Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 30/01/2012

Mais de 200 líderes juvenis participam de capacitação nacional

Veja o álbum de fotos AQUI!

Juvenis da Igreja Metodista vieram de todo o país para participar da Caliju, Capacitação de Liderança Juvenil. O encontro aconteceu nesse final de semana nas dependências da Faculdade de teologia em São Bernardo do Campo reunindo 230 adolescentes.

Ana Carolina Nicolau de Oliveira de 17 anos, não vai guardar o aprendizado só para sí. “Além de ver todos os amigos, vou repassar para a igreja e para os sd’s o que aprendi aqui. Recebi muito de Deus”.

O Carlos Wesley de Oliveira, Presidente da Federação da Quinta Região Eclesiástica, pensa mais além. “Esse encontro nos proporciona uma expectativa muito grande para a Juname – Juvenília Nacional Metodista,  é muito bom! Estamos batalhando para arrecadar fundos e meios para enviar o máximo de juvenis em Sumaré no meio do ano,  mas sei que vai valer a pena no final”, diz empolgado.

Para o Diretor Administrativo da Faculdade de Teologia, Rev. Otoniel Luciano Ribeiro, é preciso investir nessa liderança juvenil. “Desde o primeiro momento em que o Reitor levou a proposta para sediar o evento, eu disse que temos que investir nessa liderança sem medir os custos. Esse investimento que a Fateo faz em receber os juvenis da nossa Igreja nos faz pensar no futuro da Igreja. Não podemos pensar nos recursos, mas sim em abrir portas para pensar numa liderança e vencer os desafios na vida da Igreja”, diz com sensação de dever cumprido.

Estrutura - A Secretária Executiva para a Vida e Missão da Igreja, Revda. Joana D’Arc Meireles, esteve no encontro e falou um pouco sobre como funciona a parte administrativa da Igreja Metodista, além da motivação do encontro para cada juvenil. "A capacitação não é somente para o grupo societário, mas para a vida. Estimulá-los em assumir a responsabilidade de ser Igreja na comunidade onde vivem e convivem. Na minha percepção, não é seguir carreira na Igreja, mas motivar os adolescentes em assumir os ministérios na Igreja Metodista em todas as dimensões", explica a pastora. 

De acordo com a Revda. Joana D'Arc, é na Igreja local  que acontece a missão e vocação.  "É importante motivá-los para assumirem responsabilidades enquanto sociedades de juvenis para participarem da parte administrativa, como por exemplo, a Coordenação Local  de Ação Missionária, CLAM e outras instâncias da Igreja", conclui.  

O juvenis receberam o Novo Testamento e puderam aprender sobre a dinâmica da Igreja e responsabilidades do Colégio Episcopal, além de conhecerem as seis ênfases do Plano Nacional Missionário.

Desafios - Evelyn Silva Ferreira de Santo André, SP, tem 11 anos, também participou. “O Caliju foi muito abençoado. As palestras foram muito boas, falavam muitas coisas que eu não sabia. Gostei muito da pregação sobre a vida eterna.

Larissa Pinheiro da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro,  também conta como foi sua participação. “Primeira vez que participo, mas estou sentido muito o mover de Deus. A união e atitude. Creio que Deus quer a fé, mas também nossa atitude de colocar em prática nosso aprendizado”, conclui.

A Conselheira Nacional de Juvenis, Eliana Campos Leite Zapparoli, faz um balanço positivo do evento. "Esse encontro é de capacitação para que eles possam dar  continuidade nas federações e igrejas locais. No encontro discutiu-se muito sobre a vida eterna, o compromisso dos juvenis de fazer discípulos de todas as nações", diz.

O evento acontece a cada dois anos com o objetivo de capacitar a liderança juvenil da Igreja Metodista. O desafio agora é a Caliju Regional que acontece em cada Região Eclesiástica e a Juname em Sumaré, SP, no meio do ano.

Rev. José Geraldo Magalhães

Veja o álbum de fotos AQUI!


Posts relacionados

Geral, por Sara de Paula

505 anos da Reforma Protestante

O “espírito” que move os movimentos de reforma, no contexto eclesial, tem relações históricas com a necessidade percebida de ajustar os rumos presentes e futuros da comunidade de fé, à luz de suas raízes originárias, à luz do Evangelho de Cristo e dos desafios da realidade.

Geral, Escola Dominical, por Sara de Paula

Liturgia para o Dia das Crianças 2021

Esta liturgia foi preparada para ser dirigida pelas crianças de sua comunidade. Por isso, sugerimos que organize as leituras e cânticos com as crianças de forma que todas elas participem de cada momento do culto. 

Geral, por José Geraldo Magalhães