Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 13/09/2013

Ciemal

Jovens em Missão

Delegação de 12 jovens do Brasil participa de encontro do CIEMAL na Argentina

 

Participantes do Programa Jovens em Missão. A delegação brasileira foi composta por:  Camila Braz da Silva(1ª); Edvandro Damasceno (1ª), Joyce Camargo (2ª), Sinval Filho (3ª), Eliseu Peroni Ribeiro do Vale (4ª), Mara Marques da Silva (5ª),Renata Moura Aguiar de Souza (5ª),Leandro Ferreira (6ª),Lucas Ferreira da Silva (5ª),Lucélia Fabrício Pinheiro (CMJ), Raquel Boeghat de Moura Carvalho (1ª), Júlio Cesar Guimarães (1ª).

 

De 5 a 13 de fevereiro de 2009 cerca de 60 jovens metodistas da região do Cone Sul (Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai) participaram do Programa Jovem em Missão do CIEMAL (Conselho de Igrejas Evangélicas Metodistas de América Latina e Caribe), na cidade de Rosário. Durante os dias do Programa Jovem em Missão, aconteceu primeiramente um tempo de integração e capacitação, com palestras relacionadas à prática missionária, e temas como missão integral, discipulado e evangelização. Depois, o grupo se dividiu em três para uma intensa prática missionária em três localidades diferentes da cidade de Rosário, a segunda cidade mais importante do país, e a terceira mais populosa, com cerca de 1,2 milhões de habitantes.

Dois grupos estiveram em duas igrejas para capacitar os grupos locais e realizar trabalhos de evangelismos, o outro grupo se dirigiu a uma escola para o desafio de evangelizar em um local que nem sequer tinha uma igreja, para impulsionar a missão. "Esses desafios nos moldam para um caráter evangelístico, nos ensina a amar a missão", declara Lucas Ferreira, SD de Jovens da 5ª Região. Aconteceram atividades para mais de 100 crianças, um número incontável de adultos foram alcançados e mais de 4.000 folhetos de evangelismo distribuídos. Houve também visitação de casa em casa, ministrando a Palavra em cultos especiais de evangelização, pregando ao ar livre, apresentando evangelismo criativo com teatro e danças, e até mesmo momentos de compartilhar experiências com as comunidades locais. Sobre o trabalho de evangelismo, Joel Colombino, líder da juventude metodista no Paraguai, ressalta a experiência que mais lhe marcou: "Deus escutou a oração de um jovem que pediu ao Senhor para que trouxesse sua família para a igreja. E no dia seguinte, quando fizemos um culto de evangelismo, Deus trouxe toda a sua família para a igreja. Foi maravilhoso o que passou naquele lugar".

Para Joyce Camargo, secretária da Federação de Jovens da 2ª Região, a realização do trabalho evangelístico em outro país e língua impacta a vida de quem participa também. "Deus tocou muito meu coração por servi-Lo em outro país, foi uma experiência de despertar o chamado de Deus para as nossas vidas, de compartilharmos a Salvação a todos os que necessitam", afirma. Para Gustavo Ali, jovem da Bolívia que é o coordenador continental do Programa Jovens em Missão, este encontro marcará a vida de cada participante como um tempo de renovação e mudança: "sabemos que a história se faz hoje na vida de nossas igrejas, por isso declaramos que essa juventude é o presente da Igreja Metodista e caminhamos de mãos dadas como povo metodista, sendo testemunho vivo da graça de Deus e luz para as nações".

Sinval Filho, presidente da Federação Metodista de Jovens na 3ª região.

 

Testemunho de uma jovem missionária

Sinto-me uma pessoa privilegiada por ter tido essa oportunidade de participar do Ciemal - Jovem em missão 2009. Foram dias especiais e  inesquecíveis.  Éramos aproximadamente 40 a 50 jovens dos países Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile, a delegação brasileira era composta por 12 jovens. A língua não foi barreira para nossa comunicação, acredito que nossa linguagem era a do amor, e por isso pudemos partilhar nossa fé, nossa cultura, nossos costumes, nossa vida. A equipe da qual fiz parte era composta de 14 jovens dos 5 países, realizamos um trabalho bonito de evangelização porta a porta, crianças, culto na praça com danças, mísicas, teatros.  Os outros dois grupos trabalharam com crianças e mulheres. Nos dias que realizamos o trabalho missionário, a noite tínhamos um tempo de partilha e era muito bonito ouvir as diversas experiências que os jovens haviam vivenciado naquele dia de trabalho. Acredito que o objetivo do Ciemal foi atingido que é buscar consolidar a unidade do metodismo na América Latina e no Caribe através da conexidade de suas igrejas, fortalecendo a identidade Wesleyana e a vocação missionária.

Lucélia Fabrício Pinheiro

Assessora financeira da Federação de Jovens 1ªRE eda Confederação de Jovens

 

 

 


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães