Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 19/09/2013

Encontro aborda presente e futuro da Comunicação na Igreja

COMUNICADORES NACiONAL

Os profissionais e assessores de comunicação das regiões eclesiásticas e missionária estiveram reunidos entre os dias 7 e 8 de setembro, nas dependências da Sede Nacional, em São Paulo, para participar do Encontro Nacional de Comunicação. Um dos objetivos da reunião foi viabilizar a rede de comunicação da Igreja, com a integração de esforços e conteúdos das diferentes regiões eclesiásticas.

O evento teve como tema "Para uma comunicação eficaz e conexional" e contou com duas palestras sobre Redes Sociais: estratégias de engajamento e conquista da reputação e Gestão de Pessoas: mudança de cultura organizacional com resultados significativos.

Após a devocional e acolhida os presentes tiveram a oportunidade de refletir e levantar aspectos sobre a comunicação na vida Igreja, apontando os lamentos, alegrias e, sobretudo, expectativas que respondam não apenas aos desafios atuais das transformações constantes em tecnologia, mas também da própria demanda da comunicação do Evangelho.

O documento norteador da Igreja Metodista definido pelo Concílio Geral, o Plano Nacional Missionário 2012 - 2016 foi enfatizado à tarde. "Para pensar e propor uma política de comunicação, para e pela Igreja, é necessário considerar processos, sistemas e meios de comunicação empregados pela Igreja ou possíveis a ela. Trata-se de reconhecer e aprimorar aspectos do que já vem sendo feito e, a partir de novas demandas, apontar direcionamentos", diz um dos pontos do documento. Nos próximos dias, uma minuta da reunião será redigida destacando o que é preciso em termos de estruturas, estratégias e orçamentos para que as diretrizes do Concílio Geral estabelecidas no Plano Nacional Missionário sejam executadas.

Foi encaminhado à Secretária para a Vida e Missão, revda. Joana D´Arc Meireles uma palavra de apoio dos bispos e bispa da Igreja lida no encontro. "O Colégio Episcopal reconhece o esforço de todos em fazer o melhor e valorizamos o trabalho que tem sido realizado atualmente". Diz um dos trechos do documento.

LUCIANOSATHLERPalestras - No final da tarde de sábado, o Diretor da Associação de Educação a Distância, prof. Luciano Sathler, motivou o grupo a investir em redes sociais como uma ferramenta valiosa para a conquista e reputação da instituição. Fato já abordado pelos presentes na parte da manhã, quando trabalhados os desafios, uma vez que a cultura das redes sociais tem trazido modificações no campo da comunicação - boa parte dos internautas atualmente passa a maior parte do tempo conectados às redes sociais, de onde trocam informações sem, contudo, atentarem para acessar sites e portais de conteúdo.

Para o rev. José Aparecido "a cultura de redes sociais exige que os portais e canais de comunicação sejam adaptados para estabelecer contatos mais rápidos com as pessoas que estão nestas mídias. Isso não significa abandonar os canais existentes, mas que estes tenham conteúdo e mecanismos para atrair os internautas que passam horas nas redes sociais", disse.

Foi apresentado uma "Curadoria Digital" de conteúdos produzidos pelos internautas. "Vocês precisam criar uma Rede Nacional de Comunicadores por meio das redes sociais de uma forma estratégica". Sathler sugeriu o calendário de publicação de conteúdo entre os comunicadores e orientou também conhecer novas ferramentas. "A gestão para a Web não é simples, mas depois que ela estiver estruturada ela se torna fácil", disse.

Para os próximos meses, deverão ser implementadas estratégias de aperfeiçoamento dos portais de comunicação, bem como adoção de redes sociais como suporte para estabelecer canais com os públicos interno e externo da Igreja.

ZUCOLOTO-COMNo domingo pela manhã, o diretor e palestrante da Zucoloto.com e pastor coadjutor da Igreja Metodista em Vila Formosa/SP, Washington Zucoloto, falou sobre gestão de pessoas - destacando os conflitos entre as diferentes gerações no contexto das organizações e instituições. Foram abordados aspectos gerenciais sobre liderança, sobre os desafios da Igreja e percepção e o desenvolvimento de talentos, uma das características fundamentais da Igreja Metodista.

De acordo com Zucoloto, é preciso mapear as pessoas que estão no ambiente de trabalho. "Vocês trabalham com pessoas que normalmente são analíticas, ou seja, que vão questionar as propostas de vocês. Vocês trabalham também com os pragmáticos que exigem uma resposta rápida. Os afáveis são aqueles que prezam pela amizade, ele confia em seu trabalho. E por fim, o expressivo que chega com um carisma maior e zela pela confiança", disse.

A capacidade de influenciar pessoas foi um dos destaques também da palestra. "É possível identificar o potencial das pessoas e extrair o melhor delas seja em qualquer fase da vida que ela vive". Vários exemplos foram mencionados de pessoas cresceram profissionalmente por causa de uma boa gestão.

DEVOCIONAL 2Palavra - Na abertura do encontro alguns irmãos do ministério de louvor da Igreja Metodista em Santo André/SP participaram na devocional seguido de uma reflexão dirigida pelo bispo emérito Adriel de Souza Maia que destacou alguns pontos relevantes para uma comunicação conexional.

Os textos de Gênesis 11 e Atos 2 foram a base da reflexão. "No texto da torre de babel havia muitas linguagens. Temos que ter cuidado para não sermos uma babel com várias linguagens e símbolos. Essa linguagem é reestabelecida através da descida do Espírito Santo em Atos 2. ", disse o bispo. Dentre os quatro pontos elencados pelo bispo, a ousadia foi lembrada. "Precisamos ter uma comunicação ousada interna e externamente porque a igreja tem uma presença pública na sociedade", concluiu. Confira os quatro pontos destacados na reflexão:

1º Uma comunicação geradora de universidade na missão (2.7);

2º Uma comunicação sinalizada pela ousadia

3º Um comunicação geradora de compromisso e responsabilidade (v.37) - O que faremos?

4º Uma comunicação eficaz gera vida - uma comunidade  (v.42)

FACE

Profissionais e assessores presentes

 Nádia Mello e Pablo Massolar - 1ª Região
Eunice Rosa - 2ª Região
Camila Ramos e Vinícius 3ª Região
José Aparecido - 4ª Região
Ivan Barbosa e Suzel Gaeti - 5ª Região
Cláudio Freire e Elias Colpini - 6 ª Região
Luis Mendes - Remne
José Geraldo Magalhães, Marcelo Ramiro e Joana D´Arc Meireles - Sede Nacional

 

Informou: José Geraldo Magalhães e José Aparecido


Posts relacionados

Geral, Mídia, Destaques Nacionais, Colégio Episcopal, por Sara de Paula

Nota do Colégio Episcopal: nomeação do diácono M Bracklay

Tem circulado nas mídias eletrônicas a notícia, publicada originalmente pelo jornal The Washington Post, sobre a nomeação do diácono M Bracklay, pela Bispa Sally Dyck , da Conferência Nordeste de Illinois, USA, da Igreja Metodista Unida dos Estados Unidos da América. O fato em destaque é o de que Barclay se declara transgênero (Queer).