Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 13/09/2013

Cultura novo

Mangá Messias

Mangá é história em quadrinhos no estilo japonês. Lá, a palavra mangá quer dizer apenas "gibi". Aqui, o conceito de mangá está vinculado ao estilo característico do desenho japonês, que faz grande sucesso entre crianças e adolescentes. Messias, lançamento da editora Vida Nova, é um mangá totalmente colorido que conta a história de Jesus baseando-se nos quatro Evangelhos. À forma atraente de apresentar o texto bíblico soma-se a preocupação didática: o pé da página traz as referências bíblicas de onde os diálogos são extraídos. Informações no site http://www.vidanova.com.br. Veja as fotos abaixo:

   

    Se Deus existe, por que há pobreza?

"Mãe, no céu tem pão?" Infelizmente, essa pergunta de um garoto cearense de quatro anos não sensibiliza boa parte dos cristãos. Ocupados em "ganhar almas", muitos não se importam que os "corpos" sejam perdidos para os efeitos nefastos da pobreza e da injustíssima distribuição de renda. O livro Se Deus existe, por que há pobreza? (da editora Reflexão) apresenta o pensamento do teólogo Jung Mo Sung sobre um dos temas mais negligenciados pela igreja. A pobreza é apresentada de forma desmistificada,  mediante a análise das causas e dos contextos sócio-econômicos, demonstrando que a miséria dos excluídos é apenas uma das mazelas dos seres humanos que produzem ou aceitam sistemas sociais e políticos excludentes. Diante dessa realidade, o autor apresenta a fé em Deus como o caminho para vivermos valores mais solidários e humanos na atual sociedade individualista.

 
 Nas páginas deste livro, você será convidado a repensar o mundo ao seu redor, e rever suas expectativas sobre pessoas e principalmente sobre Deus. "Quem ao menos sentir um aperto no coração está se deixando tocar pelo apelo divino e mantendo acesa a fé em Deus que é amor", diz o autor.

(fonte: blog de Sérgio Pavarini e site da Editora Reflexão, www.editorareflexão.com.br)

   E assim se passaram 80 anos...

 O que eu quero

É contar para todos a vitória de viver 80 anos

Foi nesta confiança

Que andei, lutei, alcancei

Vôos altos, belos sonhos

Acalentados desde dia de criança

 

Meus versos, tão singelos

Sem métrica e pobres de rimas

São meus jeitos de expressar

As falas que vêm da alma

 

Não sou Cora-Coralina

Quisera ter seu saber

Se seus versos são poemas

Os meus são simples falas

Que brotam do coração

 

Espero que leiam minha prosa

E os meus versos de "pé quebrado"

São lembranças do meu passado

Histórias do meu presente

E desde já, obrigado

E assim começa o livro de Nilda de Araújo Werner, 80 anos de idade, membro da Igreja Metodista do Catete, Rio de Janeiro. Suas poesias registram memórias da vida familiar e da Igreja, onde tem atuado com amor, dedicando-se especialmente às pessoas que a sociedade exclui: por mais de 30 anos, Nilza e seu esposo, Jairo, dedicaram-se ao trabalho voluntário no Lamag, Lar Metodista Ana Gonzaga. Informações

Nilda Werner

Rua Lauro Muller, 96 apto ?

Botafogo, Rio , RJ

Tel.: 21-2541-1113

 

Veja mais dicas de livros aqui


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

444