Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 20/09/2013

renascer

O Caso Renascer - A opinião do Rev. Ricardo Gondim

 

BRASÍLIA, 1. de fevereiro (ALC) - Alheio ao escândalo envolvendo o casal apóstolo Estevam Hernandes Filho e a bispa Sônia Haddad Moraes, fundadores da Igreja Apostólica Renascer em Cristo, o Ministério das Comunicações concedeu à instituição canal de TV, que retransmitirá em Vila Velha, Espírito Santo, o sinal gerado pela Fundação Evangélica Trindade.

 

Esse será o quinto canal da Rede Gospel, que pertence à igreja. A portaria autorizando a Ivanov Comunicação e Participações Ltda., empresa que, segundo noticiou o jornal Folha de São Paulo, funciona no mesmo endereço da sede administrativa da igreja, foi publicada na edição de segunda-feira do Diário Oficial da União.

 

Matéria no sítio web do jornal Cruzeiro do Sul, de São Paulo, informa que pastores de diferentes denominações fazem um balanço do estrago que a prisão do casal Hernandes traz à imagem dos evangélicos no Brasil. "Para quem não conhece a imensa diversidade do meio evangélico, um escândalo desses acaba respingando em todo mundo", disse à reportagem o presidente da Assembléia de Deus Betesda, pastor Ricardo Gondim.

 

A Renascer, lembrou Gondim, tem mídia, "você vê a TV Gospel funcionando como se nada tivesse acontecido, numa atitude cínica, quase de desdém", lamentou. O caso coloca em xeque a Teologia da Prosperidade e mostra que só se mantém o discurso com artifícios ilegais, assinalou.

 

Gondim entende que escândalos podem ser profiláticos no meio evangélico. Quando Jesus disse que é mister que venham os escândalos, é bom que eles venham, "para que, no refluxo, a gente ponha o pé no chão e veja que esses grandes shows de milhares de convertidos são muita casca e pouco conteúdo". A Renascer organiza, a cada ano, a Marcha para Jesus, evento que chega a reunir 1,5 milhão de pessoas nas avenidas de São Paulo.

 

Governo dá canal de TV à Igreja Renascer

Folha de S.Paulo, 31 de Janeiro de 2007

Apesar dos escândalos envolvendo os líderes da Igreja Renascer em Cristo, o governo federal acaba de conceder à instituição um canal de TV.
Em portaria publicada no "Diário Oficial" de anteontem, o Ministério das Comunicações autorizou a Ivanov Comunicação e Participações Ltda. (empresa registrada no mesmo endereço da sede administrativa da igreja) a retransmitir em Vila Velha (ES) os sinais gerados pela Fundação Evangélica Trindade, concessionária do canal 53 em São Paulo.
A Fundação Trindade foi criada pela Renascer nos anos 80 especificamente para obter uma geradora de televisão "educativa", que não exige concorrência pública. Com a geradora em São Paulo, que tem o nome comercial de Rede Gospel, a igreja pediu ao governo, no ano passado, uma série de retransmissoras (que também não requerem licitação), como a que conquistou em Vila Velha. O canal na Grande Vitória será o quinto da Rede Gospel.
Os líderes da Renascer, bispa Sonia e apóstolo Estevam Hernandes, são acusados nos EUA de contrabando de dinheiro e depoimento falso à polícia. Em São Paulo, promotores os acusam de usarem doações de fiéis para aquisições pessoais, como haras e casa de praia nos EUA.
A Igreja Renascer não comentou as acusações contra seus líderes. O Ministério das Comunicações também não comentou o assunto.

29/01/2007 - 10h00

DECISÃO
Editora Globo terá de pagar indenização ao casal Hernandes
A decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) que condenou a Editora Globo S/A ao pagamento de indenização por dano moral no valor R$ 410.654,49 ao casal Estevam e Sônia Hernandes, da Igreja Renascer em Cristo, continua valendo. O presidente em exercício do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Francisco Peçanha Martins, negou pedido de liminar em medida cautelar ajuizada pela Editora para conferir efeito suspensivo à execução de sentença.

Intimada a pagar a indenização no prazo de 15 dias, a contar da publicação, sob o risco de multa automática de 10% por inadimplência, a Editora Globo recorreu ao STJ alegando que será submetida a riscos de danos irreparáveis caso efetue o pagamento e o acórdão do TJSP seja reformado posteriormente. Sustentou, ainda, o interesse público da matéria que originou a ação de indenização por dano moral, uma vez que seus repórteres apenas exerceram a "crítica inspirada pelo interesse público" e legalmente prevista na Lei de Imprensa.

Ao negar o pedido de liminar, o ministro Peçanha Martins ressaltou que o efeito suspensivo em recurso especial só é concedido em "casos excepcionalíssimos", quando manifestadamente contaminados por flagrante ilegalidade ou para evitar dano irreparável. Segundo o ministro, no caso em questão não existem quaisquer das situações especialíssimas para atribuir efeito suspensivo ao recurso, tendo em vista que a "plausibilidade do Direito invocado pelo requerente se contrapõem, na mesma medida, ao Direito reclamado pelo requerido".

O casal Estevam e Sônia Hernandes ajuizou a ação de indenização por danos morais em 2002. Eles alegaram que foram atingidos em sua honra pelo conteúdo de reportagens jornalísticas publicadas pela revista Época, nas edições de números 209 e 210. Com a medida cautelar, a Editora Globo pretendia suspender a execução da sentença e afastar a incidência da multa até o julgamento definitivo do recurso.

Autor:Maurício Cardoso

Pastor metodista manifesta-se sobre "dólar na Bíblia"

O pastor Daniel Rocha, da Igreja Metodista de Itaberaba, enviou aos jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo um comentário acerca da prisão dos líderes da Igreja Renascer, encontrados com dólares escondidos dentro da Bíblia. Sua carta foi publicada nos dois jornais, no dia 11 de janeiro:

O dólar sagrado

 

A prisão dos dirigentes da Renascer em Miami, com a Bíblia recheada de dólares, é apenas a ponta do iceberg no atual cenário evangélico brasileiro, dominado pelas chamadas igrejas neopentecostais. Esse grupo, que predomina nas rádios e TVs, nada tem a ver com os protestantes históricos, que justamente nasceram a partir da luta contra a mercantilização da fé. Hoje, essas igrejas transformaram seus templos em locais de barganhas, onde a palavra-chave é a busca da prosperidade por meio dos sacrifícios (leia-se ofertas) e a única ética existente é a do "dando que se recebe". Pregam o individualismo, não têm compromisso social de mudança ou transformação, pois dependem da miséria e da ignorância do povo. Os fiéis são tratados como clientes que apresentam a "deus" seus caprichos infantis. As mensagens, recheadas de chavões e frases de efeito, imbecilizam os fiéis, transformando-os em consumidores da fé, clientes que desejam que Deus satisfaça seus caprichos. É o evangelho das marchas inconseqüentes e ufanistas de que, infelizmente, os Hernandes não são os únicos representantes.

 

DANIEL ROCHA, pastor

 

 

Membro da Renascer manda mensagem de protesto ao site da Igreja Metodista: (19/01/2007)

 

A mensagem abaixo foi enviada ao portal Metodista, pela área de Comentários da Enquete, e transcrita abaixo, sem alterações:

 

Queria deixar minha indiguinação a respeito da Renascer, fui transformado e liberto das drogas através desse ministerio, esse pastorzinho que fez essa crítica pra mim é um religioso que não sabe o que fala, porque muitos pastores que acusa eles não vive o que prega, sou da Renascer com muito orgulho até morrer, por isso que muitas pessoas morrem, por causa da religiosidade, por causa de pastores como esse que fez o comentário em vez de orar..

Grato Davi          Renascer até morrer.....

Enviamos ao irmão a seguinte resposta:

Graça e paz! Não vamos publicar seu comentário na Enquete, por que ele diz respeito a um outro assunto; mas o publicarei logo abaixo o texto do pastor Daniel Rocha, ok? Meu irmão, damos graças a Deus por que você se libertou das drogas, pela Graça de Deus, e não por esta ou aquela igreja (se tivesse sido na Igreja Metodista, eu te diria o mesmo). Deus te deu vida em abundância para que você a viva. Por isso, não diga "Renascer até morrer", mas, ao contrário "Jesus para viver!". As igrejas, as pessoas, podem falhar. As evidências mostram que os líderes da Renascer cometeram faltas graves. Mas nós nos espelhamos em Jesus.

Fique com Deus,

Suzel, Assessoria de Comunicação

 

 Resposta ao membro da Renascer pelo irmão Sebastião Soares (recebida dia 23/01/2007)

 Ao ver sua repúdia contra o Pastor Daniel senti as dores do Rev.

Davi, este é ungido de Deus. Ele não está contra  pr. Hernandes, tá sim contra o mau que conduz s Igreja, o qual usa também outros. Amado, você disse ser da Renacer, que nela vai morrer,sai dessa, pense viver  sempre, ter vida com abundância;medite em:Eb12.22-23eTt3.9-11  Quero te ver no céu. Amém? Faça parte dessa igreja a invisível. A paz do Senhor 
         Sebastião Soares 

 

Sede da Igreja Renascer é pichada na zona sul de SP

11/01 - 07:32 - Agência Estado

 A sede Internacional da Igreja Apostólica Renascer em Cristo, localizada na Rua Lins de Vasconcelos, no bairro do Cambuci, zona sul da capital paulista, foi alvo de um grupo de pichadores nesta madrugada. Segundo moradores da região, que tiveram medo de se aproximar dos vândalos, cerca de 10 rapazes escreveram frases contra o casal fundador da igreja em um muro ao lado da entrada e da fachada do templo.
Mais tarde, as frases foram cobertas por sacos plásticos pretos que cobriam uma área de 5 metros de comprimento por 3 metros de altura.

Na pichação estava escrito: "A crença do povo tem que ser respeitada. Na bíblia não se carrega dinheiro, ladrão! Estevam ladrão. Sônia ladra". Os ataques foram assinados pela gangues que se identificaram como Túmulos, Trolhas, Bereta, Os Bicho Vivo, Malignos e DMN.

Respondendo a processos por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro, Sônia Haddad Moraes Hernandes e Estevam Hernandes Filho, fundadores da Igreja e que possuem um capital avaliado em R$ 19 milhões, estão em Miami desde terça-feira, onde enfrentaram prisão após tentarem entrar nos Estados Unidos com US$ 56,5 mil em dinheiro vivo não declarados.

O juiz da 1ª Vara Criminal de São Paulo, Antônio Paulo Rossi, acatou ontem o novo pedido de prisão preventiva para o casal e pediu a extradição do Estevam e Sônia, que deve ser recebida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) hoje e encaminhada para os órgãos competentes da Justiça americana.

Polícia dos EUA prende bispos da Renascer

(com informações do site Ultimo Segundo )

O casal de bispos Estevam Hernandes Filho e Sônia Haddad Moraes Hernandes, fundadores da Igreja Apostólica Renascer em Cristo, foi preso pela polícia federal dos EUA (FBI) na madrugada desta terça-feira em Miami. O casal havia saído de São Paulo, na segunda à noite.

Os bispos foram presos porque respondem a processo por evasão de divisas e lavagem de dinheiro. Eles possuem residência em Miami e outros bens nos EUA - o que estende as investigações até aos órgãos de inteligência norte-americanos. A prisão também teria acontecido porque eles desembarcaram com US$ 56 mil em dinheiro vivo, mas só declararam US$ 10 mil às autoridades alfandegárias (que é a quantia permitida).


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Upper Room terá escritório central da América Latina em Buenos Aires

A Junta Geral de Ministérios Globais, que têm parceiros e projetos em mais de 125 países, está estrategicamente movendo-se de um estilo centralizado de operações a um com escritórios alinhados na África, Ásia, e América Latina. Confira os detalhes da informação!

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães