Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 15/12/2011

Metodismo platinense comemora 80 anos de fundação

O amor a Deus e ao próximo já quebrou barreiras transculturais; a missão local Metodista Platinense atende a cidade, a região e já atingiu nível mundial

No mês de dezembro, a Igreja Metodista Central de Santo Antônio da Platina  comemora 80 anos de fundação, um marco para a instituição. Nessas oito décadas muitos fatos aconteceram. Vidas foram libertas, restauradas e experimentaram a novidade de vida que Jesus oferece. Tudo isso graças aos 1082 membros que a igreja possui divididos em 27 ministérios atuantes. Em cinco anos a igreja teve um aumento considerável de fiéis. Um crescimento de 50% em quatro anos. De 2008 até hoje, somente a Igreja Metodista Central de Santo Antônio da Platina recebeu 363 pessoas.

No culto comemorativo realizado no dia 4 de dezembro, no Clube Platinense, um fato inédito marcou a celebração de 80 anos do metodismo platinense: a presença do pároco católico local. Frei Daniel Heizen estava muito emocionado em fazer parte das comemorações. “ Esse é um dia histórico, não só para a Igreja Metodista, mas principalmente para mim. Em que posso ver unidos cristãos romanos e metodistas com um único propósito, louvar o nome de Jesus”, diz ele. “Percebemos com essa iniciativa que é muito mais importante ficarmos unidos por aquilo que nos une do que nos separar pelas diferenças”, acrescenta.

Já o Bispo João Carlos Lopes em suas palavras iniciais pela comemoração dos 80 anos do metodismo platinense parafraseou com muita alegria o texto do  apóstolo Paulo do livro de Tessalonicenses. “Damos sempre graças a Deus por vós todos, fazendo menção da Igreja Metodista em Santo Antônio da Platina. Uma igreja cheia de poder do Espírito Santo de Deus e de muito amor. Uma igreja que se doa e é exemplo para muitas outras igrejas do Paraná e Santa Catarina. Isso é uma responsabilidade muito grande, mas também é uma enorme alegria”, disse.

Completar 80 anos de metodismo, de acordo com o bispo João Carlos Lopes, é um feito que está diretamente relacionado com a obediência de homens e mulheres que ouvem  a voz de Deus e a praticam. 

Avanço Missionário - Os cidadãos platinenses contam atualmente com a Igreja Central de Santo Antônio da Platina. Da igreja mãe originaram-se vários pontos e campos missionários. O projeto Bóia Fria e o Recanto Feliz são dois exemplos que  tornaram-se igrejas consolidadas. A área rural platinense também é agraciada. Existem seis pontos missionários que levam a palavra de Deus para os moradores das redondezas que são: Fazenda Nova Flórida, Pedra Branca e Ribeirão Bonito, Sítio Bem-Te-Vi, Monte Real e Barra Mansa.  Na cidade outros dois campos missionários encontram-se em fase de consolidação – Platina e Vitória Régia. A região do Norte Pioneiro do Paraná também é atingida com esse avanço missionário.  As cidades de Jundiaí do Sul, Joaquim Távora e Wenceslau Bráz também possuem igrejas que se consolidaram e propagam o evangelho expandindo o reino de Deus.
A Igreja Metodista Central de Santo Antônio da Platina desenvolve também algumas parcerias missionárias transculturais. Países da América Latina como Paraguai e Peru já foram visitados. No continente Europeu a missão chegou até a Suíça. Em 2012 o avanço missionário vislumbra a implantação de uma igreja em Pedro Juan Caballero.

Discipulados - Em meio a todo esse avanço missionário um fato chama a atenção: os 42 grupos de faróis de discipulado. O trabalho teve seu início em 1996, no pastorado de Márcio Aurélio Souza e Silva, como conta a coordenadora Wagnilda Ribeiro. “Comecei com um grupo na casa do Sr Nilton Marcos e um na casa da Denise. Quando pastor Fernando César Monteiro chegou demos outra forma para os grupos e isso segue até hoje", explica..  Dentre as atividades realizadas, além das reuniões semanais que marcam o encontro de seus líderes com seus liderados, um retiro mensal para capacitação dos líderes é feito para que eles também recebam o alimento espiritual. “Ninguém dá aquilo que não tem. Todos nós precisamos receber de Deus. Isso é uma constante na vida de um cristão", frisa.

Ensino da palavra e amor ao próximo -  Lá atrás, em 1931, quando tudo começou a Escola Dominical foi a atividade que deu o pontapé inicial aos trabalhos metodistas platinense. Num domingo durante as atividades da Escola dominical a Igreja Metodista em Santo Antônio da Platina  foi fundada. Forte como era ela permanece até hoje. Todos os domingos as salas de estudo, coordenadas por Silvana Domingues de Almeida Chagas, recebem em média 350 alunos de diferentes faixas etárias.

Desde o final do mês de agosto de 2008, um grupo de missionários reúne-se toda sexta-feira com os trabalhadores rurais para colocar em prática o projeto `Missão Amanhecer´´, que consiste na realização de cultos evangelísticos dentro dos ônibus dos trabalhadores rurais.

Às 5h30 eles chegam, minutos antes dos bóias-frias tomarem a condução que os transporta para as lavouras da região. O grupo, que conta atualmente com quase 30 missionários, se subdivide, adentra os ônibus cantando louvores, fazendo a leitura de um texto bíblico. No final uma oração, abençoando o dia de trabalho, a família e a saúde de cada um dos trabalhadores rurais é realizada e eles seguem o trecho com destino as lavouras da região.

Com o período da entressafra o número de veículos atendidos cai. “Mas na época da safra já atendemos 60 ônibus de uma única vez. Este ano estaremos iniciando um ponto missionário no bairro Aparecidinho 3, justamente para atender esses trabalhadores rurais, conta a funcionária pública Silvana Domingues de Almeida Chagas, coordenadora do projeto.

A Missão Amanhecer é fruto de um discipulado iniciado no Jardim São João, periferia da cidade e tem feito diferença na vida dos trabalhadores.

Em 2010, os trabalhadores rurais foram capacitados profissionalmente para se prepararem para os reflexos da mecanização agrícola. Fator que tem afetado não só o Norte Pioneiro do Paraná, mas todo o Brasil. “No ano passado mais de 200 trabalhadores rurais perderam seus empregos por conta da mecanização agrícola e nós, enquanto igreja, não podemos desamparar essas pessoas que já estavam passando dificuldades financeiras”, diz Silvana.

Dia a dia em sintonia com os ouvintes da Difusora Platinense AM 1050, o Programa Bom Dia com Jesus, leva a palavra de Deus para 40 municípios, alcançando um raio de 70 km e atingindo 500 mil habitantes com a mensagem evangelística transmitida ao vivo. O projeto durante dez anos foi esperado em oração. Em 2007 começou a ser realizado e todas as manhãs a palavra de Deus é pregada.

Todos esses trabalhos não estariam fortes e atuantes na ministração da palavra sem as orações e jejuns do Corpo de Cristo. Por esse e por muitos outros fatores a Igreja de Santo Antônio da Platina comemora seus 80 anos com vigor, alegria e muito amor.  Ebenezer.  Até aqui nos ajudou o Senhor.

Kalinka Amorim


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães