Publicado por Sara de Paula em Pastoral Indigenista, Geral | 17/04/2017 às 09:26:26


Convite: Pastor João Coimbra fala sobre semana indigenista


 

Entre os dias 16 e 22 de abril, celebramos a semana indigenista. É um tempo de se lembrar das pessoas atendidas pela Pastoral em todo Brasil. 

 

Foi no antigo Mato Grosso que, em 1928, a Igreja Metodista iniciou o trabalho com os povos indígenas com a Missão Kaiowá – logo após a criação de oito Reservas Indígenas pelo Governo Federal em 1920. Três igrejas históricas se aliaram nessa missão: a Igreja Presbiteriana Independente e do Brasil, além da Metodista, que estava representada pelo recém-formado em Medicina, dr. Nelson Becker Araújo, e o técnico agrícola Francisco Brianezi. O trabalho foi interrompido em 1946 e voltou 25 anos depois com o pastor Scilla Franco.

Atualmente há trabalhos com os povos indígenas em pelo menos quatro estados brasileiros: Tremembé, em Fortaleza/CE; Macuxi, em Boa Vista/RR; Guarani-Kaiowá, em Dourados/MS (confira a edição de abril/2015 do Expositor Cristão) e, em Minas Gerais, com as etnias Maxakali e Mucuri em Teófilo Otoni e Resplendor, respectivamente.

São 17 famílias que somam aproximadamente 60 pessoas na Aldeia dos Mucuris – descendentes dos Krenak, que fica em Resplendor/MG. A Aldeia Cachoeirinha em Topázio, Teófilo Otoni, também reúne aproximadamente 60 pessoas no Vale do Rio Doce.

Assista ao convite do Pastor João Coimbra, pessoa de referência da pastoral, para celebrar esse tempo em sua igreja local. 

 

Confira todos os materiais disponíveis: http://bit.ly/pastoral_indigenista

 

Acesse também a matéria do Jornal Expositor Cristão desse mês: MISSÃO INDIGENISTA EM DEFESA DOS DIREITOS HUMANOS


Tags: sem tags no momento!