Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 13/09/2013

Muito pode por sua eficácia a súplica do justo

Da Redação

Metodistas se unem na tarde desta sexta-feira, às 14h, para um momento de oração pela cidade do Rio de Janeiro. O gesto foi em resposta a um ato solidário em resposta à convocação do Bispo metodista da capital carioca, Paulo Lockmannn, devido os acontecimentos de violência que já duram cinco dias. Esse ato de fé foi realizado pelos metodistas da Catedral Metodista do Catete no Rio, na Sede Nacional da Igreja Metodista em São Paulo e  a Sede Regional da 3ª Região Eclesiástica da Igreja Metodista, em Vila Mariana, além de milhares de pessoas que fazem parte das redes sociais: Twitter e Facebook do metodistabrasil.

Para Claudio Vinicius Moreira Marques, que recebeu o notificado pelo Facebook metodistabrasil, ele acredita "que devemos orar, não só pelo Rio de Janeiro, mas tambem por todo o Brasil, porque a amostra está terrivel e os acontecimentos podem se espalhar.Deus é Poderoso e não deixará que nada de mal nos atinja". Luze Machado , também do facebook concorda e pede "que as pessoas sejam mais humanas"

O objetivo, segundo o bispo daquela região, Paulo Lockmann é  fazer uma convocação geral para um clamor a Deus pelo Rio. "Queremos mostrar para a sociedade que o povo de Deus resiste a qualquer ato de violência", explica Lockmann.

O bispo ainda solicita que os distritos do Rio de Janeiro façam plantões de oração, ou mesmo um ato conjunto com as igrejas mais próximas, para clamarem em favor da paz e de resistência as forças do inferno.

O Rio de Janeiro já soma 39 mortos em seis dias de ataques criminosos na cidade e início das operações militares. Nesse período, 89 veículos foram incendiados.

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, assinou na noite desta quinta-feira uma autorização que determina às Forças Armadas o reforço do apoio ao governo do Rio nas operações de combate à onda de ataques que ocorre no Estado desde o domingo (21).

A ajuda foi solicitada pelo governador Sérgio Cabral Filho (PMDB) e autorizada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Serão enviados 800 homens do Exército, para garantir a proteção dos perímetros das áreas que forem ocupadas pela polícia.

Também serão enviados dois helicópteros da Força Aérea e dez veículos blindados de transporte. Também serão fornecidos, temporariamente, equipamentos de comunicação entre aeronaves e tropas em solo e óculos para visão noturna. (C.E)

 
RJ - VIOLÊNCIA/RIO  - Profissionais da imprensa tentam se proteger atrás de veículos durante ação de agentes do Batalhão de Operações Especiais da Polícia militar em um dos acessos do Complexo de Favelas da Vila Cruzeiro, na zona norte do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira. Foto: ALVINHO DUARTE/FOTO ARENA/AE  


Posts relacionados

Geral, por Sara de Paula

É hora de repensar nossa relação com a natureza | Uma carta de Renovar o Nosso Mundo à igreja evangélica brasileira

Como organizações cristãs que trabalham nos campos da justiça e do cuidado pela criação, pedimos um repensar fundamental sobre o relacionamento da humanidade com a natureza, tendo em vista os efeitos da pandemia de Covid-19. Confira a carta de Renovar o Nosso Mundo à igreja evangélica brasileira, e saiba como assinar.

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães