Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 20/09/2013

Metodistas assinam doutrina da justificação

 

Fonte: Agência Latinoamericana e Caribenha de Comunicação *

O presidente do Pontifício Conselho para a Unidade dos Cristãos, cardeal Walter Kasper, e o secretário geral da Federação Luterana Mundial (FLM), pastor Ishmael Noko, foram acolhidos, no domingo, 23, pela Conferência Mundial Metodista, reunida em Seoul, para a cerimônia de adesão à Declaração Conjunta sobre a Doutrina da Justificação.

O documento, que reconhece a importância da Doutrina da Justificação pela fé, um dos pilares da Reforma protestante, foi assinado por católicos e luteranos em 31 de outubro de 1999, em Nürenberg, Alemanha. Agora, também os metodistas acolheram o documento. A Conferência Mundial Metodista está reunida em Seoul, de 20 a 24 de julho.

A doutrina da justificação por graça e fé, na qual o reformador Martim Lutero ancorou a sua teologia, não é uma particularidade de luteranos e católicos, mas ela pertence à Igreja universal e é um grande potencial para a unidade dos cristãos, declarou Noko para o serviço de imprensa da FLM. O documento revoga as condenações mútuas de parte a parte, entre católicos e protestantes.

Noko espera que, pelo trabalho ecumênico, a significação central do presente que Deus concede à humanidade por graça seja um ponto de encontro para a unidade da Igreja. O documento representa o reconhecimento de católicos, luteranos, e agora também de metodistas, em torno de verdades fundamentais contidas na doutrina da justificação por graça e fé. 

Católicos e metodistas travam diálogos bilaterais há 40 anos. O primeiro encontro da comissão mista católica-romana e metodista aconteceu nos dias 15 a 19 de outubro de 1967, em Ariccia, Itália, e versou sobre a santificação e a cooperação prática. A última reunião da comissão teve lugar em York, Inglaterra, em outubro de 2003, e tratou de analisar como católicos e metodistas enxergam e interpretam suas eclesiologias.

O Conselho Mundial Metodista congrega 76 igrejas de tradição wesleyana de mais de 100 países. Bispo Paulo Lockmann foi eleito vice-presidente do encontro.

* A ALC é uma agência ecumênica que oferece informação e análise aos meios de comunicação religiosos e seculares sobre a realidade socio-eclesial na América Latina e outras regiões do mundo. ALC é uma iniciativa de Luteranos Unidos em Comunicação (LUC), Conselho Latinoamericano de Igrejas (CLAI), Associação Mundial para a Comunicação Cristã (WACC-Região América Latina) e Conselho de Igrejas Evangélicas Metodistas da América Latina e Caribe (CIEMAL).

Saiba mais sobre a doutrina da justificação lendo alguns sermões de Lutero no site da Comissão Interluterana de Literatura. Clique aqui

LEIA TAMBÉM: LUTERANOS, CATÓLICOS E METODISTAS ASSINAM DOCUMENTO HISTÓRICO

 

 

 

 

 

 


Posts relacionados

Geral, por Sara de Paula

Jornada de oração pelos migrantes

A Rede Esperanza sin Fronteras, Visão Mundial, Tearfund Brasil, Aliança Evangélica Brasileira, Igreja Metodista, Juntos pela Venezuela, Como Nascido entre Nós e outras organizações parceiras convidam você para a JORNADA DE ORAÇÃO PELOS MIGRANTES - Uma Igreja que que acolhe.

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães