Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 20/09/2013

CMUSN Reflexão Bispa Marisa Coutinho

I - Sociedade e criação

Cremos que Deus criou o mundo e tudo que nele há (Gn 1, SL 19, Rm 2). Seu propósito é que toda a criação viva em harmonia com Ele, Deus Criador e Senhor, consigo mesma e com o restante da criação.

 

Na sua bondade Deus entregou o cuidado da criação à humanidade.

Gn 1: 126 a 31 - Criou Deus o ADAM (humanidade) à sua imagem e semelhança; homem (ish) e mulher (ishsha) os fez e disse ao ADAM (humanidade): GOVERNAI

Governar tem o sentido de supervisionar, liderar, tomar conta de.

No propósito de Deus o governo deste mundo criado se daria por meio da humanidade gerada à sua imagem e semelhança. Nós, cristãos/ãs metodistas, cremos que a imagem e semelhança de Deus(1) se dá em três aspectos:

? Imagem natural - Deus É e como tal faz o que deseja e quando deseja. Ele é perfeito em suas escolhas e decisões. E concedeu à Sua criação humana O LIVRE ARBITRIO;

? Imagem moral - Deus é bom, e justo, é perfeito em Sua natureza. Ao criar o ADAM (humanidade) Deus a abençoou com Sua imagem moral.Ele a "colocou" no seu ADAM;

? Imagem política - Como criador Deus é soberano e Senhor sobre tudo e todos/as. Ao conceder o governo do mundo ao ser humano, concedeu-lhe também o privilégio de governo, de organização e de liderança sobre seus/suas semelhantes e natureza, as que define a legítima política.

Marcados, na sua gênese, por estes valores, a humanidade viveria em plenitude de vida. A Sociedade humana seria, na verdade, uma igreja viva de Deus.

II - Sociedade pós queda

A história do pecado é conhecida, especialmente pelo relato de Gn. 3. O distanciamento da vontade de Deus traz sérias maldições e dores, tanto para a mulher quanto para o homem. E, em conseqüência, para a criação inteira, já que esta é governada pelo conjunto mulher-homem. Quando o ser humano quebra sua comunhão com Deus, a quebra também para consigo, para com o/a próximo/a e para com a criação. Esta verdade é tão visível quanto você o é. Observe alguns sinais ao seu redor:

? Injustiça;

? Ódio prevalecendo ao amor;

? Sexualidade limitada ao ato sexual, sem qualquer compromisso;

? O TER valendo mais que o SER;

? Polícia desacreditada por prática de atos ilícitos;

? Assassinatos por causas banais;

? Exploração de uns/as pelos/as outros/as;

? A natureza destruída pela humanidade, que não a vê como divina e digna de cuidado e respeito.

E quanto mais? Até na religião o pecado tem, em muitas vezes, prevalecido. Já não importa o caráter, importa o valor do dízimo, por exemplo. Que luta!

III - O papel da mulher nesta sociedade

Ora, como disse o médico cristão Paul Tournier, em seu livro A missão da mulher; A mulher e o sentido da pessoa:

" E o que é a pessoa? É o homem tal como Deus o criou e desejou, o homem em sua totalidade e em sua unidade - em sua globalidade, como diz o Dr. Stark - espírito, alma e corpo. Não se trata do homem isolado, mas do homem em relação: em relação com o outro, com a natureza e com Deus... A pessoa é constituída pelo homem e mulher juntos, e não pelo homem isoladamente... Não lestes que, no começo, o Criador os fez homem e mulher". E esse autor nos explica que, na linguagem de Jesus, a expressão "no começo" não exprime somente uma anterioridade no tempo, mas significa simbolicamente a vontade primeira de Deus, a sua vontade fundadora. Portanto, complementaridade indissolúvel entre o homem e a mulher. Constitui o fundamento da pessoa por excelência - e a harmonia e plenitude que a palavra pessoa evoca..... Portanto, ao invés de uma História masculina - repleta apenas de peripécias, de uma incessante corrida, em busca do poder - ou de uma civilização masculina - que exalta a prioridade das coisas sobre as pessoas - deve haver uma CONSTRUÇÃO CONJUNTA, repartida entre HOMEM E MULHER, da História e da civilização"2

Esta, na verdade, é a proposta bíblica. Só com a compreensão desta VERDADE é que o mundo conhecerá a LIBERDADE. Jesus disse isto claramente! E esta verdade só chega à humanidade por meio Daquele que é PÃO e ÁGUA para o mundo (Jo 7: 22 a 40; Jo 7: 37 a 44), que é o caminho e a vida (Jo 8:31 e 32) - Jesus Cristo. Ele deixou claro que Deus quer restaurar este mundo, exterminando a cegueira humana para com Deus, para comigo, para com o/a próximo/a e para com a Criação.

IV - A Bíblia ensina

É com a Bíblia que verificamos este querer de Deus. Por mais verdadeira que seja a influência da cultura judaica ( e oriental) nos relatos bíblicos, a verdade de Deus sempre sobressaiu. Verifica-se isto ao lermos a Palavra como um todo, culminando com o ensino de Jesus. Frente aos desafios de restauração do mundo, mulheres e homens negaram-se a si mesmos/as e seguiram ao Pai. Claro que sabemos muito mais das figuras masculinas, dada a visão masculina do mundo e do poder. Mas Deus nos deixou, por escrito, a atuação de várias mulheres também, e as mais diversas possíveis:

1. Governadora do mundo - Gn 1: 26 a 31;

2. Mãe de uma nação tão numerosa quanto são os grãos de areia (Gn 12);

3. Mulheres em busca de justiça e dignidade (Nm 25)

4. Mulheres que enganaram o todo poderoso governador / presidente / Faraó do Egito, por meio de ações políticas planejadas: Exo 1:15 a 22 (as parteiras e a mãe de Moisés)

5. Mulheres guerreiras, à frente de um exército - Jz 4: 4 a 24;

6. Mulheres comerciantes, ativas no mercado de trabalho (Prov. 31 e Atos 16:11 a 15);

7. Mulher do "povão", que, em estratégia política, engana o poder político vigente e injusto (Josué 2:1 a 22) Junto a homens enviados por Deus;

8. Mulheres juízas e líderes do povo de Deus (Jz 4, Rm 161 a 16);

9. Mulheres que interferiram nas relações de poder entre maridos e líderes de exércitos, livrando da morte muitos/as inocentes (Ester 4 e 5; I Sm 25);

10. Mulheres que amaram mais a Deus que a opinião da sociedade quanto a elas (Lc 1:26 a 38);

11. Donas de casas ativas e colaboradoras, acolhendo e cuidando dos/as necessitados/as (At 9:36 a 46);

12. Mulheres de fé, que venceram os limites da raça e do preconceito e buscaram a Cristo (João 4:1 a 30; Mt 15:21 a 28);

13. Mulheres profetisas, que foram sustentáculo para a missão (Atos 21:7 a 13);

14. Mulheres que foram amigas e hospedeiras de Jesus Cristo, ainda que correndo riscos de perseguição (Marta e Maria - Lc 10:38 a 42);

15. Adolescente que anuncia o poder de Deus a um homem poderoso e guerreiro - ( II Rs 5 - a escrava de Naamã);

16. Mulheres poetisas, amantes da natureza e românticas. (Cantares; Jz 5:1 a 32 - Débora: Maria - Lc 1:46 a 55).

Estes são apenas exemplos da mulher missionária, atuando no mundo tal como Deus o deseja. A missão é uma e único é o Senhor que a confere e que ordena, a mulheres e homens: "Ide..." (Mt 28:18 a 20).

IV - Conclusão

Prá fechar, nossa alegria por mulheres que são atuantes nesta nossa sociedade, fazendo diferença. Nesta nossa agenda da Confederação de Mulheres você saberá de muitas delas.

Tudo isto por uma única causa: viver a unidade mulher - homem no governo deste mundo, criado por Deus e doado a nós. Só assim o mundo conhecerá O CAMINHO, VERDADE E A VIDA.

Bispa Marisa de Freitas Coutinho

Citação:

1. REILLY Duncan, in Estudos Doutrinários do Metodismo, Revista de Escola Dominical - Em Marcha, Imprensa Metodista, S

2. TOURNIER, Paul - A missão da mulher, a mulher e o sentido da pessoa, SP, editora Vértice, 1988, pág. 142


Posts relacionados

Geral, por Comunicação

Aniversariante do Dia 24/11

  Ana Paula da Silva

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães