Publicado por Herbert em Mulheres - 03/04/2014

Celebração do Dia Mundial de Oração na IMBA

 

No dia 07 de março de 2014, diversas Igrejas Cristãs se reuniram em celebração ao Dia Mundial de Oração - DMO. Este foi um dia de reflexão sobre a fé e a vida numa dimensão ecumênica. No desafio da proposta em âmbito mundial, a Igreja Metodista Bela Aurora, em Juiz de Fora - MG igualmente se organizou, realizando uma singular reunião com outros cristãos: Católicos e Anglicanos.

De posse da liturgia recebida da comissão organizadora do evento, cujo tema era: Mananciais no Deserto, os(as) presentes foram convocados(as) a pensar o Egito em três dimensões: passado, presente e futuro, tudo sob o enfoque da Graça de Deus.

A celebração foi dirigida pela Sociedade Metodista de Mulheres da IMBA, nas figuras da irmã Maria Imaculada - presidente da SMM - IMBA e da irmã Anita Quaglio - secretária da Confederação das Sociedades de Mulheres. Além das referidas irmãs, participaram de forma ativa: Rilma, como egípcia, Shirley com mulher de negócios, Magda como lavradora e Priscila como jovem ativista política.

A acolhida foi feita pelo pastor Jovanir Lage e o louvor foi conduzido pelo pastor Moisés Coppe. A prédica foi idealizada e realizada pelo ministro Júlio Simões da comunidade Anglicana de Juiz de Fora - MG.                                

Cantamos, oramos e refletimos junto ao referido ministro sobre a mulher no poço de Jacó, segundo o relato de João, capítulo 4. Basicamente, refletimos sobre o acolhimento ao diferente, sobre o símbolo da água - presente nos primeiros relatos do Evangelho de João - e a percepção de que através da Graça de Deus e da ação de Jesus podemos vivenciar o sentido da vida em profundidade, sem preconceitos.

Registramos que o ajuntamento em oração foi um sinal significativo de que a unidade cristã é o genuíno testemunho de que o Corpo de Cristo está inteiro e é real no mundo caótico em que estamos inseridos.

Ficaram também ecoando nas mentes e corações as palavras do profeta Isaías 43. 18-19: "Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que faço coisa nova, que está saindo à luz; porventura, não o percebeis? Eis que porei um caminho no deserto e rios, no ermo". E as mulheres - que participaram da dinâmica do culto - assim responderam citando Isaías 44.3: "Porque derramarei água sobre o sedento e torrentes, sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito sobre a tua posteridade e minha bênção, sobre os teus descendentes".

E finalmente, a benção impetrada pelo pastor Moisés: "Possa o Senhor guiar você continuamente, e prover as suas necessidades nos lugares áridos. Que você possa ser como um jardim bem regado, como um manancial, cujas águas nunca param de correr" (Isaías 58.11).

Texto elaborado por Moisés Coppe.


Tags: mulheres-2014


Posts relacionados

Mulheres, por Sara de Paula

Páscoa: sobre bolas de ferro e asas nos pés

Uma reflexão para mulheres na semana de Páscoa

Mulheres, Geral, por Julyana Rodrigues

Cogeam aprova novo Estatuto da Confederação das Sociedades Metodistas de Mulheres

Cogeam aprova novo Estatuto da Confederação das Sociedades Metodistas de Mulheres.