Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 20/09/2013

Indígenas

 

Francelina foi para o espaço urbano em busca de estudo para contribuir na melhoria da vida de seu povo. Fez o ensino médio, a graduação e pós-graduação na cidade. Hoje ao ser questionada sobre sua identidade, diz: "...sou Terena, porque cresci assim, numa família que me fez sentir Terena.  Sempre me afirmo como índia Terena em qualquer lugar..."   Francelina  da Silva  Souza, Terena da aldeia de Jaguapiru, Dourados/MS

 

De 14 a 20 de abril, o GTME, Grupo de Trabalho Missionário Evangélico, promove Campanha Semana dos Povos Indígenas 2008, com o tema ?Povos Indígenas em Espaços Urbanos?. A presença de indígenas em espaços urbanos é fato recorrente em todas as capitais e muitos municípios do interior do Brasil. O IBGE registra a presença de 350 mil indígenas em cidades. Suas motivações e necessidades são diversas, assim como diferentes são as dificuldades enfrentadas e as conquistas alcançadas. Diante dessa realidade, o GTME alerta: para muitas pessoas, falta perceber as cidades como um "lugar de todos" e, portanto, multicultural.

 

Para estudar a Cartilha Povos Indígenas em Espaços Urbanos CLIQUE AQUI.


Posts relacionados

Geral, por Sara de Paula

Dia Mundial da Terra, 22 de abril CMI lança nova ferramenta de apoio ao engajamento dos jovens

Depois de lançar em 2020 o artigo de pesquisa Cooler Earth - Higher Benefits: Actions by those who care about children, climate and finance (Terra Mais Fria - Maiores Benefícios: Ações de quem se preocupa com as crianças, clima e finanças), o Conselho Mundial de Igrejas (CMI) está lançando uma ferramenta para ser usada online ou impressa, incentivando os jovens a promover escolhas financeiras em resposta à crise climática.

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães