e Dete de Oliveira de Lima (ao centro), tomaram posse hoje (12) à noite na Sede Nacional em São Paulo. A cerimônia foi presidida pelo bispo José Carlos Peres, representante do Colégio Episcopal na Confederação de Juvenis.

Após 18 anos trabalhando com juvenis na 1ª Região Eclesiástica, o casal quer dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelos Conselheiros anteriores, Luiz Alceu Zapparoli e Eliana Campos Leite Zapparoli, que foram homenageados juntamente com o bispo Nelson Campos Leite após longos anos de trabalho com os juvenis. Leia a entrevista com os novos conselheiros abaixo.

Hoje vocês tomam posse de um cargo muito importante na vida da Igreja. Como vocês assumem essa responsabilidade?

A Palavra de Deus diz que Ele não nos dá nada que não podemos "carregar" ou fazer. Temos uma responsabilidade muito grande à frente dos juvenis da Igreja Metodista. Qualquer responsabilidade requer atenção, cuidado e zelo. Isso é o que nós teremos e faremos com a graça de Deus.

Qual foi à reação de vocês ao receber o convite do Colégio Episcopal para serem os Conselheiros Nacionais dos Juvenis?

Tivemos uma sensação de receber um novo desafio! O processo de aceitar o convite foi algo muito especial e de confirmação de Deus em nossos corações. Oramos e buscamos a resposta em Deus para assumir o cargo. Nossos amigos, Luiz Alceu e Eliana, também foram nossos grandes motivadores  para estar à frente desse ministério. Louvado seja Deus que tem nos impulsionado nessa missão!

Como surgiu a vocação de trabalhar com os juvenis?

Há mais ou menos 18 anos quando começamos a acompanhar o nosso filho Daniel nas atividades da Sociedade de Juvenis da Igreja Metodista em Realengo-RJ. Logo após, assumimos responsabilidades no Distrito e Região. Amamos o que vimos e a partir dali nos envolvemos muito com os juvenis. Havia em nós uma preocupação com o que os nossos filhos estavam aprendendo. Tivemos três filhos envolvidos nas atividades, que participaram da sociedade de juvenis local, bem como do Distrito e Região. Quando tivemos frutos desse envolvimento, sendo um deles presidente da Federação Metodista de Juvenis e o outro vice-presidente, percebemos que nosso trabalho não estava sendo em vão. Hoje são jovens casados e atuantes na vida da Igreja. O mais legal de tudo é que participamos do processo de como é ser um juvenil metodista, pois na nossa caminhada estivemos como Conselheiros Local, Distrital e Regional.

Pode relatar uma experiência desse trabalho com os adolescentes?

Na realidade durante esses longos anos temos várias, mais a que nos chamou atenção é o compromisso deles pela missão e pastorado. Já tivemos vários deles na missão fora do país, como por exemplo, no Paraguai, Ucrânia, Sudão, Estônia e outros. Na chamada pastoral, temos novos pastores/as que receberam a sua vocação durante uma atividade da FeMeJu, como a pastora Kennie Mendonça, o pastor Tiago Costa e o seminarista Fernando Lockmann.

Já tem em mente algum projeto específico?

Estamos sonhando em realizar a próxima JuNaMe no SESC de Aracruz-ES e nossa meta será reunir 2 mil juvenis! Gostaria também de levar para as Regiões e Campos Missionários um Projeto Missionário e Discipulador. Já venho realizando aqui na 1ª Região esses dois Projetos. Quero dar continuidade em tudo realizado até aqui; ao lindo trabalho construindo com amor, zelo, dedicação, coerência e comprometimento dos meus amigos Luiz Alceu e Eliana. Quero aproveitar a oportunidade para dizer de como sou grato a Deus pela vida dos conselheiros anteriores. Eles foram verdadeiros instrumentos usados por Deus para formar uma Confederação cuja base é a família. O trabalho deles é resultado de uma Confederação compromissada com os valores do Reino de Deus que tem como objetivo a unidade, comunhão e celebração. Basta olhar para as Federações que vemos isso com nitidez.  

Fotos: Tiago Costa

Abaixo a nova mesa da Confederção de Juvenis com os Conselheiros anteriores e os atuais



Tags: sem tags no momento!