Publicado por Sara de Paula em Destaques Nacionais | 10/03/2021 às 08:28:40

Apelo à sanidade em tempos de Covid19 | Aliança Evangélica

“Todo reino dividido contra si mesmo será arruinado, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá.” Mt 12.25,

Por: Aliança Evangélica

O Brasil está prestes a entrar em colapso geral no seu sistema de saúde. A tragédia ocorrida em Manaus ameaça se repetir em todos os estados da Federação. Alcançamos a terrível marca de 265.500 mortos e uma média móvel diária de 1.497 óbitos. Segundo alguns pesquisadores e infectologistas, março está se configurando como o mês mais trágico desde o início da pandemia.

É triste ver o povo brasileiro tão dividido no que se refere ao enfretamento da pandemia. Enquanto grande parte da população está enlutada, chorando pelo seus mortos num réquiem sem fim, uma outra parte desdenha da gravidade da doença. Essa divisão tem sido alimentada por interesses político-partidários e disseminação de informações falsas.

“Uma casa dividida contra si mesma não subsistirá”

A Aliança Cristã Evangélica Brasileira, diante desse quadro, convoca a todos que superemos as diferenças que dividiram até nossas famílias para que, juntos:

– Oremos ao nosso Pai celestial para que o nosso coração seja realinhado à Sua vontade soberana e para que reconheçamos o outro que ao nosso lado também clama. O Pai é nosso e por isso somos irmãos. Clamemos por misericórdia e pela cura física e emocional de nosso povo.

– Respeitemos aqueles que nos governam em suas medidas que favoreçam à vida. Não é razoável defender formas de tratamento em detrimento de outras por razões ideológicas. Respeitemos as decisões dos principais centros médicos de pesquisa e sigamos as práticas sanitárias consensuais no momento: distanciamento físico, uso de máscaras, higienização e restrições de mobilidade.

– Oremos e clamemos para que tenhamos vacinação rápida e gratuita para todos. Rejeitemos todo tipo de desinformação que impeça o acesso de qualquer pessoa à imunização vacinal. Exijamos das autoridades governamentais empenho na compra de vacinas e na implementação de uma campanha de imunização célere e justa para o nosso povo.

– Como Corpo de Cristo sobre a Terra, unamo-nos aos que sofrem criando e auxiliando redes de solidariedade para o socorro dos mais vulneráveis. A capilaridade da igreja brasileira permite que possamos atender aos mais pobres nesses momentos de desemprego e carestia. É importante também pressionar nossos governantes da esfera executiva e legislativa para aprovação do auxílio emergencial à população mais vulnerável.

Mesmo que o apelo à unidade não comova nossos governantes, é importante que, como voz profética, busquemos a unidade sem a qual ainda sofreremos mais mortes em nosso país. A unidade pode vir do povo cristão como demonstração de amor e cuidado do outro. Mesmo que outras questões legítimas, porém secundárias, nos dividam, sigamos juntos em defesa da vida neste momento tão crítico da história.

Publicado originalmente no site da Aliança Evangélica. Acesse aqui.

Aliança Evangélica confessa sua fé em sintonia com o legado evangélico alicerçado nos marcos da Reforma Protestante: a suficiência das Escrituras, a mediação de Jesus Cristo e a justificação pela graça mediante a fé. Afirmamos a fé bíblica com a comunidade evangélica histórica e global, a partir do Credo Apostólico.


Tags: sem tags no momento!