Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 20/09/2013

GENEBRA 2

1.1. O Início

 

A Comunidade Cristã Latino-Americana de Genebra é a expressão atual de um sonho de muitos anos.

 

Seu início teve lugar a várias décadas, com a chegada de irmãos e irmãs latino americanos.  Naqueles anos, muitos tinham sido marcados pela experiência do exílio político, e tinham uma profunda semelhança teológica e emocional com o povo hebreu.  Assim, logo sentiram a necessidade de se encontrarem para compartilhar sua fé, se ajudarem e reviver em terras distantes a experiência da vida cristã.  A celebração, o culto, era a melhor forma de alimentar uns aos outros e também de expressar sua partinência como um povo de fé.

 

Contudo, as mudanças políticas na década de oitenta e as novas possibilidades democráticas na América Latina, permitiram a muitos irmãos e irmãs que viviam no exílio, retornar aos seus países. Porém, muitos optaram por permanecer em Genebra, e assim, começaram a consitituir-se em comunidades formais e a afirmar que pertenciam a igreja local baseada nos princípios bíblicos. Afirmaram-se parte do corpo criado pela graça de Deus, não como fim em si mesmo, mas como instrumento nas maõs de Deus para servir.

 

 1.2. A Evolução

 

Enquanto esta auto compreensão da comunidade se afirmava e a mesma se organizava como tal, um fenômeno sócio-econômico acontecia na América Latina e em Genebra: as crises econômicas. Estas levaram a um outro tipo de exílio, o não mais político, porém econômico.  Muitas famílias e jovens deixaram então seus países a fim de buscar no exterior uma oportunidade de vida melhor.  Estes eram os que denominamos ?migrantes econômicos?.

 

Vale ressaltar, que os exilados políticos se diferenciavam dos exilados ou migrantes econômicos.  Embora ambos almejassem até certo ponto, o retorno aos seus países, os primeiros possuíam a segurança do estatuto legal o que lhes fornecia maior segurança.  Mas, este não era o caso dos migrantes econômicos que na maioria das vezes viviam na clandestinidade. Foram esses que descobriram a CCLA e que lhe deram a personalidade que tem hoje em dia.

 

Atenta aos sinais dos tempos, a então nascente e crescente Comunidade Cristã soube discernir na nova realidade sócio-político e econômica, o desafio de ser uma casa aberta, compartilhando riscos e recebendo as bençãos com a chegada dos novos irmãos e irmãs.

 

 1.3.  Uma Comunidade aberta

 

A Comunidade Cristã Latino Americana de Genebra é uma comunidade , aberta e inclusiva, sensível aos problemas espirituais, sociais e políticos dos latino americanos em Genebra.  Nossos irmãos e irmãs, embora venham de denominações diferentes, entendem o Deus Criador e Redentor em Jesus Cristo, como o Deus de toda a criação. 

 

Somos Igreja porque vivemos em comunhão a experiência da conversão, da oração e a participação nos sacramentos. Declaramos nossa paixão pela envangelização do mundo, compartilhamos o Evangelho e colocamos nossas vidas ao serviço de Deus.  A proclamação da palavra de Deus e a administração dos sacramentos são o centro de nosso culto de domingo de nossos ministérios.

  

1.4.  A Igreja Metodista

 

Esta caminhada histórica da Comunidade Cristã Latino Americana tem sido feita junto a Igreja Metodista na Suíça.

 

Devido sua vocação fundamental,  e aberta ao próximo, a Igreja Metodista colaborou e incentivou o anúncio do Evangelho a todos os irmãos e irmãs.  Para uma melhor integração, foi necessário uma aprendizagem quanto a convivência com teologias, culturas e idiomas diferentes assim como uma introdução a nova realidade sócio-política e econômica, os migrantes econômicos e os desafios futuros.

 

Juntos, a Igreja Metodista e a Comunidade cresceram na riqueza ecumênica e concordam quanto:

 

A certeza de que nossa primeira lealdade é para com Deus.

 

            A unidade fundamental é em Jesus Cristo

 

A liberdade na diversidade de nossas expressões de fé

 

Ao amor fraternal presidindo as nossas relações

 

Acreditamos e esperamos que esta experiência seja um convite para as igrejas européias a redescobrir sua missão e ver uma vez mais, como Deus opera.

 

A Igreja Metodista na Suíça está considerando sua própria missão, ampliando a perspectiva de uma missão voltada para a diáspora das diferentes migrações que chegam a este país.

 

 

 2. Parte II - Os Valores da Comunidade Cristã Latino-Americana de Genebra

 

2.1. A Adoração e a Serviço de Deus

 

O primeiro valor da Comunidade Cristã Latino-Americana é o amor e a  adoração a Deus.  Este valor tem fundamento no primeiro e grande mandamento deixado por seu Filho, Jesus Cristo:

 

Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração,

de toda a tua alma e de todo o teu entendimento.

 

(Mt 22.37-38)

 

A adoração e a predisposição de servir a Deus requer amor e entendimento sobre o Pai e o que Ele espera da nós.A Igreja Metodista tem como modelo, a autoridade de Jesus Cristo, que veio para servir e não para ser servido.  Esta autoridade se impõe não pela lei mas pela graça, fé e comunhão em Cristo.

 

 

2.2. O Estudo da Palavra de Deus

 

O estudo da palavra de Deus contida no livro sagrado - a Bíblia - é o segundo valor da Comunidade Cristã Latino-Americana de Genebra. É o seu estudo que nos dá o conhecimento a cerca dos ensinamentos de Deus e de seu Filho, Jesus Cristo.  É o seu estudo que nos dá encorajamento e amplia o nosso entendimento. 

 

Na tradição metodista, John Wesley organizava classes com seus primeiros discípulos, formando assim, um grupo pequeno de apoio mútuo, de encorajamento para sua fé e de multiplicação da solidariedade. Nesses grupos estudava-se a palavra de Deus contida na Bíblia.  Da mesma forma, nossa comunidade realiza estudos bíblicos durante toda a semana em casas de irmãos e irmãs latino americanos em Genebra.

 

 

 .3. A Evangelização

 

A cidade de Genebra, na Suíça é o lugar no qual Deus nos chama para anunciar as boas novas do Evangelho aos nossos irmãos e irmãs latino-americanos.  Assim, a evangelização de pessoas é também um dos principais valores ou pilares de nossa comunidade. Somos chamados a tornarmos instrumentos de Deus na transformação de toda a vida  humana, a partir do anúncio do Evangelho de Jesus Cristo.

 

 

Acreditamos que o exemplo de uma vida cristã, o carinho e a atenção sincera àqueles que visitam nossa comunidade, que fazem parte de nosso convívio ou não, assim como a oração e o estudo da palavra de Deus são as melhores formas de se anunciar as boas novas do Evangelho.

 

 

 

2.4. A Celebração

 

O culto ou a celebração é o centro da nossa vida comunitária, e no qual buscamos uma interpretação evangélica que responda a nossa realidade.

 

É no culto que celebramos a adoração por Deus, reafirmamos nossos valores cristãos de amor mútuo, e onde somos educados na solidariedade, na colaboração e na criação de um espaço comunitário para todos.  Através da celebração, mantemos vivas nossas raízes cristãs.  A Santa Ceia, celebrada uma vez ao mês, nos lembra sempre que o sangue e o corpo de Jesus foram derramados e entregues por nós, para a nossa salvação. Celebrá-la é também um ato de agradecimento e de comunhão.

 

 

2.5. Os Dons e Ministérios

 

O Novo Testamento nos ensina que Deus dá talentos, carismas e potenciais para cada indivíduo de forma que possam contribuir à riqueza total do corpo de Cristo - a Igreja -, da comunidade e da fé.  A tradição metodista reconhece a existência desses dons, os celebra e tem organizado a vida das comunidades de tal modo que possam ser coordenados para o benefício da totalidade.  

 

Atualmente, há em nossa comunidade, ministérios de leitura, louvor, estudo bíblico, grupo de jovens, liturgia, escola dominical e coordenadores de grupos específicos.  A celebração dos cultos, contudo, ainda é restrita ao pastor ou pastora, por não existir ainda talentos desenvolvidos para exercer esta atividade.   Assim, a Comunidade Cristã Latino-Americana de Genebra dará continuidade ao desenvolvimento de grupos inter-relacionados com o objetivo de criar espaços onde o pastor, pastora ou líder acompanhe, facilite, motive e demonstre os meios para o desenvolvimento de dons e ministérios, segundo a palavra e vontade de Deus:

 

Sabemos que tudo coopera

para o bem daqueles que amam a Deus,

daqueles que são chamados segundo seu propósito.

 

(Rm 8.28)

 

Embora já existam alguns ministérios formados na Comunidade Cristã Latino-Americana de Genebra, há também sinais de formação de novos ministérios necessários ao desenvolvimento de nossa comunidade, como por exemplo, os ministérios vocacionais.  Nossa comunidade não tem muitos anos de existência, porém, está aberta a que haja chamados de vocação pastoral entre os membros da comunidade e os encoraja a empreenderem em uma formação teológica.  Pois, assim como na vida profissional, onde o indivíduo necessita se preparar através de estudos e estagiar para aprender a executar o serviço, os ministérios também requerem preparo e aptidão.

 

 Neste ano de 2005, pudemos inaugurar novas Comunidades nas cidades de Bienne, Berna e Olten, além das duas Comunidades já existentes em Genebra: Comunidad Cristiana Latinoamericana en  Ginebra (hispana) e Comunidade Cristã Latino-americana em Genebra (brasileira)  e outra  Comunidade na cidade de Lausanne.  Ao todo somos 6 Comunidades  servindo aos imigrantes que vivem na Suica. 80% destes imigrantes estão  sem documentos, portanto, vivem clandestinamente.

 

1.2. Continuamos mantendo todos os sabados, na Rádio Citè de Genebra, 92.2 FM,o programa "Presenca Latina", apresentado em português e espanhol, em dois horários: 11h40 e 19h30. 

 

1.3.  Nossas maiores dificuldades: estando em 5 cidades diferentes, temos que viajar semanalmente 1.250 kms . Não tendo veículo adequado, utilizamos o trem.

 


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães