Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 12/07/2010

Caminhada pela Paz e Justiça Social mobiliza centenas de jovens em Santa Maria

Tatiana Félix *

"Por uma sociedade justa e igualitária e livre de qualquer tipo de opressão, seja ela de raça, gênero ou classe". É para alcançar esse sonho que os jovens do Levante da Juventude urbana e rural do Rio Grande do Sul (RS), militam. E para mostrar como se pode chegar a este ideal, eles realizaram na tarde de hoje (9), em Santa Maria (RS), a 6ª edição da Caminhada Ecumênica e Internacional pela Paz e Justiça Social.

Apesar da chuva constante os cerca de 400 jovens e adolescentes, com idade que varia entre 12 e 26 anos, de várias regiões do estado e do Brasil, não desanimaram. Há seis anos eles acompanham as atividades solidárias que acontecem em Santa Maria (RS), para mostrar à sociedade que a construção de um outro mundo é possível.

Lúcio Centeno, integrante da coordenação do Levante da Juventude, disse que o objetivo é lutar pela preservação do meio ambiente e pela justiça social. Segundo ele, neste ano os jovens preparam uma performance inédita e especial para apresentar durante a caminhada.

"Haverá dois blocos, um representando a vida e o outro, a morte. O bloco da vida representa a juventude organizada, que quer construir uma sociedade menos excludente e menos degradante do meio ambiente", explicou. "O bloco da morte representa o setor da sociedade que exclui, que prejudica o meio ambiente", continuou.

Ele ressaltou a importância de os jovens se organizarem e militarem em um momento como este. "A gente acredita que para a construção de alternativas, que seja do interesse da sociedade, é preciso se organizar. Queremos combater um conjunto de medidas que privilegia poucos. Esta é a construção de um embrião de uma nova sociedade", enfatizou.

Unidos por meio da Assembleia Popular da Juventude, os jovens integram movimentos como Via Campesina, Movimento dos trabalhadores e trabalhadoras rurais Sem Terra (MST), Levante Popular da Juventude e outros. Eles estão articulados com a juventude dos mais diferentes movimentos sociais do Brasil e da América Latina.

A caminhada da juventude antecede a abertura oficial da 17ª Feira do Cooperativismo e demais eventos da Economia Solidária, que acontecem até domingo (11) em Santa Maria. Além da caminhada, os jovens participarão ainda de palestras e oficinas culturais. Lúcio adiantou que uma das palestras abordará o tema "O papel da juventude".


* Jornalista da Adital


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães