Publicado por Sara de Paula em Departamento Nacional de Trabalho com Crianças | 09/11/2020 às 11:31:24

Conheça os Aventureiros em Missão

Nossa turminha nasceu como resultado de um exercício criativo muito especial.

Os/as personagens são fruto das Oficinas de histórias promovidas em 2003 pelo Departamento Nacional de Trabalho com Crianças sob a coordenação da irmã Rosete de Andrade. A Turma dos Aventureiros em Missão, originalmente formada por cinco crianças - Ian, Rebeca, Talita, Zeca e Luca -, foi acrescida de mais uma personagem em outubro de 2007, a Açucena, que quer dizer “singela e branca flor”. Essa “criançada” esteve presente, ao longo desses anos, nas principais publicações da Igreja Metodista como representantes genuínos de todas as nossas crianças, partilhando suas aventuras e descobertas e nos propondo brincadeiras e desafios. Suas histórias e aventuras nos ensinam, de forma leve e divertida, verdades sobre o Reino de Deus.

Ao longo desses anos, esses/as personagens se tornaram conhecidos/as e construíram uma identidade. A turminha ultrapassou os muros denominacionais e, apesar de ser nossa marca registrada, não raramente nos surpreendemos com suas imagens sendo utilizadas por outros grupos.
Com a ajuda do desenhista e pastor Silvio Motta da 2ª Região Eclesiástica, nosso sonho foi transformado em arte, a turminha ganhou forma, visibilidade, espaço e muito movimento na Igreja Metodista.

Agora, em 2016, mais um marco se estabelece na sua história: a atualização dos seus traços. Para Ednei Marx, o novo ilustrador, “essa atualização se dá pela revisão do estilo das roupas, adereços e cabelos, busca ressaltar as características essenciais de cada etnia representada na turma”. É com muita alegria que apresentamos os novos traços da Turma dos Aventureiros em Missão.

Nesse movimento que apresenta um novo tempo para a turminha, é preciso olhar para a nossa história e valorizar a presença de uma pessoa essencial na caminhada e fortalecimento dos/as nossos/as personagens no coração da Igreja Metodista. Agradecemos ao pastor Silvio, que nesses 13 anos de parceria dedicou-se com muito empenho e carinho na realização de cada traço e na alimentação constante de nossos periódicos e publicações com seus desenhos. Rogamos a Deus as mais ricas bênçãos sobre sua vida, família e ministério pastoral.

Nosso desejo é de que os Aventureiros em Missão permaneçam colaborando no anúncio e na construção do Reino de Deus a fim de que a missão da Igreja Metodista com nossas crianças seja reflexo da soberana vontade de Deus.

Imagem

Zeca

É um menino brincalhão, simpático, cooperador. Na turma, é conhecido como o criativo, o inventor; mas tem seu lado sapeca e sedutor. É gozador e muito querido pelo grupo. Seu nome é José Carlos. Vive com seus pais, uma família humilde, que veio do Nordeste para tentar a vida em São Paulo. Zeca tem mais duas irmãs e três irmãos. A mãe trabalha fora e o pai é autônomo. Gosta de jogar futebol e nunca se separa do seu boné. Zeca retrata o dialeto nordestino, com aquele sotaque cantado e gostoso de ouvir: “Oxente!”

Talita

A personagem loirinha, gorduchinha, usa macacão vermelho. É uma menina sensível, estudiosa e introspectiva. Sempre que o grupo tem alguma dúvida, ela logo tem alguma resposta. A turma diz que ela é a “sabe-tudo”. Apesar de seu jeito tranquilo e sossegado, é muito chorona também. Seus pais são separados. Mora com o pai e uma irmã mais velha, que está na faculdade. 

Imagem

     

 

Imagem

Luca

Personagem sonhador, sensível, perceptivo, companheiro. Tem 10 anos e uma deficiência física na perna direita. Por isto, usa uma cadeira de rodas para se locomover. Como tem uma boa autoestima e forte espírito de liderança, é o conciliador da turma. Sua família é de classe média e bem estruturada. Mora com o pai, a mãe, um irmão adolescente e uma irmã caçula de dois anos. Gosta de música e de desenhar. Toca teclado. 

 

Rebeca

É uma menina negra, super fashion, de personalidade marcante. É determinada, alegre e, com seu jeito extrovertido, agita todo o grupo. É otimista, moleca e cheia das ideias, mas é impositiva e autoritária. É filha única de uma família de classe média, bem estruturada. Mora com os pais. Usa trancinhas com fitinhas coloridas nas pontas. Gosta muito de jogos com bola e de liderar a turma. 

Imagem

 

       

 

Imagem

Ian

um menino de 8 anos, descendente de família oriental. Interessado em ecologia, cultiva hábitos alimentares saudáveis. Anda sempre com seu skate e é surfista, também. Mora com a mãe, que é professora, e uma irmã mais velha, que faz origami e tem muita habilidade artística. Seu pai está separado da família, trabalhando no Japão. É colecionador. 

Açucena

O nome "Açucena" significa "singela" ou "branca flor". Na verdade, é o nome de uma flor que ela usará estampada em suas roupas. Ela é uma criança brasileira guarani, filha de um casal indígena e neta do primeiro pastor metodista indígena. Além do avô, seus pais também são metodistas e militantes da causa indígena. O pai de Açucena é professor e a mãe é médica. O trabalho deles na aldeia é criar um posto de saúde e uma escola primária onde os indiozinhos reaprenderiam a língua guarani e os costumes indígenas. Como na aldeia ainda não há uma escola, Açucena estuda na escola da turma dos Aventureiros e aos domingos, vai com seus pais à Igreja Metodista onde também participam as crianças da turma. Tem um animalzinho de estimação: uma linda e querida cachorrinha vira-latas chamada "Moema" que quer dizer "aurora". Tem um irmãozinho ainda bebê. Açucena gosta de esportes, sobretudo nadar e jogar futebol. Coleciona fotografias e ilustrações de animais de todo tipo e de todo o planeta  

Imagem

     

 

 

Formigarra

Criada pelo Zeca, junto com toda a Turma, a mascote do grupo é a mistura da formiga com a cigarra.


Tags: sem tags no momento!