Publicado por José Geraldo Magalhães em Expositor Cristão, Destaques Nacionais, Geral | 30/04/2014 às 13:04:18


Coração aquecido: para transformar a nossa realidade


Pra. Maria Monteiro

No dia 24 de maio, metodistas de todo mundo comemoram a expe­riência do “Coração Aquecido”, rememorando o dia em que houve uma reviravolta na vida de João Wesley. Ao ouvir a leitura do comentário aos Romanos de Martinho Lutero acerca da justificação pela fé, Wesley teve uma experiência espiritual extraordinária, sendo tocado e transformado pela manifestação do Espírito Santo. Imagino a alegria imensa que invadiu a alma dele, fazendo arder o coração e, como escreveu em seu diário: “senti o meu coração estranhamente aquecido”.

A experiência de Wesley foi muito marcante, profunda, inspiradora, produzindo uma transformação da sua realidade que transcendeu o tempo: um aprofundamento na compreensão do que, de fato, significa ser um/a verdadeiro/a cristão/a. Esse momento se tornou um grande divisor de águas para o ministério de João Wesley, um marco histórico que neste 24 de maio de 2014 completa 276 anos.

O certo é que a Inglaterra do século XVIII, foi sacudida, abalada e transformada pela disposição e ousadia de dois homens valorosos: John e Charles Wesley. O impacto foi tanto que alcançou o mundo e chegou até nós, brasileiros/as, cumprindo-se o conhecido lema de João Wesley: “o mundo é minha paróquia”.

Ao longo da história, Deus sempre nos traz tempos de refrigério, visitando-nos com grande poder, através do seu Espírito. Ao mesmo tempo, vemos o metodismo histórico distanciando-se, em alguns aspectos, das convicções do seu fundador, enveredando por doutrinas passageiras e práticas de outros grupos religiosos.
 
A igreja tem crescido, mas apesar desse crescimento explosivo, há um nível baixo de espiritualidade, sendo muito superficial. A igreja do presente está crescendo, mas não está impactando a sociedade, como nos seus primeiros tempos. A igreja cresce, mas seus frutos não amadurecem, falta o ardor de outrora, pois a busca se concentra grande parte em volta de si mesma e de interesses pessoais, saindo do foco que é ir ao encontro do povo, impactando a realidade ao redor.
 
Não nego que nestes tempos de celebrações em torno do 24 de maio, temos muito para agradecer e regozijarmo-nos pelos feitos do Senhor em nosso meio. Porém, que seja também um tempo para refletirmos sobre nossa caminhada no Reino e na sociedade. É um tempo para pedirmos que o Senhor reacenda a chama, com seu fogo santo, para que arda em nossos corações o desejo de sermos aquecidos/as ao ponto de impactar a nossa nação, que tem sido tomada por corrupção, violência, desigualdade social. Essa nação que muitas vezes vive um caos generalizado é a “Nossa Paróquia”, não podemos olhar para ela com frieza e distanciamento, refugiados/as em nossos templos.
 
Minha oração é para que a experiência do “coração aquecido” leve-nos a sair do esfriamento moral e espiritual, conduzindo-nos a amar e agradar a Deus como resultado da Sua Graça que opera e vive em nós. Esse “aquecimento” certamente resultará numa dinâmica constante de vida devocional e diária de oração, jejum, serviço e santificação, no lugar de tantas atividades e ativismo sem frutos. 
 
Este é o grande desafio nosso de cada dia: aquecer nossos corações em meio aos apelos movidos por uma espiritualidade fria e distante, que desconhece o fogo do Espírito e o calor que só se experimenta na companhia do próximo, da irmã e do irmão, dentro e fora de nossas igrejas.
 
Que o desafio de sermos Discípulas e Discípulos nos Caminhos da Missão, seja uma realidade na nossa caminhada em direção ao Reino.Coração aquecido: para transformar a nossa realidade na nossa caminhada em direção ao Reino.
 
 
Leia na íntegra em PDF

Tags: coracao-aquecido, john-wesley, igreja-metodista, expositor-cristao