Publicado por Sara de Paula em Liturgia, Escola Dominical | 21/02/2020 às 10:29:15

Liturgia para o Dia da Mulher: Aprendendo com as mulheres da Bíblia

christin-hume-bs4smu370si-unsplash-442-800x568.jpg

SUGESTÃO DE LITURGIA
APRENDENDO COM AS MULHERES DA BÍBLIA
Clique aqui para baixar em PDF

 

Acolhida
“Porque ela muito amou” (mulher perdoada por Jesus)

Dirigente: Certa mulher se aproximou de Jesus com seu coração cheio de amor e gratidão. Lavou os seus pés com suas lágrimas e enxugou-os com os seus cabelos enquanto os beijava e ungia com unguento. Aprendemos com essa mulher que o perdão de Deus nos aproxima dEle e nos motiva a adorá-lo com tudo o que somos e com tudo o que temos. Jesus acolheu a gratidão e o amor daquela mulher e lhe deu paz ao coração. Na inspiração do acolhimento desta mulher a Jesus, como também no acolhimento de Jesus a esta mulher, acolhemos a todas e todos desejando que o amor de Deus nos aproxime dEle, nos motive a adorá-lo e nos dê a paz.

Cântico (solo ou grupo musical): Vim para adorar-te (https://www.letras.mus.br/adoracao-e-adoradores/225173/)

Adoração
“Não há outro além de Ti” (Ana)

Leitura Bíblica: 1 Samuel 2.1-3

Dirigente: Ana buscou ao Senhor de todo o seu coração. A certeza que ela tinha de que não há ninguém como o nosso Deus se manifestou em seu cântico. Ana adorou ao Senhor por Sua grandeza, reconhecendo que o Senhor é incomparável e nEle podemos confiar. Na inspiração do testemunho de Ana, adoremos ao Senhor, Deus da sabedoria!

[convidar a comunidade a expressar adoração ao Senhor por meio de frases e/ou breves orações]

Cântico/Hino (Sugestões)

- Incomparável (https://www.letras.mus.br/comunidade-internacional-da-zona-sul/1586722/)

-Não há Deus maior (https://www.letras.mus.br/comunidade-de-nilopolis/47203/)

-Ao Deus supremo (Hino 110 – Hinário Evangélico)

(https://www.hinarioevangelico.com/2009/05/110-ao-deus-supremo.html)

Confissão
“tudo quanto tenho feito” (mulher samaritana)

Leitura Bíblica: João 4.15-29

Dirigente: O encontro da mulher samaritana com Jesus foi um tempo oportuno para que ela pudesse falar o que havia em seu coração. Jesus lhe deu voz, lhe motivou a dialogar. Ao retornar à cidade, a mulher dizia às pessoas que havia encontrado aquele que poderia ser o Cristo, sua justificativa para pensar assim, é que aquele homem havia dito tudo quanto ela tinha feito. Foi o fato de Jesus conhecer a sua vida, suas limitações e angústias e lhe oferecer restauração, que a levou a olhar para aquele homem como o Messias.

O momento de confissão não é para dizer ao Senhor aquilo que Ele não sabe, mas justamente de reconhecer que Ele sabe de tudo quanto temos feito e que dependemos de Sua graça e amor para não sermos endurecidos pelo engano do pecado.

O tempo de confissão é importante para nos fazer reconhecer que Cristo se manifestou trazendo salvação e perdão a todas as pessoas, que Ele veio para salvar e não para condenar.

Oremos! Confiantes de que o Senhor nos conhece e nos ama.

Confessemos! Confiantes de que Ele nos perdoa e nos restaura a alegria da salvação.

Oração silenciosa

Oração de Confissão: Pastora/Pastor ou convidado/a

Palavra de Esperança: “[...] os seus pecados estão perdoados. A sua fé salvou você; vá em paz.” (Lucas 7.48,50)

Louvor
“Minha alma engrandece ao Senhor” (Maria, a mãe de Jesus)

Litania: Cantam as mulheres ao Senhor
(Lucas 1.46-50; Juízes 5.3,5; Êxodo 15.21; 1 Samuel 2.2,4,1a; Salmos 149:1)

Dirigente: Maria, agraciada por Deus, cantou:

Mulheres: A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegrou em Deus, meu Salvador, porque ele atentou para a humildade da sua serva. Pois, desde agora, todas as gerações me considerarão bem-aventurada,

Homens: porque o Poderoso me fez grandes coisas. Santo é o seu nome. A sua misericórdia vai de geração em geração sobre os que o temem.

Dirigente: Débora, vocacionada por Deus, cantou: 

Mulheres: Escutem, ó reis! Ouçam, ó príncipes! Eu, eu mesma cantarei ao Senhor; salmodiarei ao Senhor, Deus de Israel.

Homens: Os montes tremeram diante do Senhor, e até o Sinai, diante do Senhor, Deus de Israel.

Dirigente: Miriã, levantada por Deus, cantou: 

Mulheres:  Cantem ao Senhor, porque triunfou gloriosamente e lançou no mar o cavalo e o seu cavaleiro.

Homens: Ninguém é santo como o Senhor, porque não há outro além de ti, e não há rocha como o nosso Deus.

Mulheres: O arco dos fortes é quebrado, porém os fracos são revestidos de força. O meu coração exulta no Senhor. A minha força está exaltada no Senhor.

Comunidade: Aleluia! cantai ao SENHOR um novo cântico e o seu louvor, na assembleia dos santos.

Cânticos com a congregação (sugestões)

-Deus de promessas (https://www.letras.mus.br/davi-sacer/1380382/)

-A ti eu vou clamar (https://www.letras.mus.br/renascer-praise/856021/)

-Grande é o meu Deus (https://www.letras.mus.br/soraya-moraes/grande-e-o-meu-deus/)

-Louvor a Deus Pai (hino 112 do Hinário Evangélico) (https://www.hinarioevangelico.com/2009/05/112-louvor-deus-pai.html)

-Sossegai (hino 342 do Hinário Evangélico) (https://www.hinarioevangelico.com/2010/02/342-sossegai.html)

Ofertório

Leitura Bíblica: Lucas 21.1-4

Dirigente: Aquela viúva nos ensina sobre a dedicação e alegria em ofertar na Casa do Senhor. Sabemos que Jesus conhece as intenções do nosso coração, e naquele momento o que Ele contemplava não era a quantidade de sua oferta, mas certamente, Jesus enxergava o seu coração. Possamos ofertar com alegria, dedicação e amor à obra do Senhor.

Edificação
“as quais, o acompanhavam e o serviam”

Sugestão: “Mulheres discípulas no caminho com Jesus: seguindo e servindo com dedicação”

Textos bíblicos: Lucas 8.1-3 e Marcos 15.40-41

Envio
“foi ela aos que se achavam tristes e choravam” (Maria Madalena)

Leitura Bíblica: Marcos 16.9,10; João 20.18

Dirigente: Havendo Jesus ressuscitado de manhã cedo no primeiro dia da semana, apareceu primeiro a Maria Madalena, da qual tinha expulsado sete demônios.

E, partindo ela, foi anunciá-lo àqueles que, tendo sido companheiros de Jesus, estavam tristes e choravam.

Então Maria Madalena foi e anunciou aos discípulos: — Eu vi o Senhor! E contava que Jesus lhe tinha dito essas coisas.

O Senhor Jesus também nos envia, principalmente aos que choram, aos que estão tristes e desanimados, para que possamos anunciar-lhes boas notícias de paz, de salvação, de alegria e de esperança. Que a mesma alegria que havia no coração de Maria Madalena, esteja em nosso coração nos motivando e nos inspirando a levarmos as boas novas.

Oração comunitária:

Senhor, assim como a aquela mulher que foi perdoada por Jesus e desejou demonstrar seu amor ao se aproximar para lhe lavar os pés, também desejamos demonstrar nosso amor e gratidão pelo Teu perdão que nos aproxima de Ti.

Assim como Ana, declaramos que não há outro Deus além de Ti. Tu és a nossa rocha em quem confiamos, por isso Te adoramos.

Assim como a mulher samaritana, reconhecemos que sabes tudo quanto temos feito e continua a nos amar. Nós confiamos neste amor para não nos afastarmos de Ti.

Assim como Maria, queremos engrandecer o Teu nome, e com alegria te louvar por todos os Teus poderosos feitos.

Assim como as discípulas de Jesus, queremos caminhar contigo, e com dedicação servir com os dons que nos deste.

Assim como Maria Madalena, queremos ir ao encontro dos que choram, dos que não tem esperança e anunciar a boa notícia que traz salvação e paz.

Obrigada Senhor, por todas as mulheres que nos inspiram, e por suas histórias que nos ensinam a viver a vida com fé e sabedoria.

Amém!

Benção
 

Departamento Nacional de Escola Dominical
Liturgia elaborada por Rosiléia Flausino Dias Araujo


Tags: sem tags no momento!