Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 20/09/2013

pena de morte

Site especial de religião da BBC lista argumentos pró e contra a pena de morte

Da Agência Soma (www.agenciasoma.org.br)


 



  A execução do ex-ditador iraquiano Saddam Hussein no final de 2006 trouxe à tona, mais uma vez, a discussão sobre a eficácia ou não da pena de morte. As diversas religiões do mundo não estão à parte deste debate e têm posicionamentos próprios sobre a questão. A seção de "Religião e Ética" da rede de televisão e rádio BBC, do Reino Unido, fez uma coletânea destes posicionamentos, e relacionou também os argumentos genéricos a favor e os contra tal prática.
  
   Além de discutir as questões éticas e de facilitar o acesso ao posicionamento de diferentes religiões - como Cristianismo, Hinduísmo, Islamismo, Budismo e Judaísmo - sobre o assunto, o site faz uma introdução ao debate e coleciona artigos de estudiosos. São incluídos 7 textos a favor e 12 contra.
  
   No texto "Retribuição ou justiça", os defensores da pena capital afirmam que uma pessoa culpada merece ser punida com um castigo que tenha a mesma proporção da gravidade do crime que cometeu. Já em "Prevenção de novos crimes" é dito que o fato de que os criminosos que são executados não podem cometer novos crimes não pode ser contestado. Além disso, o autor critica aqueles que "não pensam que este argumento não é razão suficiente para tirar uma vida humana e que dizem que há outros caminhos para convencer os criminosos a reincidirem em seus crimes, como a prisão perpétua".
  
   No entanto, o site também não deixa de apresentar (como já informado, em maior número) os argumentos dos que se opõem à pena de morte. Exemplo disso é o texto "O valor da vida humana", no qual se afirma que nem mesmo os piores assassinos podem ser privados de suas vidas, "porque a vida humana tem um valor inestimável". Além disso, em "Execução de inocentes" é apresentado um dos argumentos mais comuns daqueles que não aceitam a pena de morte, a de que esta prática permitirá que inocentes sejam mortos por causa de falhas da Justiça.
  
   Para corroborar esta posição o autor apresenta um texto da Anistia Internacional que diz: "A pena de morte torna legítimo um ato de violência irreversível do Estado e certamente terá vítimas inocentes. Como a justiça humana é falha, o risco de executar um inocente nunca poderá ser eliminado".
  
   Outros textos de opositores são: "Isso brutaliza (torna insensível) a sociedade", "Valor da vida humana", "O direito de viver", "Execução do inocente", "Retribuição é errado", "É muito caro", "Pessoas não responsáveis por seus atos", "Aplicação injusta", "Cruel, desumana ou degradante" e "Desnecessária".
  
   Dentre os artigos com argumentos a favor, estão: "Incentivo para auxiliar a Polícia", "Conforto para as vítimas com um final para a história e vingança" e "Um argumento japonês".
  
  
Clique aqui e confira a íntegra deste conteúdo (em inglês) sobre pena de morte. Além disso, a seção "Religião e Ética" da página da BBC também oferece recursos para o debate sobre aborto, eutanásia e casamento de pessoas do mesmo sexo.


Posts relacionados

Geral, Destaques Nacionais, por Sara de Paula

Ele veio!

A Igreja Metodista no Brasil deseja a você um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de alegrias e realizações! Acesse o nosso Cartão de Natal 2019. 

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães