Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 19/11/2013

Vice-presidente do Concílio Mundial Metodista, é recolhida pelo Senhor

A bispa Sarah Frances Davis, presidente da Igreja Metodista Africana e vice-presidente do Concílio Mundial Metodista, morreu no último sábado (9), após uma breve doença, como informou um comunicado do Concílio Mundial Metodista. O enterro foi realizado no dia (16), pela manhã, no Texas. O culto em ação de graças pela vida da bispa foi transmitido ao vivo.
 
Bispa Davis foi a 126ª bispa eleita e consagrada da Igreja Metodista Episcopal Africana (AME). Bispa Davis atuou como a presidente do 16º distrito episcopal, composto de igrejas e escolas na América do Sul (Guiana e Suriname); Windward Islands (Trinidad, Tobago, Barbados e Granada), as ilhas do Caribe (Jamaica, Haiti, República Dominicana e Ilhas Virgens), e Europa (Londres, Holanda e França). Em 24 de junho de 2013 em Kingston Jamaica, bispa Davis foi nomeada presidente do Concílio de Bispos da Igreja Metodista Episcopal Africana (AMEC), durante um culto especial de celebração.
 
Bispa Davis era carinhosamente conhecida como a "bispa que ora" por causa de sua ênfase consistente sobre a importância da oração na vida da Igreja. Ela era presidente do comitê de oração para a 48ª Sessão Quadrienal da Conferência Geral da Igreja AME. Como resultado de sua liderança, o primeiro Dia de Oração Conexional no Metodismo Africano foi realizado em 13 de abril de 2008, e é agora uma observância anual no Metodismo Africano.
 
Sua primeira missão Episcopal foi o 18º distrito episcopal, composto pelos países da África Austral de Lesoto, Botswana, Suazilândia e Moçambique. Uma acérrima defensora da capacitação através da educação, bispa Davis deu a liderança exemplar para mais de 39 Igrejas Metodistas Africanas. Escolas patrocinadas pela Igreja na África Austral.
 
Ela introduziu o primeiro curso de verão de ciência e matemática do programa do Instituto no Lesoto para globalizar e desenvolver o conhecimento de alunos e professores e concedeu um número recorde de bolsas de estudo para jovens, adultos e clérigos, enquanto no Distrito 18. Durante seu mandato, dois clérigos foram graduados em Teologia das universidades na África do Sul e Moçambique e quatro ganharam diplomas em Teologia em Botsuana. Pela primeira vez, aulas de inglês foram fornecidas para leigos e clérigos que falam português nas Igrejas na Beira, Moçambique, que resultaram em muitos certificados de inglês como uma segunda língua.
 
Além disso, durante o seu mandato no Distrito 18, a bispa Davis foi uma campeã para crianças órfãs e vulneráveis. Sob sua liderança, a Selulasandla Vasti Village, um orfanato patrocinado pelo Distrito 18, cresceu em capacidade de alojamento de 4 a 21 órfãos. Em abril de 2008, a bispa Sarah dedicou o primeiro AME orfanato patrocinado pela Igreja construída nas montanhas de Mokhotlong no país de Lesoto: A T'sepong Cecelia Williams Bryant Home.
 
Em outubro de 2012, bispa Davis representou o Conselho Metodista Mundial como convidada do Papa Bento XVI na XIII Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, em Roma, na Itália. O encontro, realizado sob o tema “A nova evangelização para a transmissão da fé cristã”, dirigiu-se ao apelo da Igreja ao seu objetivo missionário original e procurou reacender o fogo original em cristãos em todo o mundo.
 
Bispa Davis foi uma pioneira em seu ministério, antes de sua eleição episcopal, atuou por sete anos como a primeira pastora feminina dos 115 anos de idade da Igreja Metodista Africana Betel, em Santo Antonio, Texas. Com esta nomeação, a bispa Sarah tornou-se a primeira mulher no Texas para ser nomeada para uma grande Igreja.
 
Bispa Davis atuou como membro do Conselho de Curadores para a Escola de Graduação em Teologia de Houston, serviu como Presidente do Conselho Global de Desenvolvimento (GDC) da Igreja AME (2009-2011) e foi membro do Conselho de Igrejas da Jamaica.
 
Bispa Davis foi treinada para atuar em todas as áreas de vocação da sua vida, tendo ganho um grau de Doutora em Ministério da Southern Methodist University School Perkins de Teologia, Mestre em Divindade da Escola de Graduação em Teologia de Houston, mestre de Ciência pela Universidade de Pace New York, e bacharel de Artes da Universidade do Norte do Texas.
 
"Durante este tempo de luto, eu peço que você ore para que a família Davis conheça o amor e o conforto de Deus de uma maneira muito especial", acrescentou o secretário-geral Abrahams.
 
“O Senhor está perto de todos os que choram; ele levanta aqueles que cujo espírito é esmagado” Salmos 34:18
 
Fonte: Concílio Mundial Metodista
 
Veja a entrevista que a bispa Sarah concedeu, este ano, para o programa Vida e Missão. Assista aqui.

Posts relacionados

Pastoral Indigenista, Geral, por Sara de Paula

Blues da piedade em versão Guarani-caiuá

A Missão Metodista Tapeporã sugere a leitura do texto de Fernando Gabeira para o Dia Nacional dos Povos Indígenas

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães