Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 20/09/2013

resumo da campanha

Tema: JESUS É MINHA ESPERANÇA!

Versículo base: "Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância". - João 10.10

Campanha alicerçada em cinco ações nacionais de mobilização e visibilidade social. Seguem as idéias que se integram com a cruzada evangelística Billy Graham. Cada ação é feita em um período de tempo necessário para divulgar resultados da ação anterior e anunciar a ação seguinte pelos órgãos de comunicação. Todas as ações têm como tema : "Jesus é minha esperança"

Primeira ação: 25 de abril de 2008 - Vigília de oração e jejum. Metodistas do país inteiro oram pela Campanha de Evangelização, pelos servos e servas que realizarão o trabalho e pelas pessoas que serão alcançadas. Nesse dia, as pessoas farão jejum. A partir desta vigília, realizá-la nas 4ªs sextas-feiras de cada mês, sempre com o tema esperança, mas colocando motivações especificas em cada mês. Em setembro, por exemplo, o tema doação de sangue e órgãos deve estar presente. Em junho e julho um tema é louvor.

Segunda ação: 17 de agosto- Dia do louvorLançamento da estratégia Mateus e seus amigos, na campanha evangelística Minha Esperança. Nesse dia, os(as) pastores(as) farão o convite aos membros das igrejas para que recebam em suas casas amigos(as) e vizinhos(as) para, juntos, assistirem às conferências e filme evangelístico oferecido pela Associação Billy Graham, no mês de novembro. Os metodistas serão chamados a agir da mesma forma que Mateus, ao convidar seus amigos para partilhar com eles da Palavra de Deus (Mateus 9.9-13). Nesse dia irá acontecer eventos de louvor, em todo o país, nas praças, terminais de ônibus, metrôs etc. Apresentação de corais e/ou grupos jovens. Entrega de folhetos aos transeuntes.

Argumento para os folhetos e camisetas: Quem tem JESUS TEM ESPERANÇA. Jesus é nossa segurança. Nesse dia, queremos compartilhar um pouco da alegria que temos por seguir a Jesus.

Terceira ação: 22 a 27 de setembro - Campanha Nacional de Doação de Sangue e/ou medula. Momento de conscientização para doação de órgãos. Sensibilização visando solidariedade com os doentes que estão hospitalizados.

No dia 27 de setembro (Dia Nacional de Doação de Sangue e Medula) os metodistas, usando camisetas com o logo da campanha, dirigem-se a centros de doação, previamente preparados. As igrejas locais receberão instruções sobre doação de sangue: quem pode doar, endereços e sites de hemocentros espalhados pelo país etc. Regiões e igrejas locais precisam fazer contatos prévios com os hemocentros ou postos de doação, para agendar uma quantidade de pessoas que o local tenha condições de receber.

Organizar um grupo de visitação permanente a hospitais, sinalizando a preocupação com a saúde integral de cada pessoa hospitalizada.

Divulgação prévia será feita pelos meios de comunicação locais, regionais e nacionais.

Argumento (para divulgação interna e release para imprensa): Estamos fazendo apenas uma doação. Como Jesus é a minha esperança, a doação confirma que para nós a saúde faz parte do plano de Deus para a vida de cada pessoa. Nem se trata de um sacrifício. O verdadeiro sacrifício, que conduz à VIDA ETERNA foi feito por Jesus. A vida eterna só o sangue de Jesus pode dar.

Quarta ação: outubro/novembro - Cruzada Billy Graham Minha Esperança. A campanha de evangelização culmina com os três encontros nas residências dos metodistas, que convidarão vizinhos e parentes para assistir aos filmes evangelísticos. (Data provável 06 à 08/11/2008)

Argumento: Diz o ditado; Enquanto há vida, há esperança. É verdade: hoje é o tempo da salvação!

Quinta ação: novembro em diante - Colheita e discipulado. Início desta ação no dia 09/11/2008, num culto de consagração ao Senhor das decisões tomadas nos cultos dos lares. Os/As convertidos/as são trazidos ao templo para este culto, e são convidados a integrar um grupo de discipulado.

Argumento: Aqueles que forem alcançados nos lares dos metodistas devem ser acolhidos nas igrejas locais dos mesmos. A Igreja, corpo de Cristo, é fundamental para o caminho da santificação. O grupo de discipulado pode ser na própria casa da quarta ação, mas pode também ser outro grupo. Cada comunidade local deverá acertar seu próprio desenvolvimento.

Ações a serem incluídas

1. O levantamento dos alimentos deve continuar acontecendo no domingo da ceia, como já acontece em muitas comunidades locais. As demais devem ser estimuladas a fazer o mesmo. Neste domingos deve se enfatizar que este é um ato em que a solidariedade anuncia Jesus como minha esperança.

2. O quarto domingo deve ser sempre evangelístico, o tema deve ser Jesus é minha esperança, e as pessoas que estão sendo discipuladas devem ter oportunidade de testemunhar e/ou tomar decisão por Cristo.

VEJA TAMBÉM:

Como será a Campanha Nacional de Evangelização 2008

Carta do Colégio Episcopal aos Pastores e Pastoras

Mais informações no site :  www.minhaesperanca.com.br


Posts relacionados

Geral, por Sara de Paula

Carta Pastoral do Colégio Episcopal: Cremos no Deus de toda a consolação

Trazemos à memória o que nos pode dar esperança (Lamentações 3.21). Por isso, ao meditar sobre o que estamos vivendo hoje, talvez os cercos (tanto o babilônico quanto o romano, em 70 d.C.) sejam a narrativa bíblica mais próxima da nossa realidade nesta pandemia, em termos de experiência prática, vital, emocional e espiritual. Leia a Carta Pastoral na íntegra.

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães