Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 20/09/2013

texto pastor gomides politica

Recebemos, pelo Correio, cópias de duas cartas remetidas pelo pastor Antônio Eustáquio Gomides, pastor aposentado da 4ª Região Eclesiástica (Belo Horizonte, MG), à bancada evangélica da Câmara dos Deputados, no dia 16 de dezembro, e à ministra Ellen Gracie, do Supremo Tribunal Federal, no dia 11 de dezembro. Nestas cartas, o pastor Gomides, cumprindo sua missão profética, alerta as autoridades e clama por Justiça. Abaixo, você vê trechos das duas cartas:

Carta à Câmara dos Deputados

Belo Horizonte, 16 de dezembro de 2006

Exmos Srs. Deputados Federais da Bancada Evangélica da Câmara dos Deputados

"Que o direito corra como a água e a justiça como um rio" Amós 5.24

O Povo brasileiro está estarrecido e perplexo com a atitude de seus representantes, notadamente dos que se intitulam discípulos de JESUS, pois ignorando as angústias e sofrimentos dos segmentos mais empobrecidos da sociedade, que enfrentam toda a sorte de mazelas tais como a fome, a precária assistência da saúde pública e a falta de segurança, e outras formas de anti-vida atuando no mundo, majorarem seus vultuosos salários em 91% (...) Enquanto isto, insistem em reajustar o salário mínimo em apenas 4,8%, para não onerar o orçamento da união. Uma pessoa necessita ganhar mais de vinte mil reais mensais para sobreviver? Alguém consegue se manter com uma renda mensal de trezentos e cinqüenta reais? Gostaria que os parlamentares crentes me respondessem a estas indagações diante de Deus.

(...)

Uma coisa é certa, com as remunerações exorbitantes e insolitamente estabelecidas para os senhores legisladores, membros do Poder Judiciário e do Ministério Público, não vão sobrar recursos para serem aplicados nas políticas públicas objetivando a promoção humana e a paz social.

Assim, tomo a liberdade de transcrever para a madura inspiração dos irmãos, a seguinte escritura da Palavra de Deus: "Ai dos que promulgam leis iníquas, os que elaboram escritos de opressão para desapossarem os fracos do seu direito e privar da justiça os pobres do meu povo, para despojar as viúvas e saquear os órfãos. Pois bem, o que fareis no dia da visitação, quando a ruína vier de longe? A quem correreis em busca de socorro? Onde deixareis as vossas riquezas? (Isaías 10.1-3, Bíblia de Jerusalém). Vocês estão semeando ventos e colherão tempestades (Oséias 8.7). "Não se enganem: ninguém zomba de Deus. O que uma pessoa plantar, é isso mesmo que vai colher" (Gálatas 6.7, Nova Tradução na Linguagem de Hoje).

Que Deus, o Senhor da Justiça, lhes abra os olhos e lhes sensibilize os corações.

Sinceramente,

Pastor Antônio Eustáquio Gomides (da Igreja Metodista)

 

Carta ao Supremo Tribunal Federal

Belo Horizonte, 11 de dezembro de 2006.

Exma Sra Ministra Ellen Gracie Northfleet

DD. Presidente do Egrégio Supremo Tribunal Federal

Senhora Ministra,

"Que o direito corra como a água e a justiça como um rio caudaloso" (Amós 5.24)

Os meios de comunicação noticiaram amplamente o assalto perpetrado na pessoa de V.Exa. e do Exmo. Sr. Ministro Gilmar Mendes, vice-presidente do Pretório Excelso da Nação Brasileira. Como pessoa humana e membro da sociedade brasileira, quero manifestar minha solidariedade a V.Exa., ressaltando que para a infelicidade de todos, a violência cresce assustadoramente em todos os recantos do país e, embora muitas são as explicações relativas à sua gênese, o povo não tem visto esforços concretos e efetivos do Estado nas soluções dos problemas ensejadores deste grande mal que a todos atormenta.

De outra banda, juristas há que defendem um "jus puniendi" mais rigoroso, ou seja, a existência de maior rigor no combate às condutas delitivas, como verbo gratia, a condenação imposta à doméstica desempregada Angélica Aparecida de Souza, cuja pena exorbitada, "data vênia", foi quatro anos de reclusão, no regime semi-aberto de prisão, por tentar furtar um pote com duzentos gramas de manteiga, tudo porque afirmara que o ato fora de desespero, pois não agüentava ver o filho de dois anos passar fome. Importante ressaltar que a acusada passou cento e vinte e oito dias provisoriamente presa, inobstante seu defensor ter pleiteado em Juízo por quatro vezes o benefício da Liberdade Provisória. (...)

Entrementes, o Juiz Federal Jamil Rosa de Jesus, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região concedeu liminar em habeas corpus ao riquíssimo deputado federal eleito Juvenil Alves Ferreira Filho (PT-MG), acusado de golpe de mais de um bilhão de reais. (...)

Oro a Deus neste instante, pedindo que ele proteja e guarde V.Exa. Que o Espírito Santo ilumine a mente dos nossos governantes, para que a paz que surge da Justiça seja uma constante na vida de todas as pessoas.

Respeitosamente,

Pastor Antônio Eustáquio Gomides (da Igreja Metodista).


Posts relacionados

Geral, por Sara de Paula

Em oração | 26.03.2020

Conheça a campanha diária de oração daIgreja Metodista. Ore pela Igreja, pelo Brasil e pelo mundo, e acompanhe a publicação de cada pedido nas redes sociais. Confira a seleção de motivos de intercessão dessa semana.

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães