Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 20/09/2013

Bispos africanos estudaram no Brasil


Além de desenvolver cursos à distância, a Igreja Metodista acaba de firmar uma parceria que vai beneficiar quem ainda não tem acesso à informática.  No mês de junho, foi estabelecido um novo acordo entre a Faculdade de Teologia da Umesp e a Junta de Educação Superior e Ministérios da Igreja Metodista Unida dos Estados Unidos para a formação teológica de pastores e pastoras em Angola e Moçambique. A Igreja dos Estados Unidos (à qual são ligadas as igrejas africanas) colaborará com os recursos financeiros e o Brasil com o envio de recursos humanos e material didático em língua portuguesa. Atualmente, vários dos pastores metodistas nos países africanos contam apenas com o ensino fundamental ou médio e há enorme carência de livros e revistas para Escola Dominical. Segundo a Assessoria de Comunicação da Faculdade de Teologia, a parceria brasileira com as igrejas metodistas em Angola e Moçambique já tem 20 anos, por meio da recepção de estudantes com bolsas de estudos e pelo envio de literatura teológica produzida no Brasil. Os três bispos que lideram hoje a Igreja nestes países - João Somane Machado, em Moçambique; José Quipungo e Gaspar Domingos, em Angola, foram alunos da Fateo.


Posts relacionados

Geral, por Sara de Paula

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães