Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 28/10/2013

Coreia do Sul acolhe a 10 ª Assembléia do Conselho Mundial de Igrejas

O evento ocorre entre os dias 30 outubro a 8 novembro 2013 em Busan. O encontro irá definir a futura agenda do conselho, para eleger funcionários de governo e falar com uma voz pública em nome das igrejas. Também é um momento único para toda a comunhão de igrejas-membro a se unirem em oração e celebração. O tema da Assembléia, "Deus da vida, levam-nos à justiça e à paz" não é apenas um slogan para o evento, mas fornece um foco para a reflexão teológica, adoração e meditação, bem como para o planejamento de atividades programáticas, antes, durante e depois do encontro.
 
A participação metodista - 37 Igrejas Metodistas presentes em 60 países mais o Concílio Mundial Metodista são membros do CMI. Os/as metodistas são uma forte presença no movimento ecumênico historicamente: além de reconhecidos líderes de diversos processos relacionados ao ecumenismo mundial (também no âmbito latino-americano e brasileiro), três dos sete secretários-gerais do CMI desde 1948 até hoje foram metodistas (veja a lista e a biografia dos sete secretários).
 
A Igreja Metodista no Brasil, seguindo a vocação dos metodistas em todo o mundo, é membro-fundadora do CMI, tendo participado com um delegado na primeira assembleia, a de 1948, em Amsterdan/Holanda.  Na última assembleia do CMI em Porto Alegre (2006), a delegada leiga Magali do Nascimento Cunha foi eleita membro do Comitê Central do organismo, segmento formado por 150 representantes de igrejas e continentes, que se reúne para tratar da vida do conselho no interregno das assembleias. Ela representou a Igreja Metodista no Brasil e as igrejas-membro do CMI na América Latina no período juntamente com outros quatro membros (do Brasil, da Bolívia e da Argentina), tendo contribuído também com uma nomeação específica para a Comissão Especial de Consenso e Colaboração (diálogo entre protestantes e ortodoxos no comitê central).
 
O mandato se encerra na Assembleia de Busan, onde Magali Cunha participará como membro do Comitê Central que se encerra, na liderança de um grupo de estudo bíblico, na facilitação de uma das conversações ecumênicas e nas reuniões da comissão especial. A delegação da Igreja Metodista no Brasil para a Assembleia de Busan será composta pelos bispos Adonias Pereira do Lago e Stanley da Silva Moraes e Magali do Nascimento Cunha. Outros/as metodistas do Brasil servirão à Assembleia do CMI: o jovem Alexandre Quintino, da Igreja Metodista em Vila Mariana foi selecionado para participar como parte do staff ("steawards") que atuará nos serviços de apoio da assembleia; as Revdas. Rosângela Soares de Oliveira e Nancy Cardoso Pereira atuarão na Pré-Assembleia de Mulheres, nos estudos bíblicos e plenários temáticos.
 
O jovem Lucas Pereira do Lago se inscreveu e foi selecionado como participante subsidiado pelo CMI para o Trem da Paz e será também o assessor da presidência. 
 
Veja também:
 
 
 
 
 
 

Posts relacionados

Intercessão, Geral, por José Geraldo Magalhães

Semana de oração pela Estônia, Letônia e Lituânia

Nesta semana estamos em oração pela Estônia, Letônia e Lituânia . Você é convidado a fazer parte desse círculo de oração entre os dias 24 a 30 de agosto de 2014. Envolva sua Igreja e faça parte também desses momentos de oração em comum. Leve os motivos de ações de graças e intercessões nos cultos de orações de sua comunidade.

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães