Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 13/09/2013

Confessantes

"A vida é a arte do encontro, embora haja tantos desencontros nesta vida." - Vinícius de Morais

O poema ilumina o convite de um grupo de 129 pessoas da Igreja Metodista do Brasil para o Primeiro Encontro de Confessantes da Tradição Wesleyana, soboTema: Consolidar, Avançar e Agir pela Identidade Metodista.

O encontro será na Universidade Metodista de São Paulo, no Auditório do Edifício Capa no dia 1º de Novembro de 2008; um dia após o encerramento da Semana de Estudos Teológicos promovida pela Faculdade de Teologia e pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da Universidade Metodista de São Paulo que fará um

"A vida é a arte do encontro, embora haja tantos desencontros nesta vida." - Vinícius de Morais

O poema ilumina o convite de um grupo de 129 pessoas da Igreja Metodista do Brasil para o Primeiro Encontro de Confessantes da Tradição Wesleyana, sob o Tema: Consolidar, Avançar e Agir pela Identidade Metodista.

O encontro será na Universidade Metodista de São Paulo, no Auditório do Edifício Capa no dia 1º de Novembro de 2008; um dia após o encerramento da Semana de Estudos Teológicos promovida pela Faculdade de Teologia e pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da Universidade Metodista de São Paulo que fará um Diálogo com o destacado teólogo alemão Jürgen Moltmann; sob o tema: "Vida, Esperança e Justiça"

"O ensejo dessa Semana com personagem de tamanha expressão para a teologia e para a Igreja Cristã, somado ao tema que é de uma profundidade e de uma singeleza tocante, pareceu terreno propício para que a Rede Metodista Confessante, um grupo de homens e mulheres organizados virtualmente, se encontrassem pela primeira presencialmente", afirmam os Moderadores da REDE.  Que completam: "A Rede Metodista Confessante é composta de pessoas que, após o 18º. Concílio Geral da Igreja Metodista foi agregando vozes preocupadas com a situação do protestantismo brasileiro e, de forma muito particular, com os reflexos produzidos dentro da Igreja Metodista do Brasil. Hoje há, entre essa "REDE" de amigos/as, a certeza que é preciso dialogar com o metodismo histórico, sob pena de, ao não fazê-lo, sermos cada vez mais, sucumbidos pela religião mercadológica que agrega elementos e prioridades estranos ao Evangelho de Jesus Cristo e ao ?movimento? revolucionário de John Wesley, fomentador do movimento metodista na Inglaterra. A beleza desse grupo é que ele atraiu metodistas de várias vertentes de pensamentos: carismáticos, progressistas, conservadores e liberais; embora fujamos da lógica dos rótulos".

Para o Confessante Jaider Batista da Silva, "na verdade definições como ?carismáticos?, ?progressistas? e ?conservadores? são de outra época. Já não definem como as pessoas se percebem na Igreja Metodista hoje. Há pessoas que têm visão de sociedade progressista, mas querem uma liturgia tradicional. Há quem inclua os dons espirituais na vida de igreja, mas ao mesmo tempo são ativos em grupos da esquerda política; e assim por diante. Prestaríamos um serviço à nossa igreja Metodista ao evitarmos reeditar terminologias do passado que ainda hoje tentam enquadrar e rotular pessoas e grupos. Poderíamos sim, declarar um movimento de Metodistas Confessante da tradição wesleyana que suprime qualquer rotulação e enquadramento excludente."

Para os/as que fazem parte da coordenação da Rede Metodista Confessante, a Igreja Metodista no Brasil passa por um momento crucial: "É preciso superar a prática das rotulações; quase sempre ?pejorativas? para definir o ?outro? e nos concentrarmos no que é prioritário: ou seja, o diálogo com a tradição metodista sem saudosismo infrutífero, mas sim no sentido de uma re-leitura e contextualização do metodismo histórico para os dias atuais. O Metodismo histórico tem muito a contribuir para repensarmos, especialmente nossa prática missionária; mas, nossa identidade metodista tem que ser brasileira e voltada para os desafios atuais da sociedade brasileira. Na medida em que metodistas não percebem mais sua ?identidade?, fica evidente que há entre nós o domínio da religiosidade mercadológica, desprovida de qualquer compromisso com o Jesus histórico ou com o Cristo da Fé, onde os valores numéricos falam mais alto que os valores do Reino e a espiritualidade perdem seu sentido comunitário e social. Daí a importância desse Primeiro encontro de Confessantes da Tradição Wesleyana que  a Rede Metodista Confessante promove. O intuito desse encontro é reunir pessoas que se afiliaram a Rede através de um grupo de discussão: http://br.groups.yahoo.com/group/metodista_confessante/.

Para saber mais da Rede Metodista Confessante acesse o Blog:

http://metodistaconfessante.blogspot.com/

Para integrar o grupo acesse: http://br.groups.yahoo.com/group/metodista_confessante/

Informes de Maria Newnum da equipe de Coordenação da Rede Metodista Confessante.; sob o tema: "Vida, Esperança e Justiça"


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães