Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 13/09/2013

IMED

Rede preocupada com número de matrículas no ensino superior

Crise econômica é principal responsável pela inadimplência e evasão; oferta de cursos nas IMEs deve ser avaliada As unidades da Rede Metodista que oferecem curso superior estão concluindo os processos de seleção e de matrículas para ingressos no 2º semestre e devem ter nos próximos dias os números finais dos alunos. Há, entretanto, uma preocupação das IMEs com o fato de que a quantidade de calouros deve diminuir em comparação com o mesmo período do ano passado.

"Estamos acompanhando as informações que nos chegam e certamente o cenário será diferente daquilo que desejávamos", comentou o presidente do CONSAD, Wilson Zuccherato. Na sua avaliação, as consequências da crise econômica estão se concretizando no segmento educacional mais fortemente agora, "com a queda do número de ingressantes e até a inadimplência, que é um passo anterior à evasão". Ele acrescentou que esse quadro está alcançando indistintamente todas as instituições de ensino, incluindo as escolas metodistas.

A situação está levando as instituições metodistas a olharem com mais atenção os cursos que estão sendo ofertados, bem como a manutenção daqueles cuja procura tem diminuído consideravelmente. Para o diretor-geral da Rede Metodista, professor Marcio de Moraes, essa é uma discussão que precisa ser feita, especialmente para superar os desafios hoje encontrados entre as IMEs. "Há casos de profissões que estão em declínio e até mesmo em extinção, por isso o interesse dos que aspiram ao ensino superior diminui, do mesmo modo que outras estão surgindo, e nós temos que acompanhar esses movimentos", chamou a atenção.

Ele informou que está sendo feita uma pesquisa com todas as IMEs e com as concorrentes para perceber como está o desempenho delas e também ajudar a apontar novas profissões que devem merecer o foco da Rede. "Precisamos refinar o nosso portfólio de cursos", resumiu.

Educação a distância deve ser olhada com atenção pela Rede Em tempos de se buscarem novas possibilidades de atuação no ensino superior, a modalidade a distância se apresenta com grande potencial. Essa é a opinião do diretor-geral da Rede Metodista de Educação, professor Marcio de Moraes, para quem o assunto deve ser tratado com atenção. A seu ver, a EAD vai ao encontro, até mesmo, de valores confessionais defendidos pelos metodistas.

- Acreditamos que devemos contribuir para o acesso ao ensino superior, e estamos certos de que essa modalidade abre caminhos para isso - analisa. Ele acrescentou outras vantagens que os cursos a distância oferecem, como a flexibilidade de horário aos alunos, bem como a comodidade de que cada um estabeleça o local de seu estudo, além de preços mais acessíveis. "Isso significa maior e dedicação, e exige sim enfoque especial numa relação de ensino-aprendizagem mais significativa ", lembrou.

Moraes chamou a atenção para o fato de que os avanços experimentados a cada dia quanto às novas tecnologias de comunicação e informação abrem possibilidades até então desconhecidas para o ingresso ao ensino superior. "Aliás", ressaltou, "não apenas ingresso mas também retorno, já que diversos alunos buscam essa modalidade para uma segunda graduação". O diretor-geral considera que a educação a distância está repleta de oportunidades na Rede Metodista, isso porque uma das unidades, a Universidade Metodista de São Paulo, já vem vivenciando com sucesso a experiência.

Apesar de os cursos de EAD na Metodista terem sido lançados no segundo semestre de 2006, discussões, debates, análises, visitas e tantas outras ações aconteceram desde os idos de 1990, o que permitiu o estabelecimento de competências para enfrentar esse desafio. Em três anos, já são mais de dez mil alunos distribuídos em 37 polos por 14 estados brasileiros e Distrito Federal e 16 cursos oferecidos. O IPA, o Instituto Izabela Hendrix e o Instituto Bennett já têm incluído em sua proposta pedagógica o ensino a distância nas disciplinas semipresenciais, e o IMED participa de forma articulada com a Universidade Metodista de São Paulo.

 

Rede Metodista de Educação

Assessoria de Imprensa


Posts relacionados

Missionária, Geral, Expansão Missionária, por Sara de Paula

Congresso Bi-Regional 5° e 8° RE

O evento acontece em Piracicaba no mês de setembro e conta com preletores internacionais

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães