Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 13/09/2013

lançamento livro

Adriel de Souza Maia lança autobiografia

O bispo metodista Adriel de Souza Maia resolveu compartilhar a experiência de 25 anos no exercício do ministério episcopal lançando um livro. Mas não é uma autobiografia convencional: Retratos do pastor e bispo, editado pelo jornalista e pastor José Aparecido de Oliveira, contou com a contribuição de metodistas de todo o país.

 

 

Elci Lima (esquerda) e a pastora Rute Moraes, com o marido Rubens. Elas foram colaboradoras do livro, trazendo ao bispo perguntas formuladas por crianças da Igreja.

 Fiel à história da própria Igreja Metodista, que ele tem ajudado a construir, o bispo Adriel realizou uma obra "democrática": recebeu perguntas de leigos e clérigos sobre vários assuntos e, simbolicamente, escolheu 25 questões por meio das quais ele fala de sua vida, memórias pessoais e fatos históricos da Igreja.

Aline, entre o bispo Adriel (esq) e o prof. Rui Josgrilberg, reitor da Fateo.

O lançamento do livro foi no dia 3 de setembro, no tradicional culto das quartas-feiras dos alunos e professores da Faculdade de Teologia da Universidade Metodista.A programação não foi alterada por conta da presença de muitos convidados ilustres, entre lideranças eclesiásticas e universitárias. Ao púlpito subiu a estudante de teologia Aline Taconeli, inspirada pelo texto bíblico de Mateus 18.15-20 e pela poesia do compositor Renato Russo, autor de uma música intitulada Que país é esse?

 "Ao nos depararmos com a pergunta inquietante, mais do que responder a ela, nos fazemos outra pergunta - Que cristianismo é esse? - e temos pistas para dizer que cristianismo e que país queremos ser e ajudar a construir", disse a futura pastora.

O cristianismo que Aline, o bispo Adriel e muitos outros cristãos sonham ver na terra é um movimento de reconciliação, que inclui marginalizados, denuncia injustiças, perdoa pecados e ensina caminhos.

Após o culto, ocorreu a cerimônia de lançamento do livro. À esquerda, o jornalista José Aparecido fala de sua experiência como editor da publicação.

A manhã festiva ficou completa com a presença do professor Almir Maia, irmão do bispo Adriel, que também autografou exemplares do livro "Além das crises, esperança", lançado recentemente. A biografia do educador renomado internacionalmente foi feita pela jornalista Beatriz Vicentini Elias e é, também, um retrato da própria educação metodista num período de 35 anos: de 1971, ano de sua primeira experiência como conselheiro do Instituto Granbery até o final de 2006, quando concluiu mandato como diretor do IEP/UNIMEP.

Suzel Tunes


Posts relacionados

Geral, por Sara de Paula

Figurinhas metodistas para Whatsapp

Baixe figurinhas metodistas para utilizar no Whatsapp com os seus contatos. São dois pacotes de imagens disponíveis no aplicativo Sticker.ly, com figurinhas dos temas desse quinquênio, como "Cuidam do Meio Ambiente" e "Anunciam as boas notícias da graça", e de campanhas de conscienticação da pandemia, como "SeProteja".

Geral, por José Geraldo Magalhães