Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 20/09/2013

Lutero e Wesley

Lutero e Wesley

Texto publicado na revista Metodista da Vila, da Igreja Metodista em Vila Isabel, RJ

Um pouco mais de duzentos e vinte anos é a diferença de tempo entre a afixação das 95 teses de Lutero na Catedral de Wittenberg(31.10.1517), que deram origem à Reforma Protestante, e a chamada "Experiência do Coração Aquecido" de João Wesley  24.5.1738) que, por sua vez, deu origem à Igreja Metodista.

A Graça amorosa de Deus é o poderoso elo que une as duas experiências. Na de Lutero, em sua tese nº 62, ele reafirma que "o verdadeiro tesouro da Igreja é o Santíssimo Evangelho da glória e a Graça de Deus.

A experiência de João Wesley foi fortemente marcada pelo pensamento de Lutero. Vejamos como Wesley mencionou no seu Diário o que ocorreu naquela noite: "À noite, fui sem grande vontade a uma reunião na Rua Aldersgate, onde alguém lia o prefácio de Lutero à Epístola aos Romanos. Cerca de um quarto para as nove, enquanto ele descrevia a mudança que Deus realiza no coração pela fé em Cristo, senti meu coração estranhamente aquecido. Senti que confiava em Cristo, somente em Cristo, para a salvação; e uma segurança foi-me dada, de que Ele havia perdoado os meus pecados, sim os meus pecados, e salvou-me da lei do pecado e da morte".

Aqui estão algumas das palavras de Lutero que foram ouvidas naquela reunião: "a fé é uma energia do coração, tão eficaz, viva e inspiradora, que é incapaz de permanecer inativa. A fé é uma constante confiança na misericórdia de Deus para conosco, pela qual nos lançamos imediatamente em Cristo e nos entregamos inteiramente a Ele"


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

-

Geral, por José Geraldo Magalhães