Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 20/09/2013

Escola Dominical do CMA busca capacitação

Como toda garota da sua idade, Bruna Renata Xavier Oliveira tem sonhos e planos para o futuro. Quer ser médica, é fã do Ronaldinho Gaúcho, joga basquete na escola. O que a diferencia de outras adolescentes é que Bruna, 15 anos completados em maio, é professora de uma classe de 30 crianças na Escola Dominical do Ponto Missionário da Raiz, em Manaus. No ano passado, começou a alfabetizar, sozinha, um adolescente do seu bairro que tinha vergonha de freqüentar a igreja porque não sabia sequer pegar um lápis, e não conseguia acompanhar as atividades da Escola Dominical. 


Ao participar do curso de formação para professores (as) de Escola Dominical, promovido pela Coordenação Nacional de Educação Cristã (Conec) no período de 28 de abril a 1º de maio último nas dependências do Acampamento Metodista de Manaus, AM, Bruna teve a chance de conhecer técnicas de utilização de materiais alternativos na confecção de brinquedos, vivenciou jogos cooperativos, jogos de expressão dos sentimentos, ouviu sobre a teoria do planejamento e ainda teve a oportunidade de trocar idéias com 50 outros participantes.


Conforme relato da Revda. Maísa, superintendente distrital dos estados de Amazonas e Roraima, esta foi a primeira vez que um programa de capacitação para professores(as) de Escola Dominical foi desenvolvido naquele distrito. As pessoas que participaram do evento estavam muito motivadas a partilhar conhecimentos e experiências que facilitassem o dia-a-dia da Escola Dominical. Uma das participantes compartilhou que tem sido um grande desafio trabalhar com crianças e adolescentes que não têm uma origem familiar cristã. A formação escolar também é, em geral, muito precária e, por isso, a Escola Dominical deve proporcionar outras oportunidades de aprendizado para seus participantes, a partir da formação cristã e cultural.


Para o grupo de facilitadores(as) do curso, foi uma oportunidade não apenas de compartilhar conteúdos mas, acima de tudo, aprender muito com cada pessoa. Estiveram no programa Márcia Novaes, professora do Instituto Granbery; Fernando Fernandes, arte-educador e consultor nas áreas de aprendizagem e motivação organizacional; Rev. Oséias Barbosa da Silva, secretário-executivo da Coordenação Nacional de Educação Cristã; Ana Eloísa, redatora das revistas infantis e Rev. Fernando Marques, redator das revistas para juvenis, jovens e adultos. Além de uma visão geral dos conteúdos de prática de ensino e planejamento, o curso levou conteúdos direcionados para as faixas etárias que são atendidas pelas revistas da Escola Dominical.


Sem dúvida, a realização desse evento em Manaus reafirmou a necessidade da Igreja estar mais próxima dos Campos Missionários da Amazônia, não apenas para levar conteúdos, mas para acolher a riqueza cultural do norte do país, reconhecendo as experiências construídas pelos irmãos e irmãs nas regiões missionárias como uma das mais belas expressões da identidade de uma Igreja que crê na unidade expressa na diversidade.

 

Esta é a Bruna. Aos 15 anos de idade, ela foi uma das participantes do curso de capacitação de professores (as) da Escola Dominical: dá aula para 30 crianças do Ponto Missionário da Raiz, em Manaus.

O curso promovido pela Coordenação Nacional de Educação Cristã, Conec, teve cerca de 50 participantes, reunidos no Acampamento Metodista de Manaus.


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães