Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 12/09/2011

4ª Região: Encontro Regional do Projeto Sombra e Água Fresca

Aconteceu nos dias 26, 27 e 28 de agosto na Fundação Metodista – Belo Horizonte

Como programado pela equipe regional, este encontro foi realizado como objetivo de discutir e aprofundar na filosofia e metodologia do Projeto. O início foi uma gostosa conversa sobre o poder transformador da música, em palestra “Ministrando música com a graça” ministrada por Dulce Leia Sathler Balmant. A participação do grupo foi muito importante e levou a uma questão muitas vezes difícil nos projetos: nem sempre há uma pessoa habilitada ou que se habilite a levar a música de maneira a transformar situações conflitantes. Uma coisa ficou clara: é preciso cantar mais com nossas crianças.

O sábado trouxe uma mesa redonda mediada por Maria Thereza Greathouse, Teca. Os temas propostos foram: O desafio de trabalhar com o diferente – Márcia Rovena; ECA: chovendo no molhado ou fazendo tempestade em copo d'água? – Vitória Régia Izaú; PSAF como ministério na Igreja Metodista – Bispo João Alves.

Os grupos de aprofundamento trataram questões pontuais da proposta do PSAF. Ana Clara Santos trabalhou com a proposta de discussão da Inclusão digital, Valquíria Nonata da Silva conversou com seu grupo a respeito do Acompanhamento Escolar no Projeto Sombra e Água Fresca, Rachel Paulinelli abordou “Arte e Cultura no Espaço Evangélico do PSAF” e Regina Porfírio, psicóloga, conversou com seu grupo sobre “A questão étnica no trabalho do PSAF”.

À noite foi o momento de conferir o trabalho do projeto São Gabriel, que reapresentou sua programação do dia da família, comemorado em maio. O último momento foi de compartilhar boas experiências nos projetos locais.

A oportunidade de ouvir o bispo João Alves foi devida à realização da reunião da equipe nacional que ocorreu paralelamente ao Encontro. Foi um privilégio.

O testemunho de Dulce Léia sobre seu trabalho com meninos e meninas “não-cooperantes” que também já foi compartilhado no espaço do PSAF no Expositor Cristão trouxe lágrimas que só traduzem o sentimento de compaixão que reina entre educadores e educadoras do PSAF, em sua maior parte, em regime de voluntariado.

Também a esperança apareceu com o esclarecimento do Gordon Greathouse sobre as possibilidades dos projetos dentro do programa Voluntários em Missão, que tem dado preferência de ajuda a locais que atendem crianças e adolescentes.

A admiração veio com a palavra da Teca Greathouse que contou a experiência de levar 13 integrantes de projetos aos Estados Unidos para participarem de uma Conferencia com mais de 3 mil pessoas.

Riso e alegria vieram ao assistir o grupo de teatro da Igreja Metodista Betânia – BH, apresentando um trabalho que retrata o dia-a-dia de muitas famílias alem de uma bela coreografia. O testemunho de uma das integrantes do grupo, que teve seu início na igreja metodista através do Projeto SAF Amizade traz a certeza de que ele é, sim, uma agência eficaz de evangelização. Ela se tornou membro, juntamente com sua irmã e agradece a Deus por ter conhecido o projeto.

A Santa Ceia ministrada pela pastora Eunice foi um momento de comunhão entre pessoas que acreditam nos valores do reino de Deus e trabalham para que eles se concretizem.

Informou: Onice M. Sousa – Agente Regional do PSAF na 4ª. Região
Mais detalhes no site: www.blogdaquartasaf.blogspot.com


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães