Publicado por Sara de Paula em Geral, Escola Dominical | 04/07/2019 às 13:49:07


Eu descanso?


Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo e descansa à sombra do Onipotente diz ao Senhor: Tu és o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio.
Salmo 91.1,2

 

O tempo para o descanso é muito precioso, além de ser prazeroso, é necessário. Mesmo quando estamos tão atarefados(as) precisamos de algumas “pausas” a fim de renovar as nossas forças, caso contrário, nosso corpo dará sinais cada vez mais evidentes do cansaço nos obrigando a parar. O descanso é essencial para a continuidade de nosso trabalho. Mas e quanto a nossa alma e o nosso espírito? Será que também nos cansamos? Será que é possível sentirmos cansaço na vida emocional ou espiritual?

O salmista declarou: “Estou cansado de tanto gemer; todas as noites faço nadar o meu leito, de minhas lágrimas o alago.” (Salmo 6.6), e também: “Estou cansado de clamar; secou-se me a garganta; os meus olhos desfalecem de tanto esperar por meu Deus.” (Salmo 69.3).  Você já se sentiu assim? Anda cansado(a) de chorar ou de orar por alguém ou alguma situação? Você anda cansado(a) de clamar e de esperar pelo agir de Deus? Às vezes ficamos tão cansados(as) que nosso desejo é de desistir e não prosseguir na caminhada. É quando precisamos do descanso que Deus nos oferece!

Gosto de conhecer a origem e significado das palavras (Etimologia), isso ajuda na compreensão do texto. Pesquisando um pouco sobre a palavra descansar, descobri algumas coisas interessantes:

A palavra DESCANSAR[1] vem de des-, um prefixo negativo, mais cansar, que deriva do latim campsare, “rodear algo, dobrar uma ponta de terra”. Não é muito fácil compreender o que significa “dobrar uma ponta de terra”, afinal não dá nem para imaginar como isso se daria, no entanto, esse é um termo associado as manobras dos remos ou velas de uma embarcação que exige muito esforço dos marinheiros.

Mas o sentido desta palavra, me faz pensar também no esforço das pessoas que trabalham no campo, hoje temos máquinas que percorrem com rapidez e mais facilidade as lavouras, mas se pensarmos em tempos mais remotos, dá pra imaginar a sensação de uma pessoa que ao olhar para a imensidão do campo a ser rodeado (para ser arado), sabe que precisará de muito esforço para alcançar seu objetivo. Será preciso descansar de vez em quando para prosseguir!

Outras palavras ganharam o sentido de descanso como por exemplo: “Folga”, que vem do latim follicare, de follereassoprar, respirar, tomar fôlego depois de um esforço”. “Repouso”, que vem do latim repausarere-, (outra vez), mais pausare, “fazer uma parada”. Todas elas trazem o sentido de um tempo de parada, de pausa, para que se tome um fôlego, um renovo, a fim de prosseguir o caminho, o trabalho.

O salmista afirma que aqueles e aquelas que habitam na presença do Altíssimo, e que descansam a sombra do Onipotente, do Deus Todo poderoso, irão declarar que Deus é refúgio (lugar de abrigo, esperança) e fortaleza (lugar de proteção e de defesa). A palavra descansar usada no Salmo 91.1, tem o sentido de repouso, uma parada antes de prosseguir, é como se você estivesse viajando, e já muito cansado(a), percebesse a necessidade de uma parada para renovar as forças antes de continuar a viajem. 

Podemos estar cansados(as) e sobrecarregados(as) emocionalmente e espiritualmente, mas antes de pensar em desistir e largar tudo, porque não buscar antes o descanso em Deus? Descanso no sentido de um tempo de pausa, de fôlego, para ganhar forçar, renovar o ânimo e o vigor. Há descanso à sombra do Onipotente para nós!  É o Senhor quem afirma que “Ele fortalece o cansado e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor.” (Isaias 40.29). É Jesus quem nos diz: “Venham a mim todos vocês que estão cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. [...] aprendam de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vocês acharão descanso para a sua alma.” (Mateus 11.28-29)

Quando mais aprendemos sobre o Senhor, mais O conhecemos, e quanto mais O conhecemos, mais confiamos e quando confiamos, descansamos!

Mas uma outra palavra me chamou a atenção de maneira especial: a palavra ócio, que veio do latim “otium”, e esta, derivada de “autium”, que se originou em av-eo, “estou bem, vou bem”. É um sentido muito interessante que remete ao descanso e tranquilidade que experimentamos quando terminamos o que tínhamos para fazer. Essa palavra me fez lembrar da história da mulher de Suném (2 Reis 4.8-37). Seu filho pequeno morreu em seus braços, ela o colocou na cama do profeta Eliseu e partiu a sua procura. Seu marido lhe perguntou porque ia à procura do profeta, ela apenas respondeu: “está tudo bem” (Shalom - palavra que agrega os sentidos de paz, descanso, seguro, bem-estar, solidez). Depois Geazi fez a mesma pergunta e ela deu a mesma resposta: “Shalom”. Embora estivesse amargurada, aquela mulher sabia que seu filho era um milagre de Deus, foi o Senhor quem lhe deu aquele filho e, portanto, só Ele poderia fazer algo. Ela manteve seu foco em Deus. A história desta mulher me ensina que mesmo diante das adversidades, das aflições, podemos ter o Shalom de Deus, de maneira que ainda que tudo diga não, ainda que não haja fruto na vide, ainda que nem tudo esteja bem, podemos descansar em Deus, confiando que Aquele que prometeu é fiel para cumprir, que ainda que venham as aflições, podemos ter bom ânimo. Aprendo que podemos lançar toda a nossa ansiedade diante do Senhor pois Ele tem cuidado de nós. Aprendo que não precisamos andar ansiosos(as) por coisa alguma, e sim apresentarmos em oração o que nos aflige, certos de que a paz de Deus que excede todo o entendimento guardará nossa mente e coração.

Podemos confiar e descansar no Senhor. Ainda que nem tudo esteja bem, podemos ter o Shalom de Deus em nossa vida, porque Ele nos ama e porque está conosco. Ele nos toma pela mão direita e nos diz: Não temas, que eu te ajudo. (Isaias 41.13). Ele é o Bom Pastor que nos conduz as águas de descanso e restaura nossa alma. O Deus Onipotente nos convida a descansarmos a sua sombra, renovarmos as nossas forças e prosseguir!

Descansemos no Senhor! Shalom!

Rosiléia Dias Araujo
Redatora das Revistas Bem-te-vi
Depto Nacional de Escola Dominical

 

 

[1] Origem das palavras: Descansar; Folga, Repouso, Ócio : Site: Origem da palavra <https://origemdapalavra.com.br/palavras/descanso/>


Tags: sem tags no momento!