Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 13/09/2013

PSAF Informativo Jangadeiro

Projeto Sombra e Água Fresca em Palmeiras - Fortaleza - CE

 

A equipe distrital do projeto Sombra e Água Fresca realizou mais um encontro de capacitação no distrito Ceará.

Desta vez o encontro ocorreu na igreja metodista em Conjunto Palmeiras no dia 27 de setembro de 2008.

O encontro de capacitação oferece uma visão panorâmica do projeto sombra e água Fresca:

o que é o projeto sombra e água fresca, as prioridade do projeto, as áreas de atuação (Educação cristã, Acompanhamento Escolar, Esporte e Recreação, Cultura e Expressão Artística, Saúde, Cidadania e Informática). Além de trabalhar a idéia do voluntariado, inserção da igreja na comunidade, etc.

O encontro desenvolveu três oficinas:

1) Educação Cristã.Esta oficina objetiva apresentar os valores do Reino de Deus que serão trabalhados junto às crianças

 

 

2) Acompanhamento escolar: Pretende-se através desta oficina mostrar como o projeto sombra e água fresca pode colaborar com o aprendizado da criança, através da contação de estórias, leitura, etc.

3) Recreação e esporte. Através desta oficina, mostra-se a importância da recreação e esporte para a vida das crianças. Procura-se mostrar a importância das brincadeiras que trabalham a inclusão e o respeito.

Participaram do encontro cerca de 20 pessoas.No final os participantes foram até o altar da igreja e ali fizeram um voto de compromisso de levar adiante o projeto.

A equipe distrital, composta pelas metodistas Janaína Cavalcante, Esmaelite Ferreira e Elizabeth Cristina foram as responsáveis pelo o encontro.

Desejamos que o projeto sombra e Água Fresca floresça como uma palmeira nesta comunidade e seja de fato um espaço de sombra e água fresca para nossas crianças.

 

 

Neste documento vocês podem apreciar algumas fotos do encontro.

Um grande abraço!

Emanoel Rodrigues Almeida

Superintende Distrital - REMNE

 

 


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães