Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 13/09/2013

oração pelas crianças

Crianças em Escola Bíblica de Férias na Igreja Metodista de Alto da Bondade, PE

Brasília, terça-feira, 18 de novembro de 2008 (ALC) - O Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic) e a Pastoral da Criança convidam pessoas de boa vontade, de todas as idades, a aderirem ao Dia de Oração e Ação pela Criança, na quinta-feira, 20, promovido pela Rede Global de Religiões para as Crianças.

------------------------
Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação (ALC)

Veja abaixo uma liturgia para a celebração. Essa sugestão foi preparada pela rede de liturgia do CLAI. Autor - pastor Luiz Carlos Ramos.

LITURGIA DE ABERTURA

Prelúdio  [A comunidade permanece em oração]

Intróito

A paz seja contigo e em teu espírito.

A paz seja contigo e em teu espírito.

 

Acolhida

Somos todos diferentes, como os dedos da nossa mão, e é por isso mesmo que juntos podemos fazer muitas coisas. Todos são bem-vindos, bem-vindas: miudinhos, quietinhas, sapecas, magrinhas, compridos e fortões.

Minha mão

Olho minha mão,

Cinco dedos lá estão:

Mindinho, seu vizinho,

Pai de todos, fura bolo,

Mata piolho.

Olho minha mão,

Cinco dedos lá estão:

Mindinho, miudinho,

Seu vizinho é magrinho,

Pai de todos, compridão,

Fura bolo, um cutucão...

E o mata piolho?

Mata piolho?

Tic-tic-tic-tic

Olho nesta roda

e encontro um amigão:

Miudinho, quietinho,

Sapeca, magrinho,

Liso, crespinho,

Comprido ou fortão.

E agora? E agora?

Dou um abração.

[Vastí Ferrari Marques e Elenise Ramos]

 

LITURGIA DA PALAVRA

Salmódia   Salmo 8 

 

Eu vejo...

Eu vejo estrelas

No céu cintilam

Eu vejo a lua

Redonda, redonda

Eu vejo o sol

No seu caminho

Por todo o dia

A iluminar

[Letra: Ana Eloísa Ribeiro Santana; Música: Liséte Espíndola]

 

Leitura do Primeiro Testamento - Isaías 11.1-9

 

Bichos

Ararinha, tucano, sabiá,

Tatu-bola, lobo-guará, tamanduá,

Peixe-boi, boto-rosa, jacaré.

[Letra: Ana Eloísa Ribeiro Santana; Música: Liséte Espíndola e Elenise Ramos]

 

Leitura do Evangelho

Lucas 10.25-37 (O Bom Samaritano)

 

Ai que dor

Ai que dor! Ai que dor!

Topada, cabeçada, ralei o meu joelho lá no corredor.

Quem vai cuidar de mim?

Água e sabão, remédio curativo. Tô pronto pra brincar. Pronto!

[Letra: Ana Eloísa Santana e Vastí Ferrari Marques; Música: Liséte Espíndola]

 

LITURGIA DA MESA

A paz do Mundo

A paz do mundo começa no meu coração, no teu coração. A paz.

Dá um abraço no amigo, dá um abraço pela paz.

[Thelma Chan]

 

Ofertório: Oferta dos brinquedos e dos elementos eucarísticos (pão e vinho)

 

Porque o Senhor é bom

Ele ampara os pobres e a cada dia sobre a mesa dá o pão

Porque o Senhor é bom! Oh! Aleluia! Porque o Senhor é bom!

E aos que sofrem dores traz esperança e com ternura dá a paz

[Liséte Espindola]

 

Declaração da instituição da Ceia do Senhor

Amigos e amigas, o Senhor Jesus, pela oferta de si mesmo, sacrificou-se pelos pecados de toda a humanidade; e instituiu um memorial eterno pelo qual sempre nos lembraremos de sua paixão e morte, e de sua ressurreição e glorificação. Hoje repetimos esse gesto com saudade, e o faremos até a sua segunda vinda. Portanto:

Elevemos o nosso coração

Ao Senhor o elevamos.

Rendamos graças ao Senhor nosso Deus.

Assim fazê-lo é digno e justo.

É digno e justo que em todos os tempos e lugares rendamos graças ao Senhor,

louvando e engrandecendo o seu nome, cantando:

 (Sanctus)

Santo, Santo, Santo,

Senhor, Deus onipotente!

Terra e céus estão plenos da tua glória.

Glória a ti, Senhor!

 

Oração de Consagração

Nosso Pai celestial, pedimos-te humildemente que, por tua infinita bondade, e pela ação do teu Santo Espírito, consagres estes dons de pão e vinho, para que, ao recebêlos, conforme nos ensinou o teu Filho, nós sejamos participantes do seu corpo e sangue, para todo o sempre. Amém.

Oração de Humilde Acesso

Como eu gostaria, Senhor, de ser como aquela criança amamentada que se aninha no colo da mãe; sem ter necessidade de mais nada a não ser do calor terno do teu abraço; sentir teu afago carinhoso me confortando; e, ao embalo da tua voz paciente, adormecer sereno e descansar pertinho do teu coração; e, ao ritmo da tua respiração suave, sonhar com coisas boas que façam meus lábios sorrirem, e, mesmo de olhos fechados, façam-me contemplar as estrelas do teu céu e os frutos do meu chão.

[Luiz Carlos Ramos; Interlúdio: Liséte Espíndola]

 

Memorial

E, enquanto comiam, Jesus tomou um pão e, tendo dado graças, o partiu e deu aos discípulos, e disse: "Isto é o meu corpo dado por vós: fazei isto em memória de mim." Depois de cear, tomou um cálice e, tendo dado graças, o deu aos discípulos e disse: "Isto é o meu sangue, o sangue da nova aliança, derramado por vós; fazei isto em memória de mim."

Partilha eucarística

(Elevando o pão) O pão pelo qual damos graças é a comunhão do corpo de Cristo.

(Elevando o cálice) O cálice pelo qual damos graças é a comunhão do sangue de Cristo.

 

Encontro amigo

Uma fogueira, um bom peixinho, um pão gostoso e bem quentinho.

Jesus na praia. Encontro amigo. Comida boa pra vida alimentar.

[Letra: Ana Eloísa Ribeiro Santana e Vastí Ferrari Marques;

Música: Elenise Ramos, Liséte Espíndola]

 

Despedida

Oremos.

Graças te damos, ó Deus, porque vieste a nós nesta Ceia e nos fortaleceste. Que esta comunhão nos ajude a crescer na fé e no amor solidário. Que possamos sair daqui dispostos a receber e a viver o teu reino qual crianças. Amém!

 Bênção

[Oração dos Pequeninos]

Meu Jesus querido guarda minha vida.

Hoje e para sempre.

Amém.

[Liséte Espíndola]

 

Envio

Vão em paz! Cresçamos em sabedoria, estatura e graça diante de Deus e do próximo. E sejamos agradecidos!

Damos graças a Deus.

*

Rev. Luiz Carlos Ramos

Red de Liturgia del Consejo Latinoamericano de Iglesias - www.webselah.com/red


 


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Igrejas realizam acampamentos durante período de carnaval.

O feriado de carnaval esse ano chegou mais cedo. Já é uma prática de muitas igrejas aproveitar o feriado prolongado para realizar os tradicionais retiros de carnaval. Os temas escolhidos para trabalhar nesses encontros, normalmente são escolhidos de acordo com a necessidade da Igreja.

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães