Publicado por José Geraldo Magalhães em Educação | 28/05/2015 às 08:58:39

Comunidade homenageia e lamenta morte de Almir Maia

Professores, funcionários e amigos lamentaram  a morte do professor Almir de Souza Maia, diretor-geral do Instituto Educacional Piracicabano da Igreja Metodista (IEP) no período de 1986-2006 e reitor da Unimep entre os anos de 1986-2002.  Hoje (28), amigos, colegas e familiares se despediram de Maia logo cedo, a partir das 6h, na Catedral Metodista de Piracicaba, onde o corpo está sendo velado. Às 9h  está previsto culto de Ação de Graças. O sepultamento será no cemitério Parque da Ressurreição, às 13h, em Piracicaba.
 
O professor Almir tinha 69 anos e estava internado há 15 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Unimed Piracicaba. No último dia 12, ele foi submetido à cirurgia por conta de câncer gástrico e, desde então, seu quadro de saúde tornou-se grave. Nessa terça-feira (26), a família foi informada que Maia estava em septicemia (infecção generalizada) e em coma induzido. Ele morreu por volta das 10h30 de quarta-feira (27).
 
Confira alguns depoimentos de amigos e colegas de trabalho sobre prof. Almir Maia:
 
“Lamento profundamente a morte do prof. Almir, ex-reitor da Unimep, grande amigo e companheiro de trabalho por muitos anos. A educação brasileira deve muito a ele. Líder inconteste, ocupou cargos importantes, foi membro do Conselho Nacional de Educação e vice-presidente da Associação Brasileira de Reitores. Foi o fundador do Cogeime (Conselho Geral das Instituições Metodistas de Educação), da ABIEE (Associação Brasileira de Instituições Educacionais Evangélicas), da Alaime (Associação Latino-americana de Instituições Metodistas de Educação) e vice presidente da Iamscu ( Associação Internacional de Escolas), Faculdades e Universidades Metodistas, da qual recentemente recebeu uma merecida homenagem. Piracicaba também deve muito a ele como reitor e consolidador da Unimep, que planejou e implantou os campi do Taquaral, Santa Bárbara d’Oeste e incorporou o de Lins, liderando a construção de todos. Membro do IHGP Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba, do Condepac, Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural, atuou fortemente na área cultural, sendo o idealizador do Centro Cultural Martha Watts. Expresso minhas sentidas condolências a todos os seus familiares”, Gustavo Jacques Dias Alvim, reitor da Unimep.
 
Par a jornalista que trabalhou com o professor Almir na Unimep, nos anos de 1979 a 2006, Beatriz Vicentini, Almir se tornou uma referência e somente ao longos dos anos que as pessoas irão compreender a importância de seu trabalho. “Perdemos todos, uma referência real de lealdade, honestidade, firmeza de propósitos, respeito e fé. Com o passar dos anos, metodistas e Piracicaba deverão entender a importância de seu trabalho e o amor e competência com que ele sempre o desenvolveu. Seus sonhos, certamente, não terão sido em vão”, disse Beatriz.
 
Para o ex-reitor da Unimep nos anos de 2009 a 2012, professor  Clovis Pinto de Castro, Almir fez história e seu nome perpetuará por várias gerações. "Almir, além de grande amigo, foi um dos principais educadores da Igreja Metodista. Amava a Igreja Metodista, como poucos. Apaixonados pela educação! Fez história! Seu nome será lembrado e honrado por gerações, especialmente por aqueles que lutam por uma educação metodista com qualidade”, afirmou Castro.
 
Repercussão: A morte de Almir Maia comoveu o povo metodista. A notícia gerou grande comoção nas redes sociais. Para o bispo Luiz Vergílio Batista da Rosa - Assessor designado pelo Colégio Episcopal para acompanhar às instituições educacionais metodistas, foi uma grande perda. "Lamentamos esta notícia do falecimento de nosso irmão professor Almir Maia. Educador metodista de reconhecimento internacional", disse o bispo. Claudete de Mello Mora comentou o legado deixado para a educação. " Nossas oraçoes pela familia enlutada. Ele deixou um grande exemplo de educador cristão".
 
Milhares de pessoas compartilharam a nota divulgada pela Sede Nacional da Igreja Metodista. "Que notícia mais triste! Tive a felicidade de trabalhar na UNIMEP com o prof. Alimir como reitor. Aprendi muito com ele! Ficará sempre na lembrança como um homem solidário, gentil... generoso em compartilhar seus conhecimentos. Muitas saudades! Que a família tenha força e tranquilidade para suportar essa perda", comentou a Thaís Carmo no site da Sede Nacional
 
O site do G1 (da Globo) de Piracicaba e Região também deu a notícia pela real importância que Almir Maia teve na região. O Jornal de Piracicaba também fez menção à morte do professor Almir e a prefeitura de Piracicaba decretou Luto Oficial na cidade de três dias.
 
 
Outras instituições, por exemplo, a  Associação Brasileira de Instituições Educacionais Evangélicas – ABIEE manifestou em nota pesar pelo falecimento. Almir foi um dos idealizadores e 1º Presidente da ABIEE. Leia a nota abaixo:
 
A família nosso abraço e solidariedade nesta hora. Que o Consolador manifeste sua graça sobre todos (as).“Lamento muitíssimo. Grande figura, nos ajudou a criar o Salão Universitário de Humor”, comentou o professor Adolpho Queiroz, que lecionou durante 22 anos na Unimep, e é um dos criadores do Salão Internacional de Humor de Piracicaba.
 
“Realmente, uma das pessoas que mais admirei pela inteligência e generosidade. Sempre acolheu com muita atenção e carinho todas as nossas sugestões e desafios. Deixará uma grande lacuna. Nossos mais sinceros sentimentos”, escreveu Fausto Longo, que também participou direta e ativamente na criação do Salão Internacional de Humor.
 
A Associação Brasileira de Instituições Educacionais Evangélicas – ABIEE manifestou em nota pesar pelo falecimento do Prof. Dr. Almir Maia, idealizador e 1º Presidente da ABIEE. Leia a nota abaixo:
 
É com profundo pesar que a Associação Brasileira de Instituições Educacionais Evangélicas – ABIEE, noticia o falecimento do Prof°. Dr. Almir de Souza Maia, nesta manhã, 27, na cidade de Piracicaba, SP.
 
O Professor Almir foi o idealizador e primeiro presidente da ABIEE, no período de 2001 a 2005.
 
Almir de Souza Maia nasceu em Pirapetinga, MG, em 1945. Formou-se em Odontologia pela UFJF, concluiu o mestrado e o doutorado na UNICAMP. Em 1978 transferiu-se para Piracicaba para integrar-se à UNIMEP, onde foi vice-reitor (1976-1986), reitor (1986-2002) e diretor geral do IEP – Instituto Educacional Piracicabano da Igreja Metodista (1986-2006). Além da presidência da ABIEE, o Dr. Almir Maia também foi membro do Conselho Nacional de Educação e do Conselho Consultivo da Comunidade Solidária; presidente do COGEIME – Conselho Geral das Instituições Metodistas de Educação, da ALAIME – Asociación Latinoamericana de Instituciones Metodistas de Educación, da ABIEE – Associação Brasileira de Instituições Educacionais Evangélicas; fundador da IAMSCU – International Association of Methodist Schools, Colleges and Universities, na qua l atuou como membro do Conselho Diretor e exerceu a vice-presidência.
 
Em 2014, esse exemplar educador recebeu a homenagem e reconhecimento da IAMSCU, por sua atuação na Educação Metodista, mediante outorga do prêmio “Prêmio Ken Yamada para Lideranças Notáveis”, simbolizado na “Chama da Excelência”, em Hiroshima, Japão.
 
No ambiente da sua igreja local, a Catedral Metodista de Piracicaba, ele serviu até o final do ano passado, a Coordenação da Escola Dominical, tendo promovido a reorganização das classes, melhorias de infraestrutura, criação de uma biblioteca e realização do planejamento estratégico para os próximos anos.
 
O Dr. Almir Maia deixa uma linda família, pela qual convidamos a todos/as à oração e à solidariedade – Susana Maia (esposa), André, Samuel, Filipe e Tiago (filhos), além de noras e netos.
 
Com informações da Assessoria de Imprensa da Unimep, ABIEE
Foto: Bob Calligaris / acervo Centro Cultural Martha Watts
 

Tags: sem tags no momento!