Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 25/02/2013

Coralistas da década de 70 reencontram na Igreja Metodista em Taubaté

"Separados pela distância, mas unidos pelo louvor a Deus"

A frase acima saudou os  participantes no encontro de  coralistas que faziam parte  do Coral Jovem da Igreja Metodista Central de Taubaté em 1971. O reencontro aconteceu 42 anos depois entre os dias 26 e 27 de janeiro deste ano.

Na década de 70 o coral se apresentou em várias igrejas,  dentre elas a Catedral Metodista de São Paulo, a Igreja Metodista de Campos do Jordão, onde participou do lançamento da pedra fundamental do templo atual, em 21 de abril de 1975, além de participar de eventos como o Dia da Bíblia, além de  representar a cidade  em um programa da TV Bandeirantes.  Em 1975,  gravou um LP com oito músicas. Veja o relato abaixo da coralista Leia Leite David.

"Inovador para sua época, o coral era dirigido e composto por jovens, que entoavam clássicos da música erudita religiosa, como Aleluia de Haendel, Innegiammo (coro da Cavalleria Rusticana) de P. Mascangi,  Pois um menino nos nasceu de Haendel entre outras.

O seu primeiro regente ,  Alexandre Costa  Leão, era estudante do ITA e, juntamente com seu irmão,  Ricardo Leão, o organista, era responsável  pelos arranjos e confecções das partituras, na época feitas em mimeógrafo, com uma cor para cada naipe, bem como por todas as adaptações feitas no teclado e na inédita pedaleira que continha um Dó extremamente grave, em torno de 16 Hz, inaudível ao ouvido normal, mas sensível, pois gerava a vibraçãoe no peito dos ouvintes.

Na época, o coral cantou em diversas igrejas,  dentre elas a Catedral Metodista de São Paulo, a Igreja Metodista de Campos do Jordão, onde participou do lançamento da pedra fundamental do templo atual, em 21 de abril de 1975, além de participar de eventos como o Dia da Bíblia,   na Praça Mons, Silva Barros, em Taubaté, na Câmara Municipal de Taubaté e  representou a cidade  em um programa da TV Bandeirantes.  Em 1975,  gravou um LP com 8 faixas.

Além de Alexandre, o coral teve outros regentes, dentre eles, David de Oliveira, que assumiu a regência quando Alexandre casou e mudou-se para Santa Catarina,  ao final de 1975. As atividades do coral continuaram até o início da década de 80 e ele teve diversas formações, com cantores de várias gerações.

Em 2012, integrantes do grupo inicial estreitaram os contatos, por meio das redes sociais,  e nasceu a idéia de realizar o encontro que ocorreu nos dias 26 e 27 de janeiro, na mesma Igreja metodista Central em Taubaté, onde tudo começou e cuja liderança acolheu carinhosamente a idéia.

Foi emocionante participar desse reencontro, onde se abraçavam colegas se não viam há mais de 30 anos, vindos do Rio de Janeiro, de Curitiba, São José dos Campos e de Taubaté mesmo, onde ainda residem muitos coralistas ;  a festa maior ficou por conta do reencontro com o regente Alexandre, seu irmão Ricardo e suas respectivas famílias: riso, lágrimas, abraços... o templo ficou pequeno para tanta pergunta, tanta conversa! O lanche, carinhosamente preparado pela Sociedade de Mulheres local , também foi um momento especial para colocar a conversa em dia.

Contida (a muito custo) a euforia inicial, o regente Alexandre cuidou pessoalmente dos detalhes técnicos e acertos com os músicos Ricardo Leão e Lucymary Leão (sua esposa) ,   postou-se à frente do grupo, levantou os braços em levare e o todos começaram a cantar como fazia há tantos anos atrás! Os agora senhores e senhoras, com idades entre 50 e 80 anos compartilhavam  novamente o mesmo entusiasmo e alegria, que os anos e  a separação não conseguiram apagar.

Assim foram os ensaios do sábado e domingo, muita benção e ministração, alegria e comunhão, festa mesmo!

No domingo à noite, a igreja ficou lotada e muito linda:  além da comunidade metodista, vieram  amigos e  familiares dos coralistas. Os pastores locais, Rev. Hamilton Wesley Leite e Rev. Clevering Torres também estavam presentes e a todos receberam com alegria para um culto abençoado, onde toda a liturgia foi feita pelo própria Coral Jovem e  a palavra trazida pelo regente Alexandre.

Um novo encontro já está sendo planejado para o próximo ano.
Glórias a Deus e só a Ele, que nos  inspirou nessa idéia e nos permitiu levá-la adiante!
"

Léa Leite David
Coralista e membro da Igreja Metodista Central em Taubaté



Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães