Publicado por José Geraldo Magalhães em Expositor Cristão, Mídia | 01/07/2014 às 14:29:58

Metodistas norte-americanos em missão no Brasil

fonte: Pr. José Geraldo Magalhães / 
Deixar o Estado de Mississipi, nos Estados Unidos para vir ao Brasil já está no calendário de alguns/as norte-americanos/as. Pela terceira vez consecutiva, o grupo de estrangeiros/as esteve no país para a realização de reformas em igrejas e trabalho com crianças. Desta vez, as atividades foram no acabamento do templo da Congregação Metodista do bairro Jundiapeba em Mogi das Cruzes/SP, no início do mês de junho.
 
Foram quatro dias de trabalho intenso. Enquanto uns/as carregavam areia, outros/as levavam os pisos para colocar do lado de fora do templo. A pintura do logo do Projeto Sombra e Água Fresca — um trabalho específico da Igreja Metodista com crianças com idades entre 6 e 14 anos — ficou registrado na parede externa da congregação. 
 
Ninguém ficava parado! Houve uma mobilização de 30 voluntários/as membros da Igreja Metodista em Mogi e Jundiapeba que se envolveram no preparo de alimentação e hospedagem dos/as 15 voluntários/as. “Compramos quatro beliches e colocamos nas salas para acolhê-los/as. A rede elétrica foi trocada para a instalação de dois chuveiros. Estamos muito felizes com a vinda deles/as em nossa comunidade”, disse a pastora titular de Mogi das Cruzes, Thelma Nascimento.
 
De acordo com o Missionário Designado para Jundiapeba, Carlos Alberto dos Santos, além de arcar com as despesas da viagem, eles/as contribuíram com a compra de materiais de construção. “Eles/as investiram quase cinco mil reais na compra do piso ecológico, tintas para pintar as paredes e janelas, além do pedreiro para colocar o piso”, disse o pastor Carlos Alberto.
 
Investimento - “Ao todo foram cerca de 22 mil reais que os/as Voluntários/as em Missão no Brasil investiram em Jundiapeba”, conta a pastora Thelma. Com a verba foi possível comprar armários para guardar materiais das crianças, fazer o acabamento da Congregação e quitar as parcelas faltantes de um empréstimo com a Sede Regional da 3ª Região. 
 
Para o pastor que lidera a caravana americana dos/as Voluntários/as em Missão, ­Barry Male, as igrejas visitadas no Brasil têm algo de especial. “Pela terceira vez visitamos o Brasil e todas as vezes temos uma experiência maravilhosa. Percebemos que os/as pastores/as das Igrejas que nos hospedam têm uma paixão missionária pelas comunidades carentes”, afirmou.
 
Novos projetos estão em pauta para o próximo ano. A ideia do grupo é sempre apoiar as comunidades onde constam Projetos Sombra e Água Fresca. “Talvez faremos o Amazonas em 2015. Se algum dia Moçambique tiver o projeto Sombra e Água Fresca queremos apoiar também”, disse o pastor Barry que liderou uma equipe de voluntários/as para Costa Rica e Alasca no ano passado. 
 
Projeto - Além do grupo de Mississipi, da Igreja em New Albany, a pastora da Igreja Metodista Unida em Brandon, Allison ­Dickerson, também acompanhou voluntários/as da sua comunidade. É a primeira vez que a Igreja em Brandon participa da missão no Brasil. Após o período de trabalho missionário em Jundiapeba, os/as voluntários/as fizeram questão de visitar Vila Rica e Perequê (regiões norte de São Paulo e litoral paulista). Locais em que estiveram nos anos de 2011 e 2012 respectivamente.
 
A Congregação em Jundiapeba faz parte da Igreja Metodista em Mogi das Cruzes/SP. Há pouco mais de três anos, o terreno foi adquirido por 58 mil reais. Com o compromisso missionário dos membros e um empréstimo com a Sede Regional da 3ª Região, as obras foram avançando. Atualmente a Congregação conta com o salão para os cultos, uma cozinha, banheiros e uma sala que dá acesso ao 2º piso. Cerca de 35 crianças, com idade entre 6 e 14 anos, são atendidas no Projeto Sombra e Água Fresca duas vezes por semana com apoio dos/as voluntários/as da comunidade. Eles/as contribuem com aulas de reforço escolar, educação cristã, inclusão digital e musicalização infantil. 

 

CLIQUE AQUI PARA FAZER O DOWNLOAD EM PDF

 

Leia online

 

Tags: expositor cristao, jornal, igreja metodista, sombra e água fresca