Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 13/09/2013

UMESP está entre As Mais Ligadas do País pelo segundo ano consecutivo

Mais uma vez a Universidade Metodista de São Paulo está entre as “As 100 Empresas mais Ligadas do Brasil”, segundo a revista InfoExame. No novo levantamento, ela subiu 23 posições, e agora ocupa o 43° lugar no ranking nacional. Os critérios considerados na pesquisa foram investimentos em TI, utilização de notebooks, smartphones, cobertura Wi-Fi, trabalho remoto, ferramentas da web 2.0, serviços na nuvem, novas tecnologias e nota reciclagem. Apenas três instituições de ensino integram a lista – as duas outras participantes são a SER Educacional (90ª no ranking) e Grupo Positivo (95º).

Este ano o questionário de avaliação primou mais pela qualidade de utilização das tecnologias, segundo o gerente de Telecomunicações e Redes da Metodista de São Paulo, Wilson Baraban Filho. As perguntas também enfatizaram as redes sociais e serviços na nuvem, ferramentas que a Universidade utiliza desde 2008. “Estamos sempre em sintonia com o mercado e isso se deve ao nosso planejamento e visão, que sempre buscam trazer novas tecnologias”, afirma.

Outro ponto de destaque na avaliação foi um investimento constante da Universidade: a TI Verde. A novidade do ano passado foi o Blade, que agrega mais capacidade computacional do que um simples servidor, gerando economia de energia elétrica e espaço físico, além de inúmeros ganhos computacionais. Na parte tecnológica, o serviço tem crescimento exponencial em servidores instalados com um único ponto de gerenciamento. “É um orgulho estarmos nesse ranking, muito acima das outras Instituições de Ensino e junto a outras empresas gigantes de todos os setores. Aqui, a Educação e a Tecnologia andam lado a lado”, completou.

 


Posts relacionados

Geral, por Sara de Paula

Angular Editora no Areté 2022

No dia 23 de novembro de 2022 a Associação dos Editores Cristãos realizou o Prêmio ARETÉ 2022 com 32 categorias e 6 homenagens e reconhecimentos. Saiba mais.

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães