Publicado por Comunicação em Geral - 27/07/2023

Edital de Convocação - Exame para Ingresso na Ordem Presbiteral 2023

 

BAIXE O EDITAL EM PDF   |   BAIXE A BIBLIOGRAFIA EM PDF

 

O Colégio Episcopal convoca os candidatos e candidatas à Ordem Presbiteral para realização de Exame para Ingresso na Ordem Presbiteral, para o dia 17 de novembro de 2023 – sexta-feira, das 13:00 às 17:00 horas, horário de Brasília, no local estabelecido pela Comissão Ministerial Regional. Esta exigência contempla os artigos canônicos 27, item V, 119, item XIII e 92 § 3º, o Regulamento da Ordem Presbiteral e as Normas do Exame da Ordem Presbiteral.

Fica estabelecido para o exame da Ordem Presbiteral, o que segue:

 

I - OBJETIVOS GERAIS

 

  • Verificar a capacidade interpretativa e cognitiva do/a candidato/a, bem como a sua sensibilidade de contextualização à luz da realidade, a partir do seu conhecimento bíblico, teológico, pastoral e canônico, conforme a tradição wesleyana;
  • Estimular o/a candidato/a ao Exame da Ordem a vivenciar uma experiência de aprender a aprender, no contexto de uma sociedade que sofre profundas transformações;
  • Pontuar que o Exame da Ordem é uma oportunidade de refletir e encarnar o modelo de vida pastoral à semelhança de Jesus Cristo, o Bom Pastor, sendo mais do que um Exame para ser aprovado no período probatório à Ordem Presbiteral. 
  • Averiguar através do exame que as marcas essenciais do ministério presbiteral estão presentes em seu conhecimento e experiência.  O discurso de Paulo aos presbíteros de Éfeso (Atos 20.18-35) oferece-nos os elementos essenciais do ministério apostólico. Eles tinham sido constituídos “epíscopos”, à frente de uma igreja, recebendo a tarefa de pastorear o conjunto do rebanho a eles confiados (cf. 20.28);
  • Constatar se o/a candidato/a expressa uma espiritualidade presbiteral (pessoal e comunitária), reconhecendo que, como Paulo,  recebeu do Senhor “poder” e “autoridade” para edificar o Corpo de Cristo e não para destruir (2 Co 13,10; 10.8 e 1 Co 4.20).  
  • Diagnosticar se oa candidatoa está habilitado ou não a fazer parte da construção do carisma da Ordem Presbiteral.

 

II - METODOLOGIA DE APLICAÇÃO, CORREÇÃO E AVALIAÇÃO.

 

Metodologia de aplicação do Exame da Ordem:

  • A Comissão Ministerial Regional divulgará o local em que o exame será realizado;
  • A Comissão Ministerial aplicará o exame encaminhado pelo Colégio Episcopal; 
  • O/a candidato/a poderá consultar a bibliografia indicada (impressa ou em forma digital) que estiver consigo no horário da prova. O material é de uso exclusivo do/a candidato/a, não sendo permitido empréstimo ou permuta do mesmo. Caso o material esteja em forma digital, deverá ser utilizado notebook do/a próprio/a candidato/a. Não será permitido o acesso à internet, sob pena de desclassificação do/a candidato/a. 
  • Os/As candidatos/as portadores de deficiência visual serão avaliados com a utilização de recursos que serão especialmente desenvolvidos para este fim, pela Região Eclesiástica.
  • O tempo de duração da prova - 4 horas.
  • Terminado o tempo limite para o exame, a Comissão Ministerial lacrará o envelope com todos os exames (de candidatos/as e a cópia da comissão) e o encaminhará ao Colégio Episcopal, aos cuidados do Secretário de Vida e Missão;
  • A Comissão Ministerial Regional coloca em seu arquivo a lista de assinatura dos candidatos que fizeram a prova;
  • O Secretário de Vida e Missão entregará o envelope lacrado para a Comissão Nacional de Avaliação do Exame da Ordem Presbiteral no dia de sua reunião de avaliação.

 

Metodologia de Correção e Avaliação do Exame da Ordem:

  • A Comissão Nacional de Avaliação do Exame da Ordem Presbiteral é composta por 8 (oito) Presbíteros/as designados/as pelo Colégio Episcopal, que se reunirá em data a ser convocada pelo Colégio Episcopal;
  • A Comissão Nacional de Avaliação do Exame da Ordem Presbiteral, procederá à correção das provas e concederá a cada candidato/a uma nota de 0 (zero) a 10 (dez).
  • Terminado o seu trabalho, a Comissão Nacional de Avaliação expede um documento com as notas de cada candidato/a. O documento original fica arquivado na Sede Nacional e cópias serão encaminhadas aos bispos e bispas.
  • Notas do Exame da Ordem Presbiteral 

 

A nota do Exame da Ordem Presbiteral da Igreja Metodista será dada conforme segue:

Primeira nota (N1): Nota do Exame para Ingresso na Ordem Presbiteral (escrito), conforme Edital.

Segunda nota (N2): Nota dada pela Comissão Ministerial Regional, considerando todos os eixos de sua rotina de acompanhamento do/a candidato/a, conforme Regimento da Comissão Ministerial Regional. 

Cada uma das duas notas será de 0 (zero) a 10 (dez). 

 

  • Critério para aprovação no Exame da Ordem Presbiteral

        Para auferir a nota final, a Comissão Nacional de Avaliação do Exame da Ordem fará o seguinte cálculo:    

        (N1 x 7) + (N2 x 3) = NF (Nota Final)

        NF maior ou igual a 6 – Habilitado

        NF menor ou igual a 5,9 – Não Habilitado

        N1 ou N2 igual a 0 – Não Habilitado

  

 

As reuniões da Comissão de Avaliação do Exame da Ordem ocorrerão preferencialmente no modelo “on line”.

Se houver necessidade de reunião presencial, a mesma acontecerá na Sede Nacional, sendo que, a despesa de viagem será paga pela Região Eclesiástica ou Região Missionária. As despesas de hospedagem e alimentação correm por conta da Área Nacional.

 

   III – METODOLOGIA E CONTEÚDO PARA O EXAME.

 

O Exame será constituído de quatro  eixos:                

  EIXO I - HISTÓRIA DO METODISMO

Objetivo: Demonstrar o conhecimento do contexto do nascimento e desenvolvimento  do movimento metodista na Inglaterra, Estados Unidos, no  Brasil  até  sua autonomia.

Processo de Avaliação. O/a candidato/a responderá cinco questões relacionadas aos três ambientes históricos: Inglaterra; Estados Unidos e Brasil sendo três de múltipla escolha e duas questões serão dissertativas.

 

 EIXO II - TEOLOGIA DO METODISMO.

Objetivo: Expressar seu conhecimento e interpretação das principais doutrinas metodistas à luz da realidade da caminhada da Igreja.

Processo de Avaliação. O/A candidato/a deverá responder cinco questões sendo três de múltipla escolha e duas questões serão dissertativas.

 

          EIXO III -  GOVERNO DA IGREJA.

Objetivo: Demonstrar compreensão sobre a questão do Governo da Igreja, bem com sua autoridade e poder, para que possa construir uma vivência presbiteral marcada pelos valores de uma ética santificadora, onde relacione o exercício da autoridade pastoral no contexto de uma igreja em dons e ministérios.

Processo de Avaliação. O/A candidato/a deverá responder cinco questões sendo três de múltipla escolha e a duas questões serão dissertativas.

 

      EIXO IV  - MISSIONÁRIO - PASTORAL – GESTÃO ADMINISTRATIVA

Objetivo: Demonstrar sua habilidade com relação a consciência missionária, relacionando com o exercício múltiplo do ministério pastoral e desenvolvendo praticas saudáveis da gestão administrativa.

Processo de Avaliação. O/A candidato/a deverá responder cinco questões sendo quatro de múltipla escolha e duas questões serão dissertativas.

 

 

 

São Paulo, 26 de julho de 2023.

 

 

 

Bispo Adonias Pereira do Lago

Presidente do Colégio Episcopal


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães