Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 13/09/2013

Dia do pastor

A propósito do dia do/a pastor/a (11/04)

No dia do/a pastor/a

Eu desejo abraçar os/as amigos/as, ovelhas, sentir o calor humano que aquece a alma e o coração e recordar os afetos e o carinho de pessoas que se comprometem num "companheirismo de jugo"...

Eu desejo ver o sorriso das crianças, a alegria dos avós e a serenidade dos/as servos/as de Deus que conseguem enxergar a ação divina nas pequenas atitudes...

 

No dia do/a pastor/a

Eu queria chorar a dor que possa ter provocado em pessoas que pastoreei e chorar a dor, a maldade e a impiedade com que algumas ovelhas me trataram...

Eu queria lamentar como os salmistas fizeram no passado e reafirmar a minha fé e esperança no futuro sob graça de Deus...

 

No dia do/a pastor/a

Eu não espero ser homenageado, mas chamado de pastor, tão simplesmente chamado de pastor, ou mesmo de bispo, não pelo encargo do cargo, mas pelo carisma do ministério...

Eu desejo ouvir a voz das ovelhas que tão carinhosamente e confiadamente me chamam de pastor...

 

No dia do/a pastor/a

Eu queria ter a certeza de que as crianças de hoje, bem como meus filhos e futuros netos, que espero ter, encontrem a Igreja Metodista "metodista" e não precisem de inúmeras justificativas para explicar o inexplicável e tampouco terem que buscar outra comunidade de fé que evidencie uma vivência mais saudável e salutar do Evangelho...

Eu gostaria de dizer com toda a tranqüilidade e confiança que a graça de Deus, e não as gracinhas do homem e da mulher, é a base da doutrina, da vida e da missão da "nossa Igreja"...

 

No dia do/a pastor/a

Eu gostaria de aconselhar as minhas ovelhas para terem cuidado com os falsificadores, os falsificados, os dissimulados e os impiedosos que se vestem de espirituais para enganar e roubar a ingenuidade e a simplicidade das pessoas...

Eu gostaria de expressar sem medo de retaliações e perseguições que alguns modelos estereotipados que se instalaram em nossos apriscos são cismáticos e antagônicos ao modo de ser Igreja Metodista....

Eu gostaria de falar do estilo de liderança autoritário, calculista, frio, ameaçador... Falar de modelos de discipulado... modelos de práticas pastorais... e pedir para que Jesus seja o principal modelo de pastoreio...

 

No dia do/a pastor/a

Eu espero ver uma igreja acolhedora, terapêutica, solidária, educadora, missionária, libertadora, ministerial e inserida na realidade, ofertando amor em todo o tempo e para todos/as...

Eu espero encontrar os carvalhos de justiça plantados na casa do Senhor, como afirma o profeta Isaías em seus oráculos...

 

Bispo Josué Adam Lazier


Posts relacionados

Geral, por Redação Metodista

Sugestão de liturgia para o Dia de Pentecostes

Acesse a sugestão de liturgia para o tempo de pentecostes. "Sempre que nos reunimos para adorar ao Senhor, Ele envia graciosamente o Seu Espírito sobre nós. O Consolador está entre nós! O Espírito do Senhor está em nós! Adoremos e celebremos com fé, esperança e alegria."

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães