Publicado por Sara de Paula em Geral - 07/12/2021

Um presente missionário

 

“Trouxeram ouro, incenso e mirra”

Faça a sua doação de 16/12 até 06/01

Os missionários e missionárias das regiões norte e nordeste do Brasil merecem receber presentes de ouro, incenso e mirra. Na verdade, não apenas merecem – precisam. Você e sua Igreja Metodista pode se comprometer nesse natal com esses(as) missionários(as), bispos eméritos e também viúvas de bispos que receberão o presente.

Vamos levar nossos presentes e entregar com alegria e temor, para que o anúncio feito pelos anjos prossiga na vida desses homens e mulheres em missão: “Jesus nasceu e depois ressuscitou! Esta é uma nova de grande alegria!”

Participe!


COMO DOAR

Chave PIX: sede.nacional@metodista.org.br

Banco: Bradesco
Agência: 2818-5
C/C: 14.251-4
CNPJ: 33.749.946/0001-04
ASSOCIAÇÃO DA IGREJA METODISTA

Para comunicar a sua doação, envie o comprovante bancário para o WhatsApp 11 2813-8600 ou e-mail comunicacao@metodista.org.br.


 

Confira abaixo a palavra pastoral da Bispa Hideide Brito Torres sobre a campanha:

 

Diz a Bíblia que, quando Jesus nasceu, magos do Oriente vieram lhe trazer presentes. Eles trouxeram ouro, incenso e mirra. Não sabemos se os magos tinham em mente algo específico ao dar tais dádivas, mas é muito legal imaginar as possibilidades. Ouro, uma coisa de rei. Incenso, uma coisa de sacerdote. Mirra, uma coisa de profeta. Isso é o que a gente encontra pela internet afora quando pesquisa sobre o tema. Afinal, o ouro era parte dos tributos reais, o incenso era parte integrante do ambiente cúltico e a mirra era usada tanto no óleo de unção quando para unguentos e tratamentos medicinais.

Também é legal pensar de outro modo. O ouro é um material nobre e de difícil acesso. O incenso era algo sagrado, ligado à espiritualidade, mas também um modo de perfumar ambientes. A mirra, essa planta espinhosa, estava em várias casas como um remédio precioso e nos unguentos terapêuticos.

Os missionários e missionárias em todo o mundo merecem receber presentes de ouro, incenso e mirra. Na verdade, não apenas merecem – precisam. É que há presentes fundamentais para nos recordar, gerar ou firmar nossa identidade. Veja só: aqueles dados pelos avós aos netos e vice-versa nos lembram que viemos de outro lugar além de nós e estabelecemos laços por gerações. O presente do namorado à namorada e vice-versa traz a marca desse pensamento recorrente que origina na paixão: “Pensei em você o tempo todo e lhe dou esse presente para que, ao vê-lo, também pense em mim”. O presente entre cônjuges sinaliza a passagem dos anos, a maturidade e o desejo da prevalência do amor.

Queremos, neste ano de tantos desafios, conclamar você a investir num presente para nossas regiões missionárias, que mais de perto sentiram o impacto de tantas demandas. Esses presentes serão ouro, porque demonstram a nobreza da missão, seu caráter precioso e raro, bem como remontam à realeza do sacerdócio em Cristo. Também serão incenso, pois atrairão o perfume de Cristo sobre sua família e lhes lembrarão que o encargo que esses homens e mulheres de Deus realizam são do céu e não apenas da terra. E também serão mirra, um remedinho amoroso e doméstico, com cara de chá de vó, capaz de fortalecer o seu interior, restaurar o ânimo e o vigor e, de quebra, trazer aquela sensação boa de que alguém nos ama e de nós cuida.

A campanha também doará para bispos eméritos e viúvas de bispos.

Na última semana de dezembro, em todas as nossas igrejas, entre os amigos e amigas e nas nossas redes sociais, vamos seguir a estrela que guia ao lugar da adoração.

Vamos levar nossos presentes e entregar com alegria e temor, para que o anúncio feito pelos anjos prossiga na vida desses homens e mulheres em missão: “Jesus nasceu e depois ressuscitou! Esta é uma nova de grande alegria!”

Participe!

Bispa Hideide Brito Torres


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães