Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 01/06/2013

Expositor Cristão: por que batizar as crianças?

O Batismo é o sinal visível da graça de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual nos tornamos participantes da comunhão do Espírito Santo e herdeiros da vida eterna. Esta é a definição oficial da Igreja Metodista no Brasil sobre o sacramento. Embora não existam grandes divergências quanto à essência do ritual, questões secundárias têm causado desconfortos dentro da igreja.
Discute-se aspectos triviais como a forma do batismo (aspersão, derramamento ou imersão) e até pratica-se o re-batismo. Há ainda preconceito quanto ao batismo de crianças. Não era para ser assim. Como os cristãos primitivos, deveríamos entender o batismo como um simples ato litúrgico de inclusão ao corpo de Cristo e nos envolver menos com polêmicas. 
Nesta edição do Expositor Cristão, destacamos a importância da compreensão do batismo, especialmente, em relação às crianças. Jesus disse que delas é o Reino dos Céus. Como poderíamos negar o batismo a elas? Ressaltamos, porém, que o ritual não pode ser feito apenas pelo peso da tradição. A Igreja Metodista só estimula o batismo de crianças com a garantia de que pais e testemunhas assumam todas as responsabilidades exigidas pelo cerimonial – orar e se compro-meter com a educação cristã.
Que as próximas páginas o/a inspirem a olhar as crianças como Jesus as olhou. É também dever da igreja acolhê-las, incluí-las e fazer com que se sintam parte da família 
da fé para que no futuro, possam realizar a profissão de fé,  confirmando o ritual do batismo. Boa leitura! 

O Batismo é o sinal visível da graça de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual nos tornamos participantes da comunhão do Espírito Santo e herdeiros da vida eterna. Esta é a definição oficial da Igreja Metodista no Brasil sobre o sacramento. Embora não existam grandes divergências quanto à essência do ritual, questões secundárias têm causado desconfortos dentro da igreja.

Discute-se aspectos triviais como a forma do batismo (aspersão, derramamento ou imersão) e até pratica-se o rebatismo. Há ainda preconceito quanto ao batismo de crianças. Não era para ser assim. Como os cristãos primitivos, deveríamos entender o batismo como um simples ato litúrgico de inclusão ao corpo de Cristo e nos envolver menos com polêmicas. 

Nesta edição do Expositor Cristão, destacamos a importância da compreensão do batismo, especialmente, em relação às crianças. Jesus disse que delas é o Reino dos Céus. Como poderíamos negar o batismo a elas? Ressaltamos, porém, que o ritual não pode ser feito apenas pelo peso da tradição. A Igreja Metodista só estimula o batismo de crianças com a garantia de que pais e testemunhas assumam todas as responsabilidades exigidas pelo cerimonial – orar e se compro-meter com a educação cristã.

Que as próximas páginas o/a inspirem a olhar as crianças como Jesus as olhou. É também dever da igreja acolhê-las, incluí-las e fazer com que se sintam parte da família da fé para que no futuro, possam realizar a profissão de fé,  confirmando o ritual do batismo.

Boa leitura!

 

FLIP

PDF


Posts relacionados

Geral, por Sara de Paula

Cartão de Natal 2021

José e Maria enfrentaram muitas adversidades no dia do nascimento do Rei Jesus. Aquele dia exigiu muito esforço, paciência e um olhar fixo na esperança da chegada da vida. Nasceu Jesus! Em dias de dor e medo, que haja lugar para Ele em nossos corações.

Geral, Escola Dominical, por Sara de Paula

10 sugestões de atividades para fazer com as crianças durante a quarentena

O Brasil e o mundo enfrentam hoje um tempo de quarentena imposto ou voluntário, para minimizar os riscos de transmissão do Coronavírus. Muitas mães, pais e responsáveis buscam ideias para ocupar as crianças nesse tempo de isolamento, e por isso, o Departamento Nacional de Escola Dominical traz 10 sugestões de atividades para entreter e ensinar as crianças. 

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães