Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 15/07/2011

Concílio torna avaliação pastoral mais rigorosa

Na tarde de hoje, 15, o  plenário reunido no 19º Concílio Geral da Igreja Metodista, aprovou a proposta de alteração do dispositivo canônico que estabelece obrigatoriedade de nomeação para o/a presbítero/a (Art 28, 3º dos Cânones 2007).

Com 119 votos favoráveis, três contra e dois delegados/as que se abstiveram, o Concílio decidiu que o/a presbítero/a perderá o direito de nomeação pastoral quando comprovada por três vezes, por meio de avaliações locais negativas, Ministério de Apoio Pastoral e Ordem Presbiteral ou se comprovado o comportamento imoral e/ou antiético depois de julgado em processo eclesiástico.


Posts relacionados

Geral, por Comunicação

Aniversariante do Dia 14/09

  Rev. Flavio Ricardo Hasten Reiter Artigas

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães