Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 20/09/2013

Estudo sobre religiosidade no mundo

Fonte: Agência Soma em 20/2/2008 - 11h19m

   Pesquisa realizada por uma fundação alemã que monitora o tema religião em dezenas de países constatou que o Brasil, Guatemala, e Indonésia são os países com maior número de pessoas que se consideram "profundamente religiosas".

Do outro lado, Rússia, Tailândia e França tem uma maioria que não dá grande atenção à questão religiosa na condução de suas vidas.
  
   O estudo foi realizado com 21.000 pessoas de 21 países. Os pesquisadores definem assim "fervor religioso": "As pessoas profundamente religiosas são aquelas para quem as idéias religiosas têm um papel decisivo em sua personalidade. Para elas, as experiências e comportamentos estão realmente iluminados pela religião". Os dados são da Religion Monitor, da Fundação Bertelsmann.
  
   A pesquisa classificou os crentes segundo o grau de religiosidade. Quando isto não foi feito, ou seja, sem levar em conta a graduação de seu fervor, Nigéria, Brasil, Índia e Marrocos foram os países onde há mais crentes (mais de 96% da população). Na Europa, a maior taxa se dá entre os suíços, italianos e poloneses, enquanto que a menor é de britânicos e franceses. No geral, os americanos são muito mais religiosos: 89% dizem ter fé, e 62% se consideram profundamente religiosos.

Fonte: www.agenciasoma.org.br


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães