Publicado por Comunicação em Escola Dominical - 30/11/2023

Planejamento da Escola Dominical

 

 

PLANEJANDO A ESCOLA DOMINICAL

 

 

Fazer um planejamento da organização e funcionamento da Escola Dominical é uma tarefa muito importante que dará clareza e ajudará no trabalho de ensino da Igreja local.

  • Você já parou para refletir sobre a importância da Escola Dominical?
  • Já considerou os objetivos do ensino secular e do ensino religioso?
  • Já pensou nos resultados práticos do ensino religioso na vida das pessoas?

A Igreja Metodista no Brasil dá grande ênfase ao aspecto educacional, tanto do ensino secular quanto da educação cristã.

E a igreja local? Como ela participa do ensino religioso? Certamente através da Escola Dominical, nossa querida e importante agência de ensino, testemunho e convívio em comunidade de fé.

O que é a Escola Dominical?

“A Escola Dominical é a organização da igreja local que reúne pessoas de todas as idades, membros ou não, para a Educação Cristã”.
(Cânones da Igreja Metodista)

Então, sendo a finalidade da Escola Dominical a educação cristã, é preciso conhecer o conceito de educação cristã da nossa igreja.

“A educação cristã é processo dinâmico para a transformação, libertação e capacitação da pessoa e da comunidade. Ela se dá na caminhada da fé, e se desenvolve no confronto da realidade histórica com o Reino de Deus, num compromisso com a missão de Deus no mundo, sob a ação do Espírito Santo, que revela Jesus Cristo segundo as Escrituras”
(Plano para a Vida e Missão)

A tarefa da Escola Dominical, como agência de educação cristã é, portanto, ministerial. Este ministério é muito necessário e por isso, deve ser exercido com muita responsabilidade, dedicação e planejamento, visando edificar a igreja e sinalizar o Reino de Deus, através da comunhão e crescimento do amor e da justiça.

Levar o ensino e a educação cristã, com qualidade, ao maior número de pessoas possível é um desafio que pode ser respondido de diversas formas, levando em consideração as necessidades, as lideranças e principalmente o contexto da igreja local. Entretanto, uma necessidade é comum a todas as igrejas: a boa coordenação do ministério do ensino. Uma coordenação capaz de estimular o processo de planejamento, orientar o desenvolvimento dos trabalhos, avaliar, delegar, motivar as ações e servir de ponto de ligação entre os envolvidos.

PLANEJAMENTO da Escola Dominical

O sucesso de qualquer trabalho ou ação depende de um bom planejamento. O trabalho da Escola Dominical não é diferente. É preciso planejar todos os passos detalhadamente e de forma participativa, envolvendo pastores e pastoras, professores e professoras, alunos e alunas numa ação coerente com os princípios de uma igreja ministerial, como é a nossa Igreja Metodista. Para se fazer o planejamento da Escola Dominical é preciso definir objetivos e metas.

Definindo objetivos e metas para o ano

O coordenador ou a coordenadora do Ministério de Ensino e ED, precisa refletir sobre o que pretende com seu trabalho, onde quer chegar. Essa reflexão deve ser feita na humildade e reconhecimento de que a missão é de Deus. É Ele quem nos capacita para a realização da sua obra; os planos e os propósitos são Dele. Por isso, importa que reconheçamos o seu Senhorio; que nos coloquemos em Suas Mãos e peçamos orientação e inspiração.

As reflexões sobre os objetivos e as metas da Escola Dominical devem envolver, como já dissemos anteriormente, o pastor e a pastora da Igreja, a equipe da Escola Dominical e os representantes das várias classes de alunos. As metas e os objetivos fixados devem corresponder à real necessidade da igreja local e ser compartilhados com todos. O número de objetivos a ser estabelecido não tem importância; o que importa, de verdade, é que expresse a tomada de decisão frente a situação real da Escola Dominical.

Para ajudar no processo de definição desses objetivos, distribua na sua igreja um pequeno questionário contendo perguntas que levem as pessoas a dizerem o que pensam da Escola Dominical e como ela deverá ser ou funcionar este ano. De posse das respostas e levando em consideração o potencial da sua igreja e da sua comunidade, faça uma reunião com toda a equipe para estabelecer os objetivos a serem atingidos e as prioridades de ação.

As metas são mais quantitativas. Trata-se de fixar, em número ou porcentagem, o que se pretende. Ex.: aumentar em 50% os alunos da Escola Dominical, ou ainda, atingir o alvo de 200 alunos matriculados, etc.

Planejando o trabalho da Escola Dominical no decorrer do ano

Com o objetivo de planejar todo o trabalho da Escola Dominical de sua igreja no decorrer do ano, faça uma reunião com toda a equipe envolvida no ministério de ensino.

Organizando a reunião

  • Marque um horário que seja conveniente para a maioria das pessoas envolvidas;
  • Convoque a reunião dizendo o que vai ser tratado: planejamento da Escola Dominical para o próximo ano;
  • Determine a hora de início e término;
  • Faça a abertura com uma pequena devocional, orando ou pedindo a alguém que ore pelo encontro e buscando a direção de Deus para as decisões que serão tomadas;
  • Fale do objetivo (do motivo) da reunião e encaminhe a pauta; Exemplo:

Assuntos para à reunião (pauta)

1. Apresentação das revistas da Escola Dominical;

2. Planejamento das atividades do ano:

a) celebrações (com todas as classes). Ex.: família, Páscoa, Natal, etc.;

b) capacitação de professores e professoras de Escola Dominical;

c) identificação e organização de recursos humanos e materiais;

3. Outros: pensar, discutir e/ou elaborar formas criativas para a abertura e o encerramento da Escola Dominical, etc.

  • A partir daí, coordene as trocas de ideias, dando oportunidade para que todos emitam suas opiniões;
  • Antes de encerrar a reunião, leia para todos o que foi planejado, verifique se está claro e se todos concordam com o que foi feito;
  • Encerre a reunião com um breve momento de intercessão pelos professores e professoras, agradecendo a Deus pelos seus dons e pelo grande privilégio de poder participar neste ministério.

Fazendo o Planejamento

Faça um levantamento das necessidades do grupo com o qual está trabalhando (neste caso, alunos e alunas da Escola Dominical).

Liste as atividades que poderão ser feitas para atender a essas necessidades e responda as seguintes perguntas:

O QUÊ?

POR QUÊ?

COMO?

QUANDO?

QUEM?

QUANTO?

 

 

 

 

 

 

 

 

O QUÊ? Dar nome à atividade que pode ser feita, esclarecendo o que vai acontecer.

POR QUÊ? Respondendo a esta pergunta será estabelecida a razão da realização da atividade. Com esta pergunta se estabelece o objetivo, o que se quer alcançar com a atividade, quais os resultados esperados.

COMO? Estabelecer as estratégias que precisam ser adotadas para realizar a atividade. Listar os recursos humanos e os materiais necessários. Detalhar a realização da atividade.

QUANDO? O tempo necessário para o desenvolvimento da atividade, com data e horário.

QUEM? É muito importante definir os responsáveis de cada atividade e dividir tarefas. O acompanhamento do desenvolvimento das atividades, correções necessárias, apoio e incentivo aos grupos de professores, professoras, alunos e alunas.

QUANTO? O orçamento, o valor em dinheiro necessário para cada etapa da atividade e como consegui-lo.

Avaliação

É um processo importantíssimo de avaliar a execução do que foi decidido no planejamento. Deve ser feito não só no final, mas em alguns momentos no decorrer do desenvolvimento das atividades. Com a avaliação, percebe-se os pontos positivos que deverão ser reforçados e os pontos negativos que precisam ser eliminados ou revistos.

E, finalmente, volta-se à pergunta “para quê?”, a fim de se constatar se todos os objetivos foram alcançados com as atividades.

 

_______________________

FONTE: Boletim Recriar a Escola Dominical, 1996 (editado).


Posts relacionados

Escola Dominical, por Sara de Paula

Salmos na quaresma

Quaresma é um período do calendário cristão que nos convida à reflexão e transformação – pessoal e comunitária – à luz do acontecimento fundante da nossa fé: a ressurreição de Jesus. Neste ano, desejamos lhe convidar a viver o tempo da quaresma a partir dos Salmos. Este importante livro, que reúne as músicas e a sabedoria do povo da Bíblia, vai nos inspirar neste tempo. Baixe o conteúdo.

Educação, Liturgia, Departamento Nacional de Trabalho com Crianças, Escola Dominical, por José Geraldo Magalhães

Reflexão: Uma Igreja que se preocupa com as crianças!

Uma igreja que se preocupa com as crianças é uma igreja que se importa com o seu presente e que se preocupa com o seu futuro. As crianças são o futuro da Igreja, sim; mas também são o presente da Igreja. Elas adornam, animam e são parte viva do Corpo de Cristo. O louvor da boca dos pequeninos é maravilhoso! Os testemunhos muitas vezes trazem o pai, a mãe e não raramente toda a família para Jesus e para a Comunidade do Povo de Deus!