Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 20/09/2013

Cultura.

Um dos maiores biblistas da atualidade está lançando livros sobre História de Israel com linguagem acessível, texto gostoso de ler e preço inimaginável: R$ 5,00 e R$ 7,00. O pastor luterano Milton Schwantes, professor na Faculdade de Teologia da Universidade Metodista, nunca teve mesmo desejo de enriquecer... a não ser o conhecimento de outras pessoas.Por isso está vendendo, ele mesmo, estes três títulos ideais para professores(as) de Escola Dominical, pastores(as) e todas as pessoas que querem crescer um pouco mais em "sabedoria, estatura e graça".  Veja abaixo:

 

História de Israel vol. 1: Local e origens

Enfoca o local e as origens de Israel mostrando a vida de homens e mulheres do povo, e não apenas dos generais, batalhas e seus governantes. "A profecia requer que a historiografia dê visibilidade aos ?rostos de oprimidos?", diz o professor.

Preço: R$7,00

Contato: milton.schwantes@metodista.br ou acesse www.oikoseditora.com.br (51) 3568-2848

 Breve História de Israel

Uma primeira aproximação sobre o assunto. Trata da geografia, do trabalho, das condições de vida do povo, lembrando que a Bíblia é história de gente de carne e osso, filhos e filhas de Deus.

Preço: R$ 5,00

Contato: milton.schwantes@metodista.br ou acesse www.oikoseditora.com.br

(51) 3568-2848

 

 

 

 

Da Vocação à Provocação: Estudos e interpretações em Isaías 6-9 no contexto literário de Isaías 1-12

Esta obra já se constitui de um trabalho de exegese. Não se assuste com o termo. Trata-se apenas de mergulhar fundo na passagem bíblica, observando detalhes de gramática, situação histórica, significados exatos de cada termo hebraico. Assim, pouco a pouco, a beleza do texto de Isaías vai se revelando para o leitor. Preço: R$ 7,00

Contato: milton.schwantes@metodista.br ou acesse www.oikoseditora.com.br (51) 3568-2848

            

VEJA TAMBÉM:

Editora Vida Nova lança nova tradução Almeida

Professor da Fateo é um dos tradutores

Edson de Faria Francisco, especialista em hebraico, fez parte da equipe de consultores responsáveis pela elaboração da Bíblia Almeida Século 21.

Na Expo Cristã, feira realizada no pavilhão de Exposições Center Norte, em São Paulo, várias editoras estão apresentando lançamentos de livros e traduções da Bíblia. A Editora Vida Nova lança a versão bíblica Almeida Século 21.  O tradicional texto de João Ferreira de Almeida tem passado por diversas revisões desde 1840. Dois séculos e meio após sua primeira publicação, chega às mãos do público cristão a nova versão Almeida Século 21, fruto de um novo trabalho de tradução e revisão inspirado pela versão Revisada de acordo com os Melhores Textos em Hebraico e Grego, publicada em 1967 pela Imprensa Bíblica Brasileira. 

 Edson  Para os metodistas, o lançamento desta obra traz uma alegria especial: um dos tradutores é o metodista Edson de Faria Francisco. Linguista, especializado em hebraico, Edson é professor da Faculdade de Teologia da Universidade Metodista de São Paulo e autor do livro Manual da Bíblia Hebraica, Introdução ao Texto Massorético, também pela Vida Nova, já na segunda edição.

fonte: Editora Vida Nova

 Itinerário para uma pastoral Urbana

A Editora Metodista lançou, na Bienal do Livro em 2008, a coletânea Itinerário para uma Pastoral Urbana - Ação do Povo de Deus na Cidade. Com organização do bispo e professor Geoval Jacinto da Silva, a obra reúne a produção de dez autores, integrantes do Grupo de Pesquisa em Teologia Prática (GETEP), da Universidade Metodista de São Paulo, que refletem e escrevem a partir de sua vivência e experiência de trabalho pastoral efetivo no mundo urbano.

Editeo
Editora da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista

Conheça os novos lançamentos através do site:

www.metodista.br/fateo

Aquisição das edições: livrariaediteo@metodista.br

Ou pelo telefone: (11) 4368.7684 / 4366.5787

Fax: 4366.5988

De segunda a sexta-feira das 8h às 18h

 

   

John Wesley 300 anos

Este volume reúne artigos de pesquisadores metodistas do Brasil e do exterior. Trata-se de reflexões, com olhos no presente, sobre temas da teologia wesleyana.

Mais informações:

Editeo
Editora da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista

Conheça os novos lançamentos através do site:

www.metodista.br/fateo

Aquisição das edições: livrariaediteo@metodista.br

Ou pelo telefone: (11) 4368.7684 / 4366.5787

Fax: 4366.5988

De segunda a sexta-feira das 8h às 18h

 Mil e uma vozes

As várias conferências da 56ª Semana Wesleyana, realizada em maio de 2007 pela Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, estão reunidas neste livro da Editeo. Entre os artigos, o bispo Paulo Ayres aborda os Hinos de Charles Wesley para o Pentecostes ; Simei Monteiro, uma especialista em hinódia wesleyana, apresenta Uma introdução à vida e obra de Charles Wesley e a jornalista Magali Cunha faz uma análise do discurso gospel. Mais informações:

Editeo
Editora da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista

Conheça os novos lançamentos através do site:

www.metodista.br/fateo

Aquisição das edições: livrariaediteo@metodista.br

Ou pelo telefone: (11) 4368.7684 / 4366.5787

Fax: 4366.5988

De segunda a sexta-feira das 8h às 18h

 

   

Caminhando eu vou

Temas que se constituem em verdadeiros desafios para pensar a prática teológica contemporânea - Pastoral, Comunicação, Bíblia, Filosofia, Teologia e História - são tratados nesta revista teológica. Há dois anos a revista circula em âmbito internacional. Na seção de Bíblia, o professor Milton Schwantes apresenta uma introdução à teologia messiânica davídica, baseado nos Salmos 2 e 110. No Novo Testamento, Marcelo Carneiro, professor e coordenador do curso de teologia do Bennett, escreve sobre "Análise de historicidade aplicada ao texto de Mt 5,17-20: uma discussão sobre Jesus e a Torá". Quer saber mais?

Editeo
Editora da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista

Conheça os novos lançamentos através do site: www.metodista.br/fateo

Aquisição das edições: livrariaediteo@metodista.br

Ou pelo telefone: (11) 4368.7684 / 4366.5787 Fax: 4366.5988 De segunda a sexta-feira das 8h às 18h

 

História todo dia

Está faltando história para a hora do soninho? Este da Sociedade Bíblica do Brasil reúne 365 histórias bíblicas numa edição com capa dura e bonitas ilustrações. O texto, em linguagem simples e acessível, pode ser lido por adultos e crianças a partir de 7 anos. Informações e vendas, www.sbb.org.br
 

 

Mulheres Discipulando Mulheres

Este livreto é uma preocupação de primeira grandeza para a Confederação das Sociedades Metodistas de Mulheres, que se preocupa com a necessidade de cultivar uma liderança fiel a Deus e de espiritualidade profunda. O projeto será desenvolvido em quatro fases: 1. Curso de capacitação (realizado para agentes multiplicadoras que receberão instruções de como implantar um grupo na igreja local); 2. produção do material (produção de um livreto específico sobre o discipulado feminino); 3. fortalecimento da liderança (criação de um grupo de mulheres discipuladoras em nível regional, com encontros periódicos para discussão de estratégias, dificuldades e compartilhar de experiências); 4. avaliação (será realizado por todas as mulheres envolvidas no projeto de todas as regiões).

Mais informações: http://www.vozmissionaria.org.br/

Graça e ética: o desafio da ética às nossas eclesiologias

Esta publicação fala de assuntos diversos como educação, economia e bioética, sob o olhar da fé. Apesar da diversidade de temas, a coletânea de artigos, organizada pela pastora presbiteriana Ofélia Ortega, professora no Seminário Evangélico de Matanzas, Cuba, tem um ponto em comum: procurar contribuir para uma nova humanidade mais solidária e misericordiosa.

 

 

Globalização e religião: desafios à fé

Editado por Walter Altmann e Lori Altmann, Globalização e Religião: desafios à fé é o resultado das reflexões de um grupo ecumênico que se dedicou a estudar o fenômeno da exclusão num mundo globalizado. Que respostas têm as igrejas a dar aos ser humano que a busca nos dias de hoje?Todos esses livros podem ser adquiridos pela Editora Sinodal. Site www.editorasinodal.com.br., telefone (51) 3037-2366.

As mulheres no movimento de Jesus

No livro As mulheres no movimento de Jesus, o Cristo, a metodista Elsa Tamez, professora da Universidade Bíblica Latino-Americana de San José, Costa Rica, conta a história de muitas mulheres que, apesar de marginalizadas, resistiram à discriminação, desafiaram os poderes e se tornaram inspiração para cristãos e cristãs de todos os tempos. Pela voz da narradora Lídia (líder cristã citada em Atos 16.11-15, 40), Elsa fala de Marias, Madalenas e de várias mulheres cuja história oficial escondeu o nome, mas tiveram um papel fundamental no nascimento e expansão do cristianismo.

 

 

Caminhos e descaminhos da Graça

 

 O livro resgata a história do metodismo inglês, americano e brasileiro, assim como algumas das principais ênfases doutrinarias e teológicas do movimento metodista que chegou às terras brasileiras. Neste texto, o Rev. Gercymar Wellington Lima e Silva relembra detalhes e significados da nossa herança wesleyana.

 O livro aponta os paralelos, intercessões e influências existentes nos aspectos históricos, econômicos, religiosos, sociais, culturais, ideológicos e filosóficos que se misturam para adubar o solo brasileiro e fazer florescer um movimento religioso de características próprias, dentre as quais se destaca a ênfase na doutrina da Graça, a qual motivou e levou abnegados pregadores e pregadoras a proclamá-la aos confins da terra. Em busca de "almas" e - por que não? - aventuras, é que a vocação missionária metodista se faz percebida e sentida em terras brasileiras, como ilustra Caminhos e descaminhos da Graça. Adquira-o com o próprio autor: gercymar@gmail.com pelo preço de R$ 15,00 (quinze reais), com despesa de correio inclusa ou na Sede Regional: administra@metodista4re.org.br. Se preferir, também,  contate as livrarias Metodista (SP e  RJ) e Pergaminho (BH).

 

Dois em um

 

O período de férias traz tempo livre para ler! No texto abaixo, duas dicas de leitura:

Como aprendi a gostar de Dostoiévski

 

 

 Falaram-me bem do romancista russo Fiódor M. Dostoiévski e eu, curioso, comprei Os Irmãos Karamázov. A princípio, não acostumado aos nomes dos personagens, não gostei da narrativa, mas logo deliciei-me com Dostoiévski, e hoje o considero um dos maiores escritores de todos os tempos

Ivan, o personagem agnóstico da família Karamázov, era um grande inimigo do cristianismo. Para enriquecer seus argumentos e contestar o irmão Aliócha, um crente genuíno, ele criou a historieta do Grande Inquisidor. Ivan imaginou Cristo voltando à terra pela segunda vez em Madri, durante a Inquisição.

Enquanto Jesus operava milagres curando e ressuscitando mortos, o cardeal da cidade, o Grande Inquisidor, reconheceu o Senhor e o prendeu. Na penitenciária, questionou Cristo para saber por que ele voltara. O diálogo tornou-se tenso e cheio de revolta: "És tu, és Tu?" Não recebendo resposta, acrescentou rapidamente: "Não digas nada, cala-te. Aliás, que mais poderia dizer? Sei demais. Não tens o direito de acrescentar nada ao que já disseste outrora. Por que vieste estorvar-nos?"

 O sacerdote extravasou sua ira porque Cristo havia proposto uma liberdade diferente da pregada pela igreja. Raivoso, alegou que "foram necessários quinze séculos de rude labor" para restaurar o estrago feito por Jesus e devolver aos homens o que ele considerava a verdadeira liberdade. Diante de Cristo manietado, continuou mostrando que a religião possuía uma religião maior do que a de Jesus: "Fica sabendo que jamais os homens se acreditaram tão livres como agora, e, no entanto, eles depositaram a liberdade humildemente a nossos pés".

 

O Grande Inquisidor então passou a ensinar para Jesus que seu maior erro foi acreditar que os seres humanos valorizam o livre-arbítrio. A igreja teria corrigido essa falha. Tanto ele como seus colegas de sacerdócio vinham se esforçando por suprimir a liberdade proposta por Jesus com o propósito de tornar os homens mais felizes.

O Grande Inquisidor acusou Cristo de haver fracassado na tentação do deserto. Ele só recusara a proposta do Diabo de transformar pedras em pão (Mt 4.1-11) para não privar a humanidade de experimentar a verdadeira liberdade. Caso ele operasse o milagre, os homens teriam obrigação de se tornarem seus discípulos, pois a sobrevivência humana dependeria de futuras intervenções divinas. Jesus achava que estaria comprando a lealdade dos seus seguidores a preço de pão. E a acusação do Inquisidor concentrou-se em mostrar a inutilidade desta opção do Senhor, pois as pessoas não querem viver livres.

O Grande Inquisidor usa do mesmo argumento quando afirma que Cristo errara ao abdicar a prerrogativa de pedir que Deus o livrasse fazendo-o aterrissar suavemente caso se jogasse do pináculo do templo. Segundo o algoz sacerdote, era vão querer discípulos por amor. As pessoas desejam seguir a Deus em troca de milagres e maravilhas. Elas negociaram a sua liberdade pela segurança de um mundo previsível, sempre controlado por constante intromissão de Deus.

O religioso ainda declara que Cristo cometera um monumental deslize ao recusar a oferta do Diabo de conquistar os reinos do mundo. Bastava que ele o adorasse por um instante e não haveria mais guerras, fomes ou injustiças no planeta. Os reinos pertenceriam a ele e a ordem estaria mais segura.

Ao ler Dostoiévski percebo tanto a universalidade como contemporaneidade de seu pensamento. A religião anda na contramão do ensino de Jesus quando promete um mundo sem percalços e sempre previsível. Quando Os Irmãos Karamázov foi escrito, essa teologia utilitária, que promete dourar a pílula da vida, ainda não se difundira tanto, mas foi amplamente denunciada. Jesus não quer ser amado pelo que dá, mas por quem ele é.

Os evangélicos brasileiros precisam acordar para o cerne do Evangelho que não promete um mundo seguro, sem perigos e livres de sofrimentos. A boa notícia é que o Senhor se dispõe nos acompanhar em qualquer circunstância. Ouve-se freqüentemente entre os evangélicos que Deus dará tudo o que seus filhos pedirem se, prostrados, o adorarem. Cuidado! Essa frase foi proferida por Satanás.

 

Quer ler mais artigos do pastor Gondim? Este texto foi extraído do livro Eu creio, mas tenho dúvidas, da Editora Ultimato.

Os Irmãos Karamazov tem edição brasileira pela Martin Claret.

 A EXPLOSÃO GOSPEL: Um olhar das ciências humanas sobre o cenário evangélico no Brasil

 O crescimento da presença dos evangélicos no Brasil, que dá nova forma ao mosaico religioso no País, é um fenômeno recente que tem estimulado estudos nas mais variadas áreas do pensamento. Este livro busca responder a este desafio e é resultado de pesquisas com uma abordagem particular e inédita: o lugar das culturas da mídia e do mercado na formação de uma nova expressão cultural religiosa: a cultura gospel.

Preço: R$ 38,00
Informações e vendas

Mauad Editora : loja virtual 

Tel: (21) 3479-7422

Rua Joaquim Silva, 98

www.mauad.com.br    

e-mail mauad@mauad.com.br


   

Anuário Litúrgico 2008: No ano em que se comemora o centenário da Semana de Oração pela Unidade dos/as cristãos/ãs e do Credo Social da Igreja Metodista a Faculdade de Teologia da Igreja Metodista - Umesp publica a sexta edição do Anuário Litúrgico. O calendário aqui apresentado é resultado de cuidadosos estudos que procuraram harmonizar a prática cristã mundial com a peculiaridade latino-americana e brasileira, e, agora também com a de países africanos lusófonos, tais como Angola e Moçambique.

Informações e vendas:

Editeo
Editora da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista

Conheça os novos lançamentos através do site: www.metodista.br/fateo

Aquisição das edições: livrariaediteo@metodista.br

Ou pelo telefone: (11) 4368.7684 / 4366.5787 Fax: 4366.5988 De segunda a sexta-feira das 8h às 18h

 

Caminhando: Nesta segunda edição de 2007 a revista reúne artigos sobre o vigésimo quinto ano da aprovação do Plano para a Vida e a Missão da Igreja Metodista e os 20 anos de Dons e Ministérios. O que talvez pareça ser assunto de mero interesse denominacional acaba sendo, muito além disso, reflexões sobre a mais recente fase da história do protestantismo brasileiro. Os artigos abordam a interação entre práticas, teologias e espiritualidade marcadas pela fase de transição da ditadura militar ao processo da redemocratização do país, pela crescente influência da economia global no Brasil e pelo surgimento de novas culturas religiosas, em grande parte urbanas, como o movimento "gospel" e o neo-pentecostalismo.

Editeo
Editora da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista

Conheça os novos lançamentos através do site: www.metodista.br/fateo

Aquisição das edições: livrariaediteo@metodista.br

Ou pelo telefone: (11) 4368.7684 / 4366.5787 Fax: 4366.5988 De segunda a sexta-feira das 8h às 18h

 

   

Mil vozes para celebrar. Hinos de Charles Wesley: novamente à venda o cancioneiro preparado pelo Centro de Estudos Wesleyanos, sob a liderança do prof. Helmut Renders em parceria com Lisete Espíndola, Lucia Helena Lopes e Luiz Carlos Ramos. O livreto traz uma coleção de hinos de Charles Wesley, com partitura e cifras, para serem praticados em igrejas e gravados em um CD que acompanha o livreto, por meio de interpretação de um grupo vocal formado especialmente para esta contribuição, com parte apresentada em playback.

Informações e vendas:

Editeo
Editora da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista

Conheça os novos lançamentos através do site: www.metodista.br/fateo

Aquisição das edições: livrariaediteo@metodista.br

Ou pelo telefone: (11) 4368.7684 / 4366.5787 Fax: 4366.5988 De segunda a sexta-feira das 8h às 18h

 Nova carta pastoral

Testemunhar a graça e fazer discípulos e discípulas é o tema que norteará a vida da Igreja Metodista no biênio 2009-2009. É também, o título do novo número da Biblioteca Vida e Missão que o Colégio Episcopal produziu para edificação da Igreja. "Falar da graça e do discipulado é, para nós Metodistas, caminhar no núcleo da nossa herança bíblica doutrinária, o que é bom por nos ajudar a fortalecer nossa identidade cristã Metodista." Informações e vendas na Editora Cedro. Tel. (11) 3277-7166 e (21) 2527-9822.

 

   

Passos para uma teologia wesleyana: Por que Wesley não optou por uma vida acadêmica respeitável e calma? Embora Wesley oscilasse entre uma vida contemplativa e uma vida ativa, a última caracterizou sua existência. Ele e seu irmão foram ameaçados pela influência de uma mística interiorizada  e individualista mas, após ser aconselhado por "um homem sério", o jovem teólogo voltou-se para "uma religião social", "a única religião que a Bíblia conhece". Desde então, compreendeu que a fé pode ser "uma compreensão da prática" e a teologia se desenvolve melhor como "cristianismo prático".

Informações e vendas:

Editeo
Editora da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista

Conheça os novos lançamentos através do site: www.metodista.br/fateo

Aquisição das edições: livrariaediteo@metodista.br

Ou pelo telefone: (11) 4368.7684 / 4366.5787 Fax: 4366.5988 De segunda a sexta-feira das 8h às 18h

Veja outras dicas de leitura CLICANDO AQUI.

 


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães