Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 20/09/2013

universal compra correio do povo

BRASIL

Correio do Povo também é da Universal

 

PORTO ALEGRE, 13 de março (ALC) - O diretor administrativo da Empresa Jornalística Caldas Júnior, Carlos Ribeiro, confirmou, ontem à tarde, a venda do jornal Correio do Povo para a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD). O valor da transação não foi informado. Em fevereiro, a Rede Record adquiriu do mesmo grupo a TV e rádios Guaíba AM e FM.

 

A aquisição do Correio inclui o histórico edifício Hudson, no centro da capital gaúcha, onde a redação do jornal foi instalada, em 1946. Carlos Ribeiro adiantou que não está definida ainda a data para a Universal assumir o Correio do Povo. A redação do jornal, noticiou o portal de notícias Coletiva.net, foi informado da transação ontem à tarde e que tudo continua igual até segunda ordem.

 

No dia 21 de fevereiro, o mercado gaúcho foi surpreendido com o anúncio da venda das emissoras de rádio Guaíba AM e FM, e a TV Guaíba, canal 2, para a Rede Record, que pertence à Igreja Universal. Na ocasião, Ribeiro informou que o jornal não entrara na negociação.

 

O Correio do Povo foi fundado em 1. de outubro de 1895, pelo jornalista Antônio Vieira Caldas Júnior, e é um dos jornais mais antigos em circulação no Rio Grande do Sul. Deixou de circular em 1984 por dificuldades financeiras, mas voltou ao mercado dois anos depois, ao ser adquirido pelo empresário Renato Ribeiro.

 

Em dezembro passado, a tiragem diária do Correio foi de 156,2 mil exemplares. A expectativa no meio jornalístico é quanto à linha editorial do complexo de rádios, TV Guaíba e do Correio do Povo, ao passar para o controle da Igreja Universal.

 

Uma das conseqüências da aquisição da TV Guaíba foi sentida na concorrência. A Rede Record romperá, no dia 31 de maio, o contrato de retransmissão, com vigência até 2008, do seu sinal para a capital gaúcha através da TV Pampa, que ficará com o direito de retransmissão garantido, contudo, para três geradoras do interior do Estado - Pelotas, Santa Maria e Carazinho.

 

O primeiro efeito desse rompimento foi a extinção do departamento de Esportes das emissoras de rádio e da TV Pampa, e a demissão de mais de 80 jornalistas, informou o jornalista Ricardo Vidarte ao portal de notícias Coletiva.net, de Porto Alegre. A Record vai usar sua emissora - a TV Guaíba - para a transmissão do sinal a Porto Alegre.

 

Segundo a Adnews, a Rede Record teve um faturamento próximo ao 1 bilhão de reais (cerca de 465 milhões de dólares) em 2006 e assumiu a vice-liderança em audiência no ano passado, ficando atrás apenas da Rede Globo. "Rumo à liderança" é o slogan da Record, que, em três anos, quer estar colada à Globo na liderança.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação


Posts relacionados