Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 13/09/2013

Samoa

Metodismo ajuda vítimas de tsunami em Samoa

 

Slide show do site www.metodistasonline.kit.net  com imagens de Samoa e da comunidade metodista local

O Diretor da Igreja de Solidariedade (Pacífico)da UnitingWorld, Bruce Mullan, esteve em contato durante a noite com a liderança da Igreja Metodista samoana e  a Igreja Cristã Congregacional de Samoa para oferecer apoio às igrejas parceiras em Samoa.

 "A liderança de nossas igrejas parceiras indicaram que o apoio da Igreja Unida na Austrália (da qual faz parte a Igreja Metodista) não seria utilizado apenas para atender a oferta de alimentos médica imediata, e as necessidades de vestuário, mas também para abordar o impacto a longo prazo do tsunami", disse Mullan.

A esposa de um ministro Congregacional samoano foi morto e muitos membros da Igreja têm sido afetados pela tragédia. O Secretário Geral Metodista, Rev. Tupo Folasa II, relatou que as autoridades ainda estão encontrando corpos, enquanto muitos outros estão desabrigadas e precisam de comida e roupas.

 O Secretário Geral Congregacional, Rev. Dr. Lutisone Salevao, afirmou que as pessoas", ainda estão se recuperando dos efeitos adversos do que aconteceu."

 "Estamos fazendo nosso melhor", disse ele.  

 Disse Mullan que uma questão fundamental não é apenas os danos em casas, igrejas e imóveis, mas os danos emocionais que as pessoas samoanas tem sofrido.

 "Minha sensação é de que mais do que qualquer coisa que o recurso pode abordar, eles são consolados pelas suas irmãs e irmãos da Igreja Unida da Austrália, que foram solidários com eles neste momento", disse ele.

 "Eles realmente pedem nossas orações."

 A UnitingWorld está aceitando doações para  para as necessidades imediatas e a longo prazo, para o bem-estar das comunidades afetadas.

 Mais informações sobre o recurso está disponível no site do UnitingWorld na  www.unitingworld.org.au

Fonte: site www.metodistasonline.kit.net

 


Posts relacionados

Geral, por Sara de Paula

Cartão de Natal 2022

Neste tempo de espera, que não é espera vã, esperamos em confiança e, por isso, nos deixamos transformar pela mensagem do Natal, pela presença do Cristo ressurreto que nos convida: “como o Pai me amou, também eu vos amei; permanecei no meu amor” (João 15.9). Acesse agora.

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães